Acta Amazonica, Volume: 23, Issue: 4, Published: 1993
  • ESTUDOS ECOFISIOLÓGICOS DE Orchidaceae DA AMAZÔNIA. II - ANATOMIA ECOLÓGICA FOLIAR DE ESPÉCIES COM METABOLISMO CAM DE UMA CAMPINA DA AMAZÔNIA CENTRAL BOTÂNICA

    BONATES, Luiz Carlos de Matos

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho é o segundo de uma série que objetiva correlacionar a anatomia foliar e via de fixação de C02 com a distribuição geográfica de Orchidaceae e especificamente, detectar a existência de suculência nas espécies estudadas e também qualificá-las na classificação anatômica de WITHNER et al. (1974). Enfoca-se características anatômicas que possivelmente se relacionariam com o xeromorfismo habitacional e/ou escleromorfismo nutricional e via fotossintética CAM, e estas estabeleceriam uma sindrome adaptativa para o efetivo controle do fluxo hídrico no limbo foliar, dando para as espécies condições para a colonização de ambientes mais xéricos como os da Campina aberta. Detectou-se a presença de suculência anatômica propícia para a ocorrência do metabolismo CAM, sendo que as folhas foram classificadas como sendo do tipo Coriáceas.

    Abstract in English:

    This paper is the second in a series which discusses the leaf anatomy and mode of fixation of C02 in relation to the geographic of Orchidaceae, and specifically describes the occurence of succulence in the species studied, and classifies them according to the anatomical system of WITHNER et al. (1974). The anatomical characteristics which might related to behavioural and/or nutritional sclerophism and CAM photoshyntesis are examined, and these are found to form an adaptative syndrome for the control of water flow through the leaf surface, allowing these species to colonize the drier habitats such as the open campina. Succulence is a characteristic of plants with CAM metabolism, and the leaves were classified as being coriaceous.
  • A FLÓRULA DA RESERVA DUCKE, I: PALMAE (ARECACEAE) BOTÂNICA

    HENDERSON, Andrew; SCARIOT, Aldicir

    Abstract in Portuguese:

    Este é o primeiro tratamento taxonômico de uma família de angiospermas para a fiorala da Reserva Ducke. A família está representada na Reserva por 35 espécies, distribuídas em 14 gêneros. Os gêneros com seus respectivos números de espécies são: Bactris (8), Geonoma (6), Astrocaryum (5), Attalea (3), Oenocarpus (3), Euterpe (2), Desmoncus (1), Hyospathe (1), inanella (1), Manicarla (1), Mauritia (1), Mauritiella (1), Socratea (1) e Syagrus (1). O tratamento inclui chaves para identificação dos gêneros e das espécies encontrados na Reserva, além de descrições sucintas das espécies. As chaves utilizam, principalmente caracteres encontrados em material herborizado, em estado fértil.

    Abstract in English:

    This is the first taxomomic treatment of a family for the Fiorala of the Ducke Reserve. Fourteen genera with 35 species are treated for the palm family, with keys to all genera and species and brief descriptions of all species. The keys are based on characters found on fertile herbarium specimens. Listed by decreasing diversity, the genera are: Bactris (8), Geonoma (6), Astrocaryum (5), Attalea (3), Oenocarpus (3), Euterpe (2), Desmoncus (1), Hyospathe (1), irianella (1), Manicaria (1), Mauritia (1), Mauritiella (1), Socratea (1) and Syagrus (1).
  • Floral Biology of Mauritia flexuosa Lin. Fil.ln Manaus, AM, Brazil BOTÂNICA

    STORTI, Eliana Fernandez

    Abstract in Portuguese:

    Foi estudada a biologia floral de Mauritia flexuosa em Manaus, Amazonas. Mauritia flexuosa é visitada por diversas espécies de insetos. Trata-se de uma espécie cantarófila, sendo seus possíveis polinizadores os coleópteros pertencentes às famílias Nitidulidae, Curculionidae e Cucujidae, que são atraídos pelo aroma de suas flores. Sendo uma espécie dioica, o sistema de reprodução empregado por Mauritia flexuosa é obrigatoriamente a xenogamia, visto que apomixia não ocorreu nesta espécie. Mauritia flexuosa é uma espécie de grande importância para as populações da Amazônia, sendo a planta que apresenta em seus frutos, a maior taxa de pró-vitamina A encontrada na natureza.

    Abstract in English:

    A study was made in Manaus. Amazonas of the floral biology of Mauritia flexuosa. Several species of insects visit Mauritia flexuosa. The plant has a cantharophylous pollination syndrome, and Nitidulidae, Curculionidae and Cucujidae are considered to be their possible pollinators, attracted through the odor of their flowers. Mauritia flexuosa is a dioecious species and allogamy is obligatory, since apomixis does not occure. Mauritia flexuosa is a specie of great importance to the Amazonian population and their fruits have the highest level of "pro-vitamin A" found in the nature.
  • Diversity and Conservation of Bauhinia Lianas in Brazilian Amazon BOTÂNICA

    VAZ, Angela Maria Studart da Fonseca

    Abstract in Portuguese:

    Relaciona-se áreas de interesse biológico na Amazônia visando planejamento em Conservação, a saber: 1. Pará-leste, 2. Ilha Mexiana, 3. Amapá-sul, 4. Monte Tipac, 5. Óbidos/ Alenquer/Santarém, 6. Parintins, 7. Serra de Tepequem, 8. Amazonas-central, 9. Alto Rio Negro, 10. Solimões-oeste, 11. Acre/Amazonas, 12. Rondônia/Amazonas. Estas áreas foram selecionadas com base na variação taxonômica e na distribuição geográfica de 33 espécies de lianas do género Bauhinia(secções Schnella e Caulotretus) ocorrentes no Brasil. Após consulta a coleções herborizadas, as localidades de ocorrência de cada espécie foram mapeadas e analizadas, revelando-se os seguintes padrões de distribuição: extra-amazônico (9 espécies), ampla distribuição intra e extra-amazônica (3 espécies), e exclusivamente intra-amazônico (21 espécies). As ocorrências intra-amazônicas foram analizadas em detalhe, apontando-se endemismos e disjunções importantes. Em seguida é dada a ocorrência das 24 espécies da Amazónia por setor fitogeográfico. São apresentados mapas de distribuição de 23 espécies da seção Caulotretus. Apresenta-se um mapa com as 12 áreas de interesse biológico apontando-se justificativas para cada área indicada.

    Abstract in English:

    Areas of biological interest in the Brasilian Amazon are cited for the purpose of conservation management.These areas are: 1. Pará-leste, 2. Ilha Mexiana, 3. Amapá-sul, 4. Monte Tipac, 5. Óbidos/Alenquer/Santarém, 6. Parintins, 7. Serra de Tepequem, 8. Amazonas-central, 9-Upper Rio Negro, 10. Solimões, 11. Acre/Amazonas, 12. Rondônia/Amazonas. The areas were selected based on taxonomic variation and geographic distribution of 33 liana species of the genus Bauhinia (sections Schnella and Caulotretus) found in Brazil. Based on herbarium material, the distribution of each species was mapped and the following distribution patterns recorded: extra-amazonian (9 species), wide distribution intra- and extra-Amazonian 3 species), and strictly intra-Amazonian (21 species). The species which occur only within Amazonia are discussed as regards endemisms and disjunctions, as well as the occurrence of the 24 species in each sector. The distributions of 23 species of section Caulotretus are mapped. A map is given of the 12 areas of biological interest and the selection of each area is justified.
  • Influence of the Shading on Growth Seedlings of Louro Pirarucu (Licaria canella (Meissn.) Kosterm.) SILVICULTURA

    PINTO, Antonio M.; VARELA, Vania P.; BATALHA, Lúcio F. P.

    Abstract in Portuguese:

    Com o objetivo de avaliar o efeito dos níveis de sombreamento no desenvolvimento de mudas de Louro pirarucu (Licaria canella (Meissn.) Kosterm. - Lauraceae), conduziu-se um ensaio em viveiro na Reserva Florestal Adolfo Ducke. As sementes foram colocadas para germinar em caixas de madeira contendo areia lavada como substrato e posteriormente foi feito o transplante das mudas para sacos plásticos de cor preta. Utitizou-se quatro diferentes níveis de sombreamento. Os níveis de 30%, 50% e 70% de sombreamento foram obtidos por meio de telas de poliolefinas de cor preta e o nível de 0% a céu aberto. Foi empregado o delineamento em blocos ao acaso com parcelas subdivididas; os níveis de sombreamento constituíram as parcelas e os períodos de avaliação das mudas as subparcelas. Após 30,60 e 90 dias de permanência no viveiro, as mudas foram avaliadas quanto à altura, área foliar, razão de área foliar, peso de matéria seca da parte aérea e do sistema radicular. Baseando-se nos resultados obtidos, pode-se concluir: a) as mudas produzidas sob 50% de sombreamento apresentaram maiores valores de peso da parte aérea e do sistema radicular quando comparadas com 0% de sombreamento ; b) a altura, área foliar e razão de área foliar não foram influenciadas significativamente pelos níveis de sombreamento; c) as mudas com maior desenvolvimento em altura e maior peso do sistema radicular foram obtidas com 90 dias.

    Abstract in English:

    This paper evaluates the shading effect on seedlings of "Louro Pirarucu" (Licaria canella (Meissn) Kosterm. - Lauraceae). The trial was set up in the nursery at Adolph Ducke forest reserve. The seeds were germinated in wooden boxes with washed sand as a substrate. After seed germination, the seedlings were transplanted to black polyethylene bags. Four levels of shading (0%, 30%, 50% and 70%) is analyzed. Shading treatments were obtained with plastic shade clothes of different meshes. The experimental design was the randomized blocks with split-plot. Shading levels were considered plots and period of harvesting as sub-plots. Evaluations of potted seedlings were done after 30, 60 and 90 days for the following parameters: height, leaf area, leaf area ratio, aerial dry weight and root dry weight. The results suggest that: a) potted seedlings grown under 50% of shade presented higher values of aerial weight and root weight than plants under full sunlight radiation; b) height, leaf area and leaf area ratio were not significantly influenced by shading treatments; c) higher values of height and root weight were observed after 90 days.
  • Revision of the Neotropical genus Acanthocera MacQuart (Diptera:Tabanidae) ZOOLOGIA

    HENRIQUES, Augusto Loureiro; RAFAEL, José Albertino

    Abstract in Portuguese:

    O gênero Acanthocera Macquart é redefinido e apresentado lista sinonimica, diagnose, figuras e chave para fêmeas das 28 espécies. O subgênero Nothocanthocera Fairchild do gênero Dichelacera é transferido para Acanthocera, exceto D. melanoptera Hine, e descrita uma espécie: A. distincta, sp. n. O subgênero Mimodynerus Enderlein é sinonimizado sob A. {Acanthocera). A. bequaerti Fairchüd & Aitken é revalidada. A. luizi (Enderlein) é sinonimizada sob A. coarctata (Wiedemann). A fêmea de A. polistiformis Fairchild é descrita. Um novo lectótipo é designado para A. tenuicornis.

    Abstract in English:

    The Neotropical genus Acanthocera Macquart is redefined. 28 species are presented with synonymic list, figures, diagnosis and key to females. The subgenus Nothocanthocera Fairchild of Dichelacera is transferred to Acanthocera, except for D. melanoptera Hine and one species is described: A. distincta, n. sp. The subgenus Mimodynerus Enderlein is synonymized with Acanthocera. A. hequaerti Fairchild & Aitken is revalidated. A. lutzi (Enderlein) is synonymized with A. coarctata (Wiedemann). The female of polistiformis Fairchild is described. A new lectotype is designated for A. tenuicornis.
  • Brasergasilus guaporensis sp. n. (COPEPODA: ERGASILIDAE) from the gills of Leporinus fasciatus (BLOCH, 1890) (CHARACIFORMES: ANOSTOMIDAE) from the Brazilian Amazon ZOOLOGIA

    MALTA, José Celso O.

    Abstract in Portuguese:

    Brasergasilus guaporensis sp. n. (Copepoda, Poecilostomatoida, Ergasilidae) é proposta. Os espécimens foram coletados dos filamentos branquiais de Leporinus fasciatus (BLOCH, 1890) do Rio Guaporé, próximo a Pimenteiras, Rondônia, Brasil. A nova espécie difere das outras conhecidas do gênero no formato da garra da antena e na presença de ornamentações no somito genital duplo e abdômen.

    Abstract in English:

    Brasergasilus guaporensis sp. n. (Copepoda, Poecilostomatoida, Ergasilidae) is proposed. The specimens were collected from the gill filaments of Leporinus fasciatus, from Guaporé River, near Pimenteiras, Rondônia, Brazil. The new species differs from the others known for the genus by the shape of the claw of the antenna and ornamentation on double genital somite and abdomen.
  • Ergasilus urupaensis sp. n. (Copepoda: Ergasilidae) from the gills of Prochilodus nigricans AGASSIZ, 1829 (Characiformes: Prochilodontidae) from the Brazilian Amazon ZOOLOGIA

    MALTA, Jose Celso O.

    Abstract in Portuguese:

    Ergasilus urupaensis sp. n. (Copepoda, Poecilostomatoida, Ergasilidae) é proposta. Os espécimens foram coletados dos filamentos branquiais de Prochilodus nigricans Agassiz, 1829 do Rio Urupá (afluente do rio Jiparaná), Estado de Rondônia, Brasil. A nova espécie tem uma seta forte, curva, pectinada e falciforme no primeiro exopodito, indicando relações com outras cinco espécies amazônicas. Esta espécie difere das outras no formato do cefalossomo, nas ornamentações das pernas, das antenas e por apresentar um tamanho maior.

    Abstract in English:

    Ergasilus urupaensis sp. n. (Copepoda, Poecilostomatoida, Ergasilidae) is proposed. The specimens were collected from the gill filaments of the freshwater fishes Prochilodus nigricans, from Urupá River, Rondônia state, Brazil. The new species has a curved pectinate seta on the first exopod that indicates relationship to five previously described Amazonian species. This species differs from others in the shape of cephalosome, ornamentation of the legs and antenna and by having a larger body.
  • Larval Description of Psectrogaster amazonica and Potamorhina altamazonica (CURIMATIDAE, PISCES) of Central Amazon ZOOLOGIA

    NASCIMENTO, Flavio Lima; ARAÚJO-LIMA, Carlos

    Abstract in Portuguese:

    Foram descritas as larvas de Psectrogaster amazonica e Potamorhina altamazonica, obtidas por fecundação artificial. As características morfológicas, morfométricas foram apresentadas segundo a classificação de estádios de desenvolvimento. As larvas das duas espécies podem ser separadas pelo padrão de pigmentação e número de miômeros.

    Abstract in English:

    Larvae of Psectrogaster amazonica and Potamorhina altamazonica, obtained by artificial fertilization, were described. The morphologic, morphometric characteristics are presented according to the classification of development. The larvae of the two species can be separated by their pigmentation patterns and myomere numbers.
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br