Açaí (Euterpe oleracea mart.) e camu-camu (Myrciaria dubia (H.B.K.) Mc Vaugh) possuem ação anti anêmica?

Açai (euterpe oleracea mart.) and camu-camu (Myrciaria dubia (H.B.K.) Mc Vaugh), do they possess anti-anemic action?

Lucia Kiyoko Ozaki YUYAMA Rosane Dias ROSA Jaime Paiva Lopes AGUIAR Dionísia NAGAHAMA Fernando Hélio ALENCAR Kaoru YUYAMA George William de Oliveira CORDEIRO Hedylamar de Oliveira MARQUES Sobre os autores

Resumos

Avaliou-se o impacto da utilização do açaí e camu-camu em pré-escolares de uma Unidade Filantrópica de Manaus-AM. Foram selecionadas 85 crianças voluntárias, de dois a seis anos incompletos, de ambos os sexos, distribuídas aleatoriamente em 5 grupos, tendo como fonte de ferro e vitamina C: açaí e açaí + camu-camu, perfazendo um total de 2 mg de ferro e 40 mg de ácido ascórbico, assim como o ferro aminoácido quelato na concentração de 1 e 2 mg de ferro. O ferro foi distribuído diariamente na colação por um período de 120 dias. Na caracterização da anemia considerou-se o ponto de corte de hemoglobina <11g/dL. Os resultados demonstraram que de um universo de 85 crianças 6 (7%) apresentaram um quadro de desnutrição crônica, sendo ao final da intervenção reduzido para 4 (4,7%). O maior impacto da utilização do açaí foi como fonte energética, refletido no ganho de peso significativo das crianças (1,76 kg), mesmo quando adicionado de camu-camu (1,69 kg). Em relação a concentração de hemoglobina, não foi constatada diferença significativa entre as crianças dos diferentes grupos, independente da fonte de ferro: açaí (0,71 g/dL); açaí + camu-camu (0,60 g/dL), Ferro 2 mg (0,88 g/dL); água (0,85 g/ dL) e Ferro 1 mg (0,54 g/dL). Entretanto, a recuperação de crianças anêmicas foi maior no grupo que recebeu ferro aminoácido quelato na concentração de 2 mg de ferro. Conclui-se que o açaí tem um grande potencial como fonte energética e pouca expressividade como fonte de ferro, mesmo adicionado de camu-camu.

Açaí; camu-camu; ferro; pré-escolares; anemia


It was evaluated the impact of the use of açaí and camu-camu in pre scholars of a Philanthropic Unit of Manaus-AM. Eight-five volunteers with age two to six-years old of both sexes were selected, randomly distributed in five groups, having açaí and açaí + camu-camu as sources of iron (2 mg) and vitamin C (40 mg), as well as iron aminoacid chelate with concentrations of 1 and 2 mg of iron. The iron was distributed daily in the lunch by a period of 120 days. In the characterization of the anemia, the cutting point of hemoglobin was <11g/dL. The results demonstrated that of a total of 85 children, 6 (7%) presented a chronic malnutrition state, being at the end of the study reduced to 4 (4%). The most impact of the use of the açaí was as energy source, resulting in a significant weight gain (1.76 kg) by the children, even when camu-camu was added (1.69 kg). Regarding hemoglobin concentration no significant difference was observed among the children of the groups gave received different sources of iron: açaí (0.71 g/dL); açaí + camu-camu (0.60 g/dL), iron 2 mg (0.88 g/dL); water (0.85 g/dL) and iron 1 mg (0.54 g/dL). However, the recovery of the anemic children was better in the group gave received iron aminoacid chelate in the concentration of 2 mg of iron. It was concluded that açaí has a great potential as energy source and little importance as an iron source, even with the addition of camu-camu.

Açaí; camu-camu; iron; preschool children; anemia


Texto disponível apenas em PDF

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Dez 2002
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br