Comportamento de tanatose em Iphisa elegans: o segundo caso na Família Gymnophthalmidae (Reptilia: Squamata)

Paulo Roberto MACHADO-FILHO Guilherme Marson MOYA Fábio MAFFEI Sobre os autores

RESUMO

Fingir-se de morto é um comportamento no qual o animal simula um estado de imobilidade. Esse comportamento é descrito em algumas famílias de lagartos, dentre as quais, a família Gymnophthalmidae com apenas um registro. Iphisa elegans é um lagarto gymnoftalmídeo amazônico diurno e terrestre. Possui comportamento críptico e move-se rapidamente pelo solo, dificultando observações de seu comportamento. Reportamos um caso no município de Comodoro, Estado do Mato Grosso, Brasil: um macho adulto de I. elegans, quando manipulado, virou seu ventre para cima e fingiu-se de morto. Esta espécie é predada por pássaros, serpentes e outros lagartos, possivelmente portando-se dessa forma quando o comportamento críptico ou tentativa de fuga falham. São necessários mais estudos para observar a eficiência desse comportamento, assim como sua frequência de ocorrência, usando indivíduos de ambos os sexos. Também sugerimos que deve ser avaliado se a coloração alaranjada no ventre dos machos poderia fornecer alguma vantagem antipredação.

PALAVRAS-CHAVE:
répteis; Etologia; comportamento antipredação; lagarto; tanatose

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br