Ontogenia e estrutura do pericarpo de Prestonia riedelii (Müll. Arg.) Markgr. (Apocynaceae)

Pericarp ontogeny and structure of Prestonia riedelii (Müll. Arg.) Markgr. (Apocynaceae)

Shesterson Aguiar Sandra Maria Carmello-Guerreiro Luiza Sumiko Kinoshita Sobre os autores

O trabalho teve por objetivos descrever a ontogenia e estrutura do pericarpo de P. riedelii, visando fornecer subsídios aos trabalhos taxonômicos, filogenéticos e ecológicos realizados para família. Flores e frutos em diferentes estádios de desenvolvimento foram fixados em FAA, incluídos em resina plástica, seccionados com 10 ìm e corados com azul de toluidina para análise estrutural. O fruto de P. riedelii é um folicarium, sendo formado por dois frutículos do tipo folículo. O epicarpo, originado da epiderme externa do ovário, é formado por uma camada de células epidérmicas de cutícula espessa e tricomas tectores multicelulares e unisseriados. O mesocarpo, originado a partir do desenvolvimento do tecido fundamental, é formado por várias camadas de células parenquimáticas, feixes vasculares, fibras não lignificadas e laticíferos. O endocarpo sensu lato é formado por duas camadas de esclerócitos de disposição cruzada, que se originam da epiderme interna do ovário e de uma camada de células do tecido fundamental. A deiscência de cada folículo é marginal e o processo de deiscência envolve um conjunto de características anatômicas, como células de parede delgada e sinuosa formando a linha de deiscência, fibras não lignificadas no mesocarpo e esclerócitos de disposição cruzada no endocarpo.

anatomia; Apocynaceae; fruto; pericarpo; Prestonia


Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF - Alta Floresta - MT - Brazil
E-mail: acta@botanica.org.br