Immunology and immunopathology of African trypanosomiasis

Modificações importantes no sistema imune são observadas na tripanosomíase Africana. Essas reações imunológicas não protegem e estão envolvidas em distúrbios imunopatológicos. O principal componente de superfície (glicoproteína variante de superfície, VSG) está associado à evasão das respostas imune, às disfunções da rede de citocinas e à produção de autoanticorpos. Muitos de nossos conhecimentos resultam da tripanosomíase experimental. Componentes da imunidade inata estão sendo caracterizados. Em camundongos infectados, a VSG estimula preferencialmente células Th1. Uma resposta de <FONT FACE=Symbol>gd</FONT> e células T CD8 aos antígenos do tripanossoma foi observada em gado tripanotolerante. Um aumento em células B CD5, responsável por IgM sérica e produção de autoanticorpos, foi observado no gado infectado. Os macrófagos desempenham importantes funções na tripanosomíase, em sinergismo com anticorpos (fagocitose) e pela secreção de várias moléculas (radicais, citocinas, prostaglandinas). Tripanossomas são altamente sensíveis ao TNF-alfa, espécies reativas de oxigênio e nitrogênio. O TNF-alfa também está envolvido em caquexia. O IFN-gama atua como um fator de crescimento do parasita. Esses vários componentes contribuem para a imunossupressão. Os tripanossomas usam os mecanismos imunes para seu próprio benefício. Dados recentes mostram a importância da ativação alternativa de macrófagos, incluindo a indução pela arginase. A L-ornitina produzida pela arginase do hospedeiro é essencial para o crescimento do parasita. Todos esses dados mostram o envolvimento no sistema imune realizado pelos tripanossomas e sugerem a interferência de métodos terapêuticos.

Tripanossoma; tripanosomíase Africana; imunologia; macrófago; linfócitos; óxido nítrico; citocina; autoanticorpos


Academia Brasileira de Ciências Rua Anfilófio de Carvalho, 29, 3º andar, 20030-060 Rio de Janeiro RJ Brasil, Tel: +55 21 2533-6274, +55 21 2532-0562 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: aabc@abc.org.br