Alocação do uso da terra dos colonos da Rodovia Transamazônica e sua relação com a capacidade do suporte humano 1 1 — Trabalho apresentado no Seminário sobre Desenvolvimento da Amazônia em Sete Países, 23-26 de setembro 1979, Centro de Estudos Latinoamericanos, Universidade de Cambridge, Cambridge, Inglaterra (Fearnside, 1980). Versão original inglesa publicada na University of Cambridge Centre of Latin American Studies. Occasional paper, (3): 114-138, 1980.

Philip M. Fearnside Sobre o autor

Resumo

O presente trabalho trata do comportamento da alocação de recursos dos colonos em uma parte da área de colonização da Rodovia Transamazônica, e esboça os procedimentos usados para modelar este comportamento como uma simulação em computador realizada para produzir estimativas da capacidade de suporte humano. Para o propósito de reproduzir as alocações dos colonos o mais fielmente possível na simulação de computador, as decisões podem ser divididas entre alocações de subsistência e de cultura comercial. As estratégias de alocação para cultura comercial podem ser classificadas em quatro padrões de uso da terra: culturas comerciais anuais, culturas perenes, pecuária de gado, e trabalho externo. Estes padrões estão fortemente relacionados aos antecedentes do colono. Mudanças na população de colonos através de substituições, resultam em mudanças das alocações de cultura comercial, ao longo do tempo. Colonos com antecedentes rurais e sem experiência anterior de possuir ou administrar terras, conhecidos como agricultores trabalhadores, fazem menores alocações do que as populações mistas que incluem outros colonos. Diferenças nas probabilidades de insucesso entre os tipos são inconclusivas, mas são extremamente altas em todos os casos. Do ponto de vista de recomendar modificações no planejamento dos projetos de colonização, a interpretação de informação sobre alocação de uso da terra, probabilidade de insucesso, e capacidade de suporte é inteiramente dependente de uma formulação clara dos objetivos de qualquer projeto específico.

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br