Reproductive biology of Bellucia (MELASTOMATACEAE)

Susanne S. Renner Sobre o autor

Foram investigadas, quanto à biologia reprodutiva, cinco das sete espécies de Bellucia (Melastomataceae), um gênero de arbustos e árvores de pequeno porte na Amazônia. Para as plantas de Bellucia produzirem frutos, é necessário haver a visita de abelhas às flores. As flores são produzidas o ano todo e são visitadas por uma variedade de abelhas femininas, sendo os principais polinizadores as abelhas dos gêneros Xylocopa, Centris, Ptilotopus, Epucharis, Eulaema e Oxaea. As flores atraem pela cor e pelo odor produzido pelo pólen, pelos estames e pelas pétalas. As abelhas são recompensadas com pólen. Três espécies de Bellucia são auto-incompatíveis. Devido às visitas indiscriminadas pelos visitantes, e à falta de barreiras fenológicas, morfológicas ou genéticas, ocorre com frequência a hibridação entre espécies simpátricas. Nunca foram encontradas mais de duas espécies no mesmo habitat em cada uma localidade. O fruto de Bellucia é uma baga com pequenas e numerosas sementes dispersadas por pássaros, morcegos, macacos, antas, jabotis e formigas. As plântulas requerem sol pleno para se estabelecerem e crescerem sobre vários tipos de solo. Consideramos a estratégia reprodutiva como sendo a de uma planta pioneira.


Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br