Movimento de água subterrânea em ecossistema Campina Amazônica (1 1 — Pesquisa subvencionada pela FAPESP e realizada como colaboração entre o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Departamento de Física e Meteorologia (DFM) da ESALQ, USP e Centro de Energia Nuclear na Agircultura (CENA). )

K. Reichardt A. dos Santos V. F. do Nascimento F O. O. S. Bacchi Sobre os autores

Resumo

Primeira tentativa para determinar a magnitude do fluxo de água subterrânea, a fim de estimar o potencial de elementos biologicamente importantes no ciclo de nutrientes no ecossistema Campina Amazônica. O fluxo saturado da água, dentro do lençol freático, foi estudado por 2 métodos, no período de dezembro de 1974 a janeiro de 1975: 1) aplicando-se a equação de Darcy; 2) usando-se um traçador 3h (100 mCi) na forma de 3H2O. As variações apresentadas pelos dois métodos foram provenientes da alta permeabilidade do solo arenoso, propiciando rápidas variações do lençol freático, totalmente influenciado pelas precipitações pluviométricas. Ambos os métodos apresentaram resultados da mesma ordem de grandeza, indicando a existência de um movimento horizontal do fluxo saturado da água no lençol freático da Campina, da ordem de 0,0018 cm3. cm-2. h-1.

Summary

In the period of december 1974 to January 1975 the movement of the ground water in the eco-system of the Campina Amazonica was studied. The saturated flux of the ground water was studied by two methods : 1º) Applying Darcy's equation; 2º) Using a tracer of 3H (100 mCi) in the form of 3H2O. The variations shown by the two methods are derived from a high permeability of the arenaceous soil, proportioning rapid variations in the ground water, totally influenced by precipitation. However the results obtained through applicatios of Darcy's equation and through the method of dilutions are of the same order of magnitude. They indicate the existence of a horizontal movement in the saturated flux of the ground water of Campina, of the same order of 0,0018 cm3. cm-2. h-1. This work is the first attempt to determine the flux magnitude of the underground water, to estimate the potencial elements biologically important in the nutrient cycle, in these formations of Central Amazonian.

Texto disponível apenas em PDF

  • 1
    — Pesquisa subvencionada pela FAPESP e realizada como colaboração entre o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Departamento de Física e Meteorologia (DFM) da ESALQ, USP e Centro de Energia Nuclear na Agircultura (CENA).

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Dez 1975
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br