Accessibility / Report Error

First record of a snake call in South America: the unusual sound of an ornate snail-eater Dipsas catesbyi

RESUMO

Os sistemas auditivos e a dinâmica do som em cobras são objetos frequentes de debate. A frequência conhecida dos sons produzidos pelas cobras varia de 0,2 a 9,5 kHz. Aqui relatamos o primeiro registro de vocalização da cobra sul-americana Dipsas catesbyi. O canto foi gravado oportunisticamente em junho de 2021 mediante manuseio, e teve duração de 0,06 segundos, atingindo 3036 Hz em sua frequência de pico com nota modulada, emitida por meio da exalação de ar pela laringe. Nossa hipótese é que emissões vocais estruturadas como esta são uma reação a uma tentativa de predação e podem ser uma característica compartilhada por outras espécies de Dipsadidae e outras serpentes.

PALAVRAS-CHAVE:
Amazônia; réptil; Squamata; vocalização

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br