Acta Botanica Brasilica, Volume: 10, Issue: 2, Published: 1996
  • Staining methods of modified Roeser (1972) and Kropp (1972), aiming at substituing the astra blue by alcian blue 8GS or 8GX

    Luque, Rebeca; Sousa, Hildeberto C. de; Kraus, Jane Elizabeth

    Abstract in Portuguese:

    Em folhas de Lychnophora ericoides, Coffea arabica e Nymphaea mexicana foram testados métodos de coloração baseados em Roeser (1972) modificado e Kropp (1972), visando a substituição do corante azul de astra por azul de alcião 8GS ou 8GX. As amostras foram fixadas em FAA, desidratadas em série butílica terciária e incluídas em parafina. Os cortes histológicos transversais foram corados segundo diferentes baterias de coloração, modificadas quanto ao tipo de corante usado, diferenciador e série de desidratação. As lâminas permanentes foram preparadas com bálsamo-do-canadá sintético. Os resultados obtidos evidenciaram que o método de Roeser (1972) modificado é melhor que o de Kropp (1972), nas condições deste experimento. O azul de astra pode ser substituído por azul de alcião 8GX e a desidratação pode ser em série isopropílica ou etílica, sem grande diferença entre elas. São discutidos os resultados provenientes das diferentes colorações.

    Abstract in English:

    Staining methods based on modified Roeser (1972) as well as that of Kropp (1972) were done with leaves of Lychnophora ericoides, Coffea arabica and Nymphaea mexicana aiming at substituing the astra blue stain by alcian blue 8GS or 8GX. Samples were fixed in FAA, dehydrated in teit-butyl alcohol series and embedded in paraffin. The histological transversal sections were stained in different staining batteries, modified according to the type of stains and differentiators, and the series of dehydration. Permanent slides were prepared with synthetic Canada balsam. The results obtained indicate that the modified Roeser method (1972) is better than that of Kropp (1972) under present experimental conditions. The astra blue can be substituted by alcian blue 8GX and dehydration can be isopropylic or ethylic, with little difference between them. The results obtained with the different staining techniques used are discussed.
  • Water stress effect on germination and initial growth of three Leguminosae species

    Santarém, Eliane Romanato; Almeida-Cortez, Jarcilene S; Silveira, Tânia Sales da; Ferreira, Alfredo Gui

    Abstract in Portuguese:

    Sementes de Senna macranthera, S. multijuga e Mimosa bimucronata foram submetidas a diferentes potenciais osmóticos simulados com PEG 6000 (0; -0,15; -0,49; -1,03 MPa) com o objetivo de avaliar o efeito do estresse hídrico na germinação e crescimento inicial de plântulas. Os potenciais osmóticos de -0,15 e -0,49MPa causaram um retardo de 12, 24 e 48 horas no início da germinação de M. bimucronata, S. multijuga e S. macranthera, respectivamente. Em todas as espécies, a germinabilidade final das sementes submetidas ao Ψ = -0,49MPa foi reduzida e nenhuma semente germinou em solução de Ψ = -1,03MPa. Estes resultados indicam um limite de tolerância entre os potenciais -0,49 e -1,03MPa. Plântulas de S. macranthera mostraram-se mais sensíveis ao estresse hídrico, reduzindo comprimentos de parte aérea e radícula à medida que os potenciais osmóticos tornavam-se mais negativos. Plântulas de S. multijuga e M. bimucronata apresentaram um aumento no comprimento médio da radícula em solução de Ψ= -0,15MPa. Houve redução do peso seco das plântulas a partir do Ψ = -0,49MPa para as 3 espécies testadas.

    Abstract in English:

    Seeds of Senna macranthera, S. multijuga e Mimosa bimucronata were submitted to different osmotic potentials using PEG 6000 (0; -0.15; -0.49 and -1.03MPa). The objective of this study was to evaluate the effect of osmotic stress on germinability and initial growth of seedlings. Water stress of -0.15 and -0.49MPa increased the time required for germination in 12, 24 and 48 hours for M.bimucronata, S. multijuga and S. macranthera, respectively. All species showed a reduced germinability in the Ψ = -1.03MPa. Such results suggest a limit of tolerance between the osmotic potentials of -0.49 and -1.03MPa. Senna macranthera seedlings were more sensitive to osmotic stress, reducing shoot and radicle elongation when levels of external water stress were increased. Senna multijuga and M. bimucronata increased the radicle lenght at Ψ = -0.15MPa. Reduction of fresh weight was observed for all levels of osmotic stress in all species.
  • Dominant plant species of the Fernando de Noronha archipelago: ecological groups and spatial distribution

    Batistella, Mateus

    Abstract in Portuguese:

    São relacionadas as 60 principais espécies vegetais dominantes do Arquipélago de Fernando de Noronha, no Nordeste brasileiro: 33 herbáceas, 12 lenhosas baixas (< 2 metros) e 15 lenhosas altas (> 2 metros). A partir de tratamentos numéricos analíticos, as informações mútuas para cada espécie em relação a variáveis ambientais evidencia grupos ecológicos distintos, caracterizados por seus padrões de repartição espacial. As plantas com padrão de repartição espacial definido dividem-se em espécies ubiquistas, de sotavento, de barlavento, costeiras, de áreas interiores, de áreas florestadas e de ocorrência isolada. As plantas com padrão pouco definido são classificadas mais por sua função na paisagem que pelo modo de repartição espacial nas ilhas e ilhotas. São as jitiranas, as invasoras e as espécies plantadas ou ornamentais.

    Abstract in English:

    This paper relates the 60 main dominant plant species of the Fernando de Noronha Archipelago, on the Brazilian Northeast. Using analytical numeric treatments, the mutual information indexes were calculated for each species regarding to environmental variables. The results allowed the identification of seven groups of plants with defined patterns and three groups with less defined patterns of spatial distribution. The plants with defined patterns were divided into ubiquitous plants, species of windward and leeward coastal zones, interior and forested areas and isolated plants. The species with less defined spatial patterns were classified by their function on the islands landscape.
  • Zornia J.F.Gmel. (Leguminosae - Papilionoideae - Aeschynomeneae) in the State of São Paulo

    Sciamarelli, Alan; Tozzi, Ana Maria G. de Azevedo

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho teve como objetivo levantar e estudar as espécies do gênero Zornia J.F.Gmel. que ocorrem no Estado de São Paulo. Foi confirmada a ocorrência de 9 espécies: Zornia gardneriana Moric., Z. virgata Moric., Z. cryptantha Arechav., Z. ramboiana Mohlenbr., Z. glabra Desv., Z. reticulata Sm., Z. latifolia Sm., Z. curvata Mohlenbr. e Z gemella (Willd.) Vogel. Zornia paniculata N.F. Mattos foi considerada sinônimo de Z virgata. Para as espécies foi confeccionada uma chave para identificação, descrições, comentários, ilustrações e mapas de distribuição geográfica.

    Abstract in English:

    This work presents an inventory of the species of the genus Zornia J.F.Gmel. in State of São Paulo. Nine species have been recognized: Zornia gardneriana Moric., Z virgata Moric., Z cryptantha Arechav., Z ramboiana Mohlenbr., Z. glabra Desv., Z reticulata Sm., Z latifolia Sm., Z curvata Mohlenbr. and Z gemella (Willd.) Vogel. Zornia paniculata N.F. Mattos was considered synonymous of Z virgata. An identification key for these species as well their descriptions, comments, illustrations and updates geographic distribution data were provided.
  • The genus Miconia Ruiz & Pav. (Melastomataceae) in São Paulo State

    Martins, Angela Borges; Semir, João; Goldenberg, Renato; Martins, Eneida

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho trata das espécies de Miconia coletadas no Estado de São Paulo. As 53 espécies aqui relacionadas, descritas e comentadas representam, provavelmente, todos os táxons do gênero até o momento coletados neste Estado.

    Abstract in English:

    The present paper deals with the species of Miconia occuring in the Brazilian State of São Paulo. The 53 species listed and described here probably represent all taxa of the genus collected in this State.
  • Phenology of Paepalanthus hilairei Koern., P. polyanthus (Bong.) Kunth and P. robustus Silveira: Paepalanthus sect. Actinocephalus Koern. - Eriocaulaceae

    Sano, Paulo Takeo

    Abstract in Portuguese:

    Foi realizado o acompanhamento fenológico de três espécies de Paepalanthus sect. Actinocephalus: P. hilairei, P. polyanthus e P. robustus. Realizaram-se viagens mensais à Serra do Cipó, Minas Gerais, Brasil, durante um período de 21 meses. Detectou-se que P. hilairei e P. robustus são perenes e P. polyanthus é bienal. Nestas espécies verificou-se um período de floração concentrado nos meses do verão. A ocorrência de odor é registrada pela primeira vez em representantes do gênero.

    Abstract in English:

    Phenological studies of three Paepalanthus sect. Actinocephalus species were done - P. hilairei, P. polyanthus and P. robustus. Monthly expeditions for 21 months to Serra do Cipó, Minas Gerais, Brazil were realized. It was detected that P. hilairei and P. robustus are perennial plants and P. polyanthus is a biennial plant. All of them present the blooming period mainly in Summer. Smell occurrence is registred in Paepalanthus for the first time.
  • Studies in "sempre-vivas" (everlasting plants): taxonomy foccusing the species from Minas Gerais, Brazil

    Giulietti, Ana Maria; Wanderley, Maria das Graças Lapa; Longhi-Wagner, Hilda Maria; Pirani, José Rubens; Parra, Lara Regina

    Abstract in Portuguese:

    "Sempre-vivas" é o nome dado no Brasil a partes de plantas, geralmente escapos e inflorescências, que conservam a aparência de estruturas vivas mesmo depois de destacadas e secas e que são comercializadas e exportadas para decoração de interiores. Folhas, frutos e sementes também são utilizados, mas em menor escala. As espécies de "sempre-vivas" são oriundas dos cerrados do Centro-Oeste e Sudeste do Brasil e, as de maior valor comercial, dos campos rupestres de Minas Gerais, Bahia e Goiás. Entre estas, predominam espécies de Eriocaulaceae, Poaceae (Gramineae), Xyridaceae, Cyperaceae e Rapateaceae, em ordem decrescente de importância. O maior centro de comercialização é a cidade de Diamantina, em Minas Gerais, com 25 espécies de Eriocaulaceae, 12 de Poaceae, 9 de Xyridaceae, 2 de Cyperaceae e 1 de Rapateaceae. São apresentadas chaves para identificação dos gêneros, baseadas em caracteres do material comercializado, além de breves descrições, ilustrações, listagem de material analisado, nomes populares e comentários sobre as espécies.

    Abstract in English:

    "Sempre-vivas" is the name given in Brazil to parts of plants, usually scapes and inflorescences, that conserve the appearance of the living structures even after dryed out (everlasting). They are sold locally and exported for interior decoration. In a smaller scale, leaves, fruits and seeds are also used. "Sempre-vivas" species are gathered in the savanna-like formations ("cerrados") of the Central-West and Southeast regions of Brazil, while species of greater commercial value originate from the grasslands with rocky outcrops ("campos rupestres") from the States of Minas Gerais, Bahia and Goiás. Species of Eriocaulaceae, Poaceae (Gramineae), Xyridaceae, Cyperaceae and Rapateaceae predominate in a decreasing order. The largest commercial center for this material is the city of Diamantina, in the State of Minas Gerais, where 25 species of Eriocaulaceae, 12 of Poaceae, 9 of Xyridaceae, 2 of Cyperaceae and 1 of Rapateaceae are commercialized. Identification keys for the genera based on characters found in the commercialized parts, brief descriptions, illustrations, list of the analysed material, popular names and comments on the species are presented.
  • Taxonomic notes in Xyris L. (Xyridaceae)

    Wanderley, Maria das Graças Lapa; Sajo, Maria das Graças

    Abstract in Portuguese:

    São propostas alterações nomenclaturais e taxonômicas em Xyris, status novum e dois novos sinônimos.

    Abstract in English:

    Nomenclatural and taxonomic changes are proposed in Xyris; one new status and two new synonym.
  • Universidade Estadual Paulista de Botucatu Teses E Dissertações

  • Distribuição espacial de espécies perenes em uma mata de galeria inundável no Distrito Federal: florística e fitossociologia Teses E Dissertações

    Walter, Bruno Machado Teles
  • Aspectos morfológicos, ecológicos e biogeográficos de 10 táxons de Capsicum (Solanaceae) ocorrentes no Brasil Teses E Dissertações

    Bianchetti, Luciano de Bem
  • Melastomataceae no Distrito Federal, Brasil: Tribo Miconieae DC Teses E Dissertações

    Munhoz, Cássia Beatriz Rodtigues
  • O gênero Solanum (Solanaceae) no Distrito Federal Teses E Dissertações

    Silva, Suelma Ribeiro
  • Universidade Federal do Paraná Teses E Dissertações

  • Universidade Federal de Pernambuco Teses E Dissertações

  • Universidade Federal de Pernambuco Teses E Dissertações

  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul Teses E Dissertações

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro Teses E Dissertações

  • Universidade de São Paulo Teses E Dissertações

  • Errata

Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF - Alta Floresta - MT - Brazil
E-mail: acta@botanica.org.br