Intervalo pós-morte estimado a partir de Chrysomya albiceps (Diptera, Calliphoridae) em um caso forense na Amazônia Andina, Caquetá, Colômbia

Yardany RAMOS-PASTRANA Marta WOLFF Sobre os autores

RESUMO

Esta é a primeira aplicação da entomologia forense em um caso envolvendo um cadáver humano encontrado em uma área urbana do Município de Florencia, Caquetá, Colombia, no Piedemonte da Amazônia Colombiana. Três dias após a remoção do corpo da área, pupas e pupários foram coletados e identificados como Chrysomya albiceps (Wiedemann, 1819) (Diptera, Calliphoridae). O intervalo pós-morte (IPM) foi estimado com base em dados publicados previamente e verificado usando graus-horas acumulados (GHA) e desenvolvimento intrapuparial. O intervalo pós-morte mínimo estimado foi de 229 horas (9.5 dias).

PALAVRAS-CHAVE:
ciência forense; insetos necrófagos; tempo de morte; floresta amazônica

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br