Accessibility / Report Error

Análise de crescimento em amendoinzeiro (Arachis hypogaea L.) submetido à matocompetição

Analysis of peanut growth under a weed control

Resumos

Foram verificados os efeitos de diferentes períodos de controle e convivência de plantas daninhas (0; 14; 28; 42; 56; 70; 84 e 98 dias) na cultura do amendoinzeiro (Arachis hypogaea L.) em Moji-Guaçu (SP). As principais espécies invasoras da área experimental foram: Acanthospermum australe (Loef.) O. Kuntz, Waltheria indica L., Borreria alata DC., Richardia scabra L., Rhynchelytrum repens (Nees) Stapf. et Hubb. e Diodia teres Walt. De maneira geral, durante quase todo o ciclo, a espécie de maior importância relativa foi A. australe, sendo suplantada por outras espécies apenas na colheita, quando já estava encerrando seu ciclo de desenvolvimento. O período inicial de controle das plantas daninhas, além de reduzir a densidade da comunidade infestante, diminuiu sua riqueza em espécies e alterou a importância relativa das populações. A matocompetição resultou na redução do crescimento do amendoinzeiro, principalmente a partir de 42 dias de convivência, afetando a altura das plantas, a área foliar, o índice de área foliar e o acúmulo epígeo de matéria seca. Não foram afetados os números de ramos e de folíolos por planta, nem a qualidade dos grãos e o vigor das sementes do amendoim. A produção de frutos foi reduzida ao redor de 31,5% em decorrência da interferência das plantas daninhas. O período total de prevenção da interferência na produção foi de 14 dias e o período anterior à interferência foi de 70 dias.

Fitomassa; componentes da produção; avaliação do crescimento; germinação


Effects of different periods (0-14-28-42-56-70-84 and 98 days) of weed control in peanut plants (Arachis hypogaea L.) were studied in Moji-Guaçu region (State of São Paulo). The main weed species in the experimental area were: Acanthospermum australe (Loef.) O. Kuntz, Waltheria indica L.; Borreria alata D.C.; Richardia scabra L.; Rhynchelytrum repens (Ness) Stapf. et Hubb and Diodia teres Walt. During the whole peanut life cycle, except at harvest time, the most important weed species was A. australe. The initial period of weed control decreased the density of the weed community, as well as the number of species and modified the relative importance of populations. After 42 days the weed competition had affected the peanut development by reducing plant growth, leaf area, leaf area index and epigeal storage of dry matter. The number of twigs and of leaflets per plant, and the quality and vigour of seeds were not affected. The peanut pod productivity decreased 31,5% in the presence of weeds. The total period avoiding interference in the production was 14 days and the period before the interference was 70 days.

phytomass; production components; growth assessment; germination


Análise de crescimento em amendoinzeiro (Arachis hypogaea L.) submetido à matocompetição* * Trabalho realizado no Setor de Reservas Biológicas e Estação Experimental de Moji-Guaçu, Seção de Ecologia, Instituto de Botânica de São Paulo. Apresentado no XLI Congresso Nacional de Botânica, Fortaleza, CE.

Analysis of peanut growth under a weed control

Luiz Mauro BarbosaI; Robinson Antonio PitelliII; José Marcos BarbosaI

IInstituto de Botânica. Caixa Postal 4005, 01051, São Paulo, Brasil

IIDepartamento de Biologia Aplicada, FCAV/UNESP. Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP

RESUMO

Foram verificados os efeitos de diferentes períodos de controle e convivência de plantas daninhas (0; 14; 28; 42; 56; 70; 84 e 98 dias) na cultura do amendoinzeiro (Arachis hypogaea L.) em Moji-Guaçu (SP). As principais espécies invasoras da área experimental foram: Acanthospermum australe (Loef.) O. Kuntz, Waltheria indica L., Borreria alata DC., Richardia scabra L., Rhynchelytrum repens (Nees) Stapf. et Hubb. e Diodia teres Walt. De maneira geral, durante quase todo o ciclo, a espécie de maior importância relativa foi A. australe, sendo suplantada por outras espécies apenas na colheita, quando já estava encerrando seu ciclo de desenvolvimento. O período inicial de controle das plantas daninhas, além de reduzir a densidade da comunidade infestante, diminuiu sua riqueza em espécies e alterou a importância relativa das populações. A matocompetição resultou na redução do crescimento do amendoinzeiro, principalmente a partir de 42 dias de convivência, afetando a altura das plantas, a área foliar, o índice de área foliar e o acúmulo epígeo de matéria seca. Não foram afetados os números de ramos e de folíolos por planta, nem a qualidade dos grãos e o vigor das sementes do amendoim. A produção de frutos foi reduzida ao redor de 31,5% em decorrência da interferência das plantas daninhas. O período total de prevenção da interferência na produção foi de 14 dias e o período anterior à interferência foi de 70 dias.

Palavras-chave: Fitomassa, componentes da produção, avaliação do crescimento, germinação.

ABSTRACT

Effects of different periods (0-14-28-42-56-70-84 and 98 days) of weed control in peanut plants (Arachis hypogaea L.) were studied in Moji-Guaçu region (State of São Paulo). The main weed species in the experimental area were: Acanthospermum australe (Loef.) O. Kuntz, Waltheria indica L.; Borreria alata D.C.; Richardia scabra L.; Rhynchelytrum repens (Ness) Stapf. et Hubb and Diodia teres Walt. During the whole peanut life cycle, except at harvest time, the most important weed species was A. australe. The initial period of weed control decreased the density of the weed community, as well as the number of species and modified the relative importance of populations. After 42 days the weed competition had affected the peanut development by reducing plant growth, leaf area, leaf area index and epigeal storage of dry matter. The number of twigs and of leaflets per plant, and the quality and vigour of seeds were not affected. The peanut pod productivity decreased 31,5% in the presence of weeds. The total period avoiding interference in the production was 14 days and the period before the interference was 70 days.

Key-words: phytomass, production components, growth assessment, germination.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Agradecimentos

Os autores agradecem a Engenheira Agrônoma Lilian Maria Asperti, Assistente Técnico da Seção de Ecologia pelo auxílio prestado na revisão do trabalho e das figuras aqui apresentadas.

Aceito em 01.10.92.

Recebido 02.08.94.

  • Barbosa, J.M. 1983. Recomendações de substratos ideais para germinação de sementes de oito espécies nativas. Anais do XXXIV Congresso Nacional de Botânica, Porto Alegre, p. 427-431.
  • Barbosa, L.M. 1989. Efeitos de períodos de controle e convivência de plantas daninhas no desenvolvimento, absorção de nutrientes, incidência de fungos micorrízicos vesículo-arbusculares e produtividade na cultura do amendoinzeiro (Arachis hypogae L.). Tese de Doutorado, Agron.-Fitotecnica, FCAV/UNESP, Jaboticabal.
  • Bianco, S. 1978. Matocompetição em amendoim das "secas" sob diferentes condições de adubação. Trabalho de Graduação, FCAV/UNESP, Jaboticabal.
  • Blanco, H.G. 1972. A importância dos estudos ecológicos nos programas de controle das plantas daninhas. O Biológico, 38:343-350.
  • Buchanan, G.A.; Hauser, E.W.; Ethredge, W.J.; Cecil, S.R. 1976. Competition of Florida beggarweed and sicklepod with peanuts. II. Effect of cultivation weeds and SADH. Weed Science, 24:29-39.
  • Cazetta, J.O. 1983. Efeito de condições culturais sobre algumas características bromatológicas de grãos de amendoim (Arachis hypogaea L.) Trabalho de Graduação, FCAV/UNESP, Jaboticabal.
  • Dajoz, R. 1973. Ecologia Geral - São Paulo, Editora Vozes.
  • Drenan, D.S.H. & Jennings, E.A. 1977. Weed competition in irrigated cotton (Gossypium barbadensis L.) and ground-nut (Arachis hypogaea L.) in the Sudan Geriza. Weed Research, 17:3-9.
  • Feakin, D. 1973. Pest control in groundnuts. 3.Ş ed. London, Centre for Over-seas Pest Research.
  • Gavioli, V.O. 1985. Efeitos da época e extensão do período de controle de plantas daninhas sobre a cultura de amendoim (Arachis hypogaea L.), em duas épocas de semeadura. Trabalho do Graduação, FCAV/UNESP, Jaboticabal.
  • Hamdoun, A.M. 1977. Competitive effects of weeds upon growth and yield of cotton, groundnuts and sorghum in the Kenana area of the Sudan. Zeitschrift fur Pflanzenkrankheiten un Pflanzenschutz, 84:509-515, 1977. Apud: Weed Abstracts, 27(7):23-24.
  • Hammertonn, J.L. 1976. Problems of herbicide assessment in peanuts in Jamaica. Weed Research, 16:27-35.
  • Hauser, E.W. & Parham, S.A. 1969. Effects of annual weeds and cultivation on the yield of peanuts. Weed Research, 9:192-197.
  • Hauser, E.W.; Buchanan, G.A.; Ethredge, W.J. 1975. Competition of Florida Beggarweed and Sicklepod with peanuts. I. Effects of periods of weed free maintenance on weed competition. Weed Science, 23:368-372.
  • Ishag, H.M. 1971. Weed control in irrigated groundnuts (Arachis hypogaea L.) in the Sudan Geriza. Journal of Agricultural Sciences, 77:237-241.
  • Martins, D. 1988. Estudos da interferência das plantas daninhas na cultura do amendoim. Efeitos de espaçamento, variedade e período de convivência. Dissertação de Mestrado, FCAV/UNESP, Jaboticabal.
  • Noda, K. 1977. Integrated weed control in rice. In: Fryer, J.D. e Matsumaka, S. (eds.) integrated control of weeds. University of Tokyo Press, Tokyo, p. 17-46.
  • Pacheco, R.P.B. 1977. Duração do período de competição de malerbas com a cultura do amendoim das águas (Arachis hypogaea L.). Ciência e Cultura, 29:599. (Suplemento).
  • Pansani, L.C. 1983. Efeitos de períodos de matocompetição sobre o crescimento e produtividade da cultura do amendoim "das secas" (Arachis hypogaea L.). Trabalho de Graduação, FCAV/UNESP, Jaboticabal.
  • Peressin, V.A. 1984. Efeitos do consórcio entre as culturas de arroz e do amendoim na presença e na ausência da comunidade infestante. Trabalho de Graduação, FCAV/UNESP, Jaboticabal.
  • Pitelli, R.A. & Neves, A.S. 1978. Efeitos da competição das plantas daninhas sobre algumas características morfológicas e agronômicas de plantas de soja. In: Seminário Brasileiro de Herbicidas e Emas Daninhas, 12.ş Fortaleza, 104p.
  • Pitelli, R.A.; Ferraz, E.C.; De Martins, G. 1981. Efeito do período de matocompetição sobre a produtividade do amendoim (Arachis hypogaea L.). Planta Daninha, 4:110-119.
  • Pitelli, R.A. 1980. Efeitos do período de competição das plantas daninhas sobre a produtividade do amendoim (Arachis hypogaea L.) e o teor de macronutrientes em suas sementes. Dissertação de Mestrado, ESALQ/USP, Piracicaba.
  • Pitelli, R.A. 1983. Biologia de plantas daninhas. In: 5.Ş Semana de Herbicida, Bandeirantes, 1983. Bandeirantes Fundação Faculdade de Agronomia "Luiz Meneguel", p.01-09.
  • Pitelli, R.A. 1987. Efeitos de períodos de convivência e controle das plantas daninhas no crescimento, nutrição mineral e produtividade da cultura da cebola (Allium cepa L.). Tese de Livre Docência, FCAV/UNESP, Jaboticabal.
  • Struffaldi de Vuono, Y.; Barbosa, L. M. & Batista, E. A. 1982. A Reserva Biológica de Moji-Guaçu. In: Anais Congresso Nacional de Essências Nativas, Campos do Jordão. São Paulo, 16A(1):548-558.
  • York, A.C. & Coble, H.D. 1977. Fall panicum interference in peanut. Weed Science, 25:43-47.
  • *
    Trabalho realizado no Setor de Reservas Biológicas e Estação Experimental de Moji-Guaçu, Seção de Ecologia, Instituto de Botânica de São Paulo. Apresentado no XLI Congresso Nacional de Botânica, Fortaleza, CE.
  • Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      10 Jun 2011
    • Data do Fascículo
      Jul 1995

    Histórico

    • Recebido
      02 Ago 1994
    Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF. - Alta Floresta - MT - Brazil
    E-mail: acta@botanica.org.br