Análise da vegetação de floresta pluvial tropical de terra firme, pelo método dos quadrantes: Serra Norte, Carajás, PA

Aplicou-se o Método dos Quadrantes em uma floresta densa sobre mina de arenito em Serra Norte, PA. Foram amostrados todos os indivíduos vivos ou mortos com DAP > 10 cm (um indivíduo por quadrante). Trinta e oito famílias, 85 gêneros e 110 espécies foram registrados nos 104 pontos (ou 416 indivíduos) amostrados. Sapotaceae (40,90), Leguminosae sensu latu (26,76) e Rutaceae (25,82) foram as famílias que apresentaram maior índice de valor de importância - VIF - (13,63%, 8,9% e 8,61% respectivamente). Erisma uncinatum Warm. (15,86) foi a espécie que apresentou maior índice de importância (IVI), as árvores mortas apresentaram o 2o. maior índice: 14,07. A densidade por área (DTA) calculada foi de 1065 indivíduos/ha. A área basal encontrada foi de 28,9057m² para os 416 indivíduos amostrados (74,0502 m²/ha). Tanto a densidade quanto a área basal por unidade de área (ha) estimadas foram consideradas muito altas para a região. A estrutura da vegetação foi também analisada: o diâmetro médio foi de 31,21 cm; as alturas médias do fuste, copa e total estimados foi de 12,4, 5,8 e 18,2 m, respectivamente. A vegetação do sub-bosque foi também descrita qualitativamente.

floresta pluvial tropical; método dos quadrantes; florística; estrutura; fitos-sociologia


Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF - Alta Floresta - MT - Brazil
E-mail: acta@botanica.org.br