Aspectos da anatomia ecológica de folhas de Hevea brasiliensis Müell. Arg. (1 1 — Parte dos resultados corresponde à Tese apresentada pelo primeiro autor como requisito para obtenção do grau de Mestre em Ciências Biológicas — INPA FUA. )

Moacyr Eurípedes Medri Eduardo Lleras Sobre os autores

Resumo

A anatomia e morfologia comparada de folhas de Hevea brasiliensis Müell. Arg. em diferentes microclimas e habitats foram estudadas. Folhas em diferentes estratos foram comparadas e comparações também foram feitas entre folhas de estratos equivalentes entre plantas crescendo na várzea e terra firma. Os resultados mostraram um progressivo xeromorfismo das folhas sob condições mais iluminadas, e maior escleromorfismo em folhas, de estrato comparável, em terra firme do que em várzea. Ambos, xeromorfismo e escleromorfismo estão de acordo com a lei de Zalenski e com a interpretação de Lleras. Os resultados aqui apresentados em Hevea brasiliensis sugerem que esta espécie é mais plástica fenotipicamente que outras espécies pesquisadas anteriormente pelos mesmos autores. Sugere-se então que pode ser feita uma seleção de material que apresenta características de maior tolerância à seca tanto em populações nativas quanto clonais utilizando os critérios desenvolvidos neste trabalho que permitem determinar faixas de variação fenotípica.

Summary

The comparative anatomy and morphology of the leaf of Hevea brasiliensis at diferent microclimates and habitats were studied. Leaves of diferent strata were compared, and comparisons were made with leaves of equivalent strata between plants growing in várzea and terra firme. The results show progressive xeromorphy with increase in height (as conditions become progressively more xeric) and more scleromorphy in leaves of comparable strata of terra firme than in várzea. The results thus agree with Zalenski's law and Lleras interpretation of the same. The data here presented for Hevea brasiliensis suggest that this species shows more phenotypic plasticity than other species studied by the same authors. It is here suggested that based on comparisons of phenotypic plasticity within individuals of natural or clonal populations, it is possible, using the criteria here developed, to select genotypes that will show higher drought tolerance.

Texto disponível apenas em PDF

  • 1
    — Parte dos resultados corresponde à Tese apresentada pelo primeiro autor como requisito para obtenção do grau de Mestre em Ciências Biológicas — INPA FUA.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Set 1980
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br