Identificação e concentração das antocianinas durante a ontogenia foliar de Hevea brasiliensis Muell. Arg. (IAN 873) e H. pauciflora Muell. Arg. submetidas a dois regimes hídricos .

Francisco Antonio de Oliveira Pita Marco Antonio Oliva Sobre os autores

Resumos

Através de cromatografia descendente em papel, com a utilização de três sistemas de solventes, indentificaram-se os pigmentos presentes nas folhas de seringueira. Por meio das análises dos cromatogramas e dos RF encontrados, verificou-se a presença de duas antocianinas, a pelargonidina e a cianidina. Foi observada a presença de uma mancha amarela, com RF acima de 0,90, provavelmente o quempferol. O teor de antocianina foi influenciado pelo déficit hídrico em plântulas de serigueira, com drástica redução nos primeiros dez dias de antogenia foliar. Após o vigésimo dia de idade, não houve diferença significativa entre os tratamentos. A progênie do clone IAN 873 de Hevea brasiliensis foi mais influenciada pela deficiência hídrica que a de H. pauciflora.


Pigments of rubber tree leaves were identified by means of descending paper chromatography, using three solvent systems. Analysis of the chromatograms and Rf values indicated the presence of two anthocyanins, pelargonidin and cyanidin. A yellow spot, with Rf value greater than 0.90, was probably kaempferol.

The anthocyanin level was influenced in rubber tree seedlings subjected to water stress, showing a drastic reduction in the first ten days of leaf ontogeny. Leaves older than 20 days showed no significant difference under diferent water stress treatments. Clone IAN 873 progeny more strongly affected by water stress than that of H. pauciflora.


Texto disponível apenas em PDF

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    1987
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br