Accessibility / Report Error

Scientific findings of Alexander von Humboldt's expedition into the Spanish-American Tropics (1799-1804) from a geographical point of view

Gerd Kohlhepp Sobre o autor

A expedição científica de Alexander von Humboldt de 1799 a 1804 pela região equinocial do novo mundo foi realizada através dos países Venezuela, Cuba, Colômbia, Equador, Peru e México. Esta viagem, destinada à obtenção de novos conhecimentos aprofundados sobre o "novo mundo" para a Europa, foi financiada com meios particulares e tinha exclusivamente objetivos científicos e não a exploração de recursos naturais. Paralelamente aos resultados de pesquisa, fundamentados em novos métodos de medida e da elaboração quantitativa de fundamentos das ciências naturais, a viagem proporcionou relatórios geográficos integrando fatos sociais, sócio-econômicos, políticos e da geografia econômica, tendo como base a pesquisa empírica de campo. A expedição foi realizada pouco antes da mudança política radical na América Latina. Humboldt ainda presenciou a economia mundial, colonial e feudal, baseadana escravidão. Apesar de pertencer à aristocracia, von Humboldt criticou de forma veemente essa estrutura econômica e suas condições sociais insuportáveis. Por este fato e pelos resultados científicos obtidos quando da expedição aos trópicos e pelos impulsos inovativos dados à geografia e a muitas outras disciplinas científicas como erudito universal ele é admirado até os dias de hoje na América Latina e na Europa. Alexander von Humboldt marcou decisivamente o mundo científico na primeira parte do século XIX.

geografia histórica; estudos regionais; América Latina; colônias espanholas; Alexander von Humboldt


Academia Brasileira de Ciências Rua Anfilófio de Carvalho, 29, 3º andar, 20030-060 Rio de Janeiro RJ Brasil, Tel: +55 21 3907-8100 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: aabc@abc.org.br