Acta Botanica Brasilica, Volume: 15, Issue: 2, Published: 2001
  • Seed germination of medicinal woody plants

    Rosa, Shirley G.T.da; Ferreira, Alfredo Gui

    Abstract in Portuguese:

    A germinação de sementes de Aloysia gratissima, Bauhinia forficata; Casearia sylvestris, Dodonea viscosa, Psychotria leiocarpa e Sida rhombifolia foi verificada usando-se agar a 1% em placas de petri ou areia como substrato. Foi testada a germinação em temperaturas constantes de 20, 25, 30 e 35°C na luz ou no escuro, além de 10 e 15°C somente na ausência de luz. Foram também usadas temperaturas diárias alternantes de 10-20°C; 15-25°C, 20-30°C e 25-35°C sendo por 9 horas na temperatura mais alta na luz, com intensidade de radiação entre 40 e 60 µmol.m-2.s-1. Apenas A. gratissima mostrou-se fotoblástica positiva, porém respondendo melhor à germinação com alternância de temperaturas. Em C. sylvestris e P. leiocarpa em temperaturas constantes só ocorreu germinação a 20 ou 25°C. Sementes de B. forficata germinaram acima de 80% entre 15 e 30°C constantes ou quando uma das temperaturas do par alternante estivesse entre estas duas temperaturas. D. viscosa, após escarificação das sementes, mostrou ampla faixa de germinação em diferentes temperaturas ou regime lúmico. S. rhombifolia germinou em taxas mais altas quando a temperatura constante foi 35°C ou quando, na alternância, esta temperatura estava presente. Nos tratamentos onde houve mais germinação, o ótimo situou-se em 44% para A. gratissima e 97% em B. forficata. Em se tratando de espécies nativas sem melhoramento ou seleção de matrizes, estes índices são bastante aceitáveis.

    Abstract in English:

    Seed germination of Aloysia gratissima, Bauhinia forficata; Casearia sylvestris, Dodonea viscosa, Psychotria leiocarpa e Sida rhombifolia was verified using agar at 1% in petri dishes or sand, as substrate. The germination was tested under constant temperatures of 20°C, 25°C, 30°C and 35°C in light or darkness, and also at 10°C and 15°C in the dark. Morever, diary alternating temperatures of 10-20°C; 15-25°C; 20-30°C and 25-35°C were used, the higher temperature being in light at a radiating intensity of 40 to 60 µmol.m-2.s-1. Only A. gratissima showed positive photoblastic behavior, but higher germination was found at alternating temperatures. Both, C. sylvestris and P. leiocarpa at constant temperatures germinated only at 20 or 25°C. B. forficata seeds germinated more than 80% from 15°C to 30°C constant or when one of the shift temperatures was on that range. Scarified seeds of D. viscosa germinated at the same level from 10°C to 35°C. S. rhombifolia seeds germinated in higher rates at the constant temperature of 35°C or the alternating ones that included 35°C in the treatment. The higher percentage of germination achieved was from 44% in A. gratissima to 97% in B. forficata seeds. Since those are native species about which there are no reports on genetic improvement or landrace selection, the percentages of germination obtained were considered acceptable.
  • Arbuscular mycorrhiza in species of Commelinidae (Liliopsida) in the state of Pernambuco (Brazil)

    Silva, Gladstone Alves da; Santos, Bartolomeu Acioli dos; Alves, Marccus Vinícius; Maia, Leonor Costa

    Abstract in Portuguese:

    Micorrizas são associações simbióticas mutualísticas formadas entre fungos e raízes de plantas, sendo o principal benefício para a planta o aumento do aporte de nutrientes. Agronomicamente, a micorriza arbuscular (MA) é o tipo mais importante de micorrizas e apresenta-se distribuído na maioria dos ecossistemas. O objetivo deste trabalho foi estudar a condição micorrízica de espécies de Commelinidae que ocorrem no Estado de Pernambuco. Raízes dessas plantas, coletadas em 10 municípios, foram lavadas, clareadas em KOH, coradas com azul de Tripano em lactoglicerol e observadas em microscópio para determinação da presença e identificação do tipo de micorriza formado. O percentual de colonização das raízes foi avaliado pelo método de interseção em placa quadriculada. Quarenta espécimens, representando 30 espécies, foram observados. Destes espécimens, 70% estavam colonizados por fungos micorrízicos arbusculares (FMA). Em uma das famílias (Typhaceae) não foi encontrada a associação; em duas (Eriocaulaceae e Juncaceae) todos os espécimens apresentaram-se micorrizados e três (Commelinaceae, Cyperaceae e Poaceae) mostraram espécimens com ou sem FMA. Em algumas raízes foram observados outros fungos, além dos micorrízicos. Os resultados indicam que FMA estão amplamente distribuídos entre as espécies de Commelinidae em Pernambuco, sendo provavelmente importantes para o estabelecimento das mesmas nas áreas de coleta.

    Abstract in English:

    Mycorrhiza are a mutualistic symbiosis between fungi and plant roots, the main benefit to the plant being increased nutrient uptake. The arbuscular is the most important kind of mycorrhiza for agriculture and it is widespread in occurrence and distribution in most ecosystems. The aim of this work was to study the mycorrhizal status of the species of Commelinidae that occur in the State of Pernambuco. Plant roots, collected in ten municipalities, were washed, cleared in KOH, stained with Trypan blue in lactoglycerol and observed under a light microscope in order to assess presence and identification of the mycorrhizal type. Percentage of root colonization was evaluated by the gridline intersect method. Forty specimens representing 30 species were observed. From these specimens, 70% were colonized by arbuscular mycorrhizal fungi (AMF). In one family (Typhaceae), mycorrhizal structures were not observed, in two of them (Eriocaulaceae and Juncaceae) all specimens showed the association, and three families (Commelinaceae, Cyperaceae and Poaceae) presented specimens with or without AMF. In some of the roots, other fungi were observed together with the AMF. The results indicate that AMF are widely distributed among species of Commelinidae in Pernambuco, being probably important for their establishment in the areas visited.
  • Cabralea canjerana subsp. polytricha (Adri. Juss.) Penn (Meliaceae), a dioecious species

    Fuzeto, Adriana Paula; Barbosa, Ana Angélica Almeida; Lomônaco, Cecília

    Abstract in Portuguese:

    O estudo foi realizado em áreas de cerrado do Clube Caça e Pesca Itororó em Uberlândia-MG, durante os meses de setembro de 1997 a novembro de 1998. Para confirmação da suspeita da ocorrência de dimorfismo sexual foram adotados vários procedimentos: análise morfológica da flor de indivíduos supostamente dimórficos, análise de viabilidade polínica, medidas de altura dos indivíduos e do comprimento das inflorescências e determinação do sistema reprodutivo com realização de experimentos de polinização. Os resultados dos tratamentos florais e da análise de viabilidade polínica revelaram o caráter dióico dos indivíduos estudados. Os morfos sexuais diferem significativamente quanto à altura (F=11,01; P<0,001) e quanto ao comprimento das inflorescências (F=240,82; P<0,005), sendo, em ambos os casos, maiores nos indivíduos pistilados. A formação e posterior desenvolvimento de frutos só foram observados em tratamentos de polinização cruzada, realizados entre indivíduos estaminados e pistilados (exceção para um caso em 900 tentativas). Entretanto, a observação de frutos produzidos naturalmente por um aparente "fenótipo masculino", indica que o processo de evolução da dioicia nesta espécie ainda não foi concluído. A polinização é feita por uma espécie de vespa Polistes e por abelhas Xylocopa e Exomalopsis.

    Abstract in English:

    The study was carried out at the savanna areas of the Caça e Pesca Itororó Club, Uberlândia, MG, from September 1997 to November 1998. In order to confirm the occurrence of sexual dimorphism, several procedures were undertaken on the supposed dimorphic flowers: pollen viability analysis, measurements of plant height and length of the inflorescence, and pollination experiments to assess the breeding system. Results of pollination treatments and pollen viability analysis revealed the dioecious character of the studied individuals. Sexual morphs were significantly different in their height (F=11.01; P<0.001) and inflorescence length (F=240.82; P<0.005), both being larger on pistillate individuals. Fruit formation was observed only in cross--pollinated treatments between pistillate and staminate individuals (except one case among 900 trials). The occurrence of fruits naturally formed on male phenotypes indicates that the evolutionary process towards dioecy on this species is still not concluded. Pollination is performed by Polistes wasps and Xylocopa and Exomalopsis bees.
  • Stem anatomy of nine Orchidaceae species

    Oliveira, Virginia del Carmen; Sajo, Maria das Graças

    Abstract in Portuguese:

    Foram analisados sob o ponto de vista morfo-anatômico os sistemas caulinares (caule aéreo, rizoma e pseudobulbo) de nove espécies de Orchidaceae (Catasetum fimbriatum, Dichaea bryophila, Encyclia calamara, Epidendrum campestre, Epidendrum secundum, Miltonia flavescens, Pleurothallis smithiana, Stanhopea lietzei e Vanda tricolor). Comparando-se as espécies foi possível reconhecer uma certa uniformidade na organização interna dessas estruturas. Os rizomas e caules aéreos são revestidos por epiderme unisseriada, apresentam córtex parenquimático e feixes vasculares colaterais distribuídos em dois ou mais anéis no cilindro central. Os pseudobulbos possuem epiderme unisseriada recoberta por espessa cutícula e feixes vasculares colaterais distribuídos irregularmente no tecido parenquimático fundamental, que é formado por células grandes e pequenas com grande quantidade de espaços intercelulares.

    Abstract in English:

    Stem morphology and anatomy of nine species of Orchidaceae (Catasetum fimbriatum, Dichaea bryophila, Encyclia calamara, Epidendrum campestre, Epidendrum secundum, Miltonia flavescens, Pleurothallis smithiana, Stanhopea lietzei and Vanda tricolor) were investigated. A comparative study of these species showed that the internal structure of the rhizome, aerial shoot and pseudobulb was homogeneous. The rhizomes and aerial shoots are covered by an uniseriated epidermis, have a parenchymatous cortex and collateral vascular bundles arranged in two or more rings in the central cylinder. The psudobulbs have an uniseriated epidermis covered by a thick cuticle and vascular bundles irregularly scattered throughout the parenchymatous ground tissue which are formed by large and small cells and have many intercelular spaces.
  • Structure and development of the secretory cavities in the fruit of Schinus terebinthifolius Raddi (Anacardiaceae)

    Machado, Silvia Rodrigues; Carmello-Guerreiro, Sandra Maria

    Abstract in Portuguese:

    As cavidades secretoras no fruto de Schinus terebinthifolius foram analisadas aos microscópios de luz e eletrônico de transmissão. Estas cavidades são complexas e constituídas por epitélio multiestratificado que circunda o lume preenchido por secreção viscosa e por células epiteliais isoladas. Cada cavidade é circundada externamente por duas ou três camadas de células menores que as adjacentes achatadas, radialmente e que progressivamente diferenciam-se em epiteliais. As cavidades secretoras iniciam-se por esquizogênese e desenvolvem-se pelo processo esquizo-lisígeno. O lume inicia-se pela dissolução da lamela média entre um grupo de células precursoras dispostas em roseta; sua ampliação é decorrente da separação das células internas desta roseta. As células epiteliais jovens possuem citoplasma denso com mitocôndrias conspícuas, retículo endoplasmático rugoso extensivo, numerosos corpos multivesiculares e plastídeos modificados. Grumos de material eletron-denso, destituídos de membrana, ocorrem no citoplasma periférico, espaço periplasmático, bem como dispersos no lume da cavidade. À medida que a diferenciação progride, as células epiteliais mais internas são continuamente liberadas para o lume, onde sofrem degeneração. A lisogênese destas células acrescenta materiais à secreção e permite, também, o alargamento da cavidade. As evidências deste trabalho indicam que a secreção nos frutos de S. terebinthifolius é eliminada pelos mecanismos écrino e holócrino.

    Abstract in English:

    The secreory cavities in fruits of Schinus terebinthifolius Raddi were studied by optical and electron microscopy. These are complex cavities with a multistratified epithelium, surrounding a lumen filled with whole cells and viscous fluid. Each cavity is surrounded by two or three layers, radially flattened cells, which will progressively mature into epithelial cells. The secretory cavities initiate schizogenously and develop schizolysigenously. The lumen appears by the dissolution of the middle lamela in a group of precursor cells arranged in a rosette, and widens by the separation of the inner cells of this rosette. The young epithelial cells have dense cytoplasm with large mitochondria, extensive rough endoplasmic reticulum, numerous multivesicular bodies, and modified plastids. Clumps of electron-dense material without a delimiting membrane occur the peripheral cytoplasm, periplasmic space, and scattered in the cavity lumen. As differentiation progresses, the innermost epithelial cells are continuously released into the lumen and degenerate. Lysigeny of these cells contributes with materials to secretion, also leading to cavity enlargement. Optical and ultastructural data indicate that secretion elimination occurs by ecrine and holocrine mechanisms.
  • Notes on Passiflora ischnoclada Harms (Passifloraceae)

    Bernacci, Luís Carlos

    Abstract in Portuguese:

    Passiflora ischnoclada foi descrita com base em apenas uma coleta. O único exemplar conhecido estava depositado no herbário de Berlin-Dahlem (B), mas foi destruído. A sinonimização da espécie em P. jilekii Wawra havia sido proposta, com base apenas em sua descrição original, mas, outro exemplar da coleção-tipo foi localizado no herbário do Instituto de Botânica (SP) e P. ischnoclada foi recoletada na mesma área, quase um século depois. Foi possível comprovar a validade da espécie e seu posicionamento na série Laurifoliae e complementar sua descrição, acrescentando caracteres das flores e do fruto imaturo.

    Abstract in English:

    The description of Passiflora ischnoclada was based on the type collection. The only mentioned material was deposited in the Berlin-Dahlem herbarium (B) and was destroyed. The synonimization of P. ischnoclada under P. jilekii was proposed according to that description. Recently another material from the type collection was found in the SP herbarium and the species was collected again in the type locality. In this work the reestablishment of P. ischnoclada is proposed as well as the position of the species in the series Laurifoliae is discussed, and the description of the species is complemented, with adding characters of the flowers and the immature fruit.
  • Floristic composition in a hectare of cerrado stricto sensu hectare in the ARIE - Cerrado Pé-de-Gigante, Santa Rita do Passa Quatro, SP

    Weiser, Veridiana de Lara; Godoy, Silvana Aparecida Pires de

    Abstract in Portuguese:

    Foi realizado um levantamento florístico em um ha de cerrado stricto sensu, na parte norte da ARIE - Cerrado Pé-de-Gigante, Santa Rita do Passa Quatro, São Paulo. Foram coletados 428 espécimes em fase reprodutiva, em vinte e cinco excursões de coleta, durante o período de novembro de 1996 a abril de 1998. A listagem florística obtida apresenta 141 espécies, distribuídas em 109 gêneros e 49 famílias. As famílias mais representativas foram: Leguminosae, Asteraceae, Malpighiaceae e Myrtaceae. A floração e frutificação das espécies foram maiores no período chuvoso. Espécies zoocóricas (61) predominaram, seguidas pelas anemocóricas (46) e autocóricas (34). Analisou-se a flora como um todo e seus componentes herbáceo-subarbustivo e arbustivo-arbóreo, separadamente.

    Abstract in English:

    A floristic survey was carried out in one ha of cerrado stricto sensu, in the northern part of the ARIE - Cerrado Pé-de-Gigante, Santa Rita do Passa Quatro, São Paulo, Brazil. A total of 428 specimens in reproductive stage were collected in twenty-five field trips to the area, from november 1996 to april 1998. The flora shows 141 species, representing 109 genera and 49 families. Leguminosae, Asteraceae, Malpighiaceae and Myrtaceae were the most representative families. Flowering and fruiting were higher in the rainy season. The zoochorous species (61) were greater than anemo (46) and autochorous (34) ones. The cerrado flora as a whole and its two components, woody and herbaceous, were analysed separately.
  • Vegetation types and preliminary floristic survey in the Mortes-Araguaia Pantanal, Cocalinho, Mato Grosso, Brazil

    Marimon, Beatriz Schwantes; Lima, Edson de Souza

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo realizou-se no Pantanal dos Rios Mortes-Araguaia, extensa planície inundável localizada no municípo de Cocalinho, nordeste de Mato Grosso, Brasil. Efetuou-se uma caracterização fitofisionômica e um levantamento florístico preliminar da região. Foram selecionados três Sítios, com fitofisionomias representativas: proximidades do Rio das Mortes (12° 37'S; 50° 55'W), foz do Rio das Mortes com o Araguaia (11° 54'S; 50° 48'W) e porção mediana do Rio Cristalino (12° 52'S; 50° 49'W). O método de amostragem adotado foi o de levantamentos rápidos. Foram identificadas oito fitofisionomias: Mata Inundável, Caapão, Babaçual, Cerradão, Cerrado stricto sensu, Campo de Murunduns, Campo de Byrsonima orbignyana e Campo Cerrado de Vochysia rufa. Foram levantadas 248 espécies de árvores, arbustos, sub-arbustos e lianas, distribuídas em 158 gêneros e 62 famílias. As fitofisionomias apresentaram um padrão heterogêneo, sendo que nenhuma das espécies ocorreu em todas elas. Porém, Alibertia edulis (L. Rich.) A. Rich., Andira cuyabensis Benth., Maprounea guianensis (Aubl.) M. Arg., entre outras, ocorreram em seis das oito fitofisionomias. As famílias com maior riqueza foram: Caesalpiniaceae, Annonaceae e Myrtaceae. Ocorreram algumas semelhanças florísticas com o Pantanal do Rio Paraguai, porém, são necessários estudos mais aprofundados para confirmar. Os padrões de heterogeneidade fitofisionômica indicam que a área estudada necessita de medidas conservacionistas.

    Abstract in English:

    This study was carried out in the Pantanal of the Mortes and Araguaia rivers, a flooded plain located in Cocalinho, northeastern Mato Grosso, Brazil. The objectives of this study were to conduct a preliminary survey of the flora and to characterize the vegetation types. Three representative sites were selected: one near Rio das Mortes (12° 37'S; 50° 55'W), one at the mouth of Araguaia and Mortes rivers (11° 54'S; 50° 48'W) and one in the middle portion of the Cristalino river (12° 52'S; 50° 49'W). Sampling was by the Rapid Survey method. Eight vegetation types were identified: Mata Inundável (swamp forest), Caapão (also swamp forest), Babaçual (Attalea speciosa forest), Cerradão, Cerrado stricto sensu (savanna types, closed canopy woodland and savanna grassland, respectively), Campo de Murunduns (grassland with scattered mounds bearing termites), Campo de Byrsonima orbignyana (grassland dominated by B. orbignyana) and Campo Cerrado de Vochysia rufa (grassland with scattered trees of V. rufa). A total of 248 species of trees, shrubs and lianas were recorded, distributed in 158 genera and 62 families. The vegetation types were heterogeneous; none of the species occurred at all sites, but Alibertia edulis (L. Rich.) A. Rich., Andira cuyabensis Benth., Maprounea guianensis (Aubl.) M. Arg., and others, were found at six sites. The families richest in species were Caesalpiniaceae, Annonaceae and Myrtaceae. The flora apparently was similar to that of the Pantanal of Paraguai river, however, further studies are needed to confirm. This Heterogeneous vegetation patterns in the study area indicate the need to protect the Pantanal of the Mortes and Araguaia rivers.
  • Germination of seeds of Asteraceae natives of Rio Grande do Sul, Brazil

    Ferreira, Alfredo Gui; Cassol, Bibiana; Rosa, Shirley Galli Taylor da; Silveira, Tânia Sales da; Stival, Ana Lúcia; Silva, Adriana Andreoli

    Abstract in Portuguese:

    Aquênios (sementes) recém coletados, de treze espécies nativas de Asteraceae comuns nos ambientes abertos da região sul do Brasil foram testados quanto à germinação em temperaturas alternadas ( 20/10; 25/15; 30/20; 35/25°C) e sob temperaturas constantes ( 20; 25 e 30°C) com ou sem luz. A temperatura ótima para germinação varia entre as espécies, sendo que as espécies Elephantopus mobilis; Eupatorium laevigatum; Mikania cordifolia; Senecio oxyphyllus; Trixis prastens germinam de forma semelhante em todas temperaturas testadas. Eclipta alba tem sua germinação promovida a 30°C. Tagetes minuta tem a germinação das sementes promovida a 20°C. Em Senecio heterotrichius; S. selloi; Stenachaenium campestre; Symphyopappus casarettoi e Vernonia nudiflora as sementes germinam igualmente a 20 ou 25°C.. A luz promoveu a germinação de todas espécies exceto para Stenachaenium campestre e Tagetes minuta, sendo esta última espécie fotoblástica negativa. Quanto ao tempo médio de germinação, as espécies podem ser divididas em ; rápidas- menos de 5 dias (Baccharis trimera; Eclipta alba; Elephantopus mollis; Stenachaenium campestre e Vernonia nudiflora); intermediárias: entre 5 e 10 dias ( Eupatorium laevigatum; Mikania cordifolia e Tagetes minuta) ; lentas: mais de 10 dias (Senecio heterotrichius; S.oxyphyllus; S.selloi; Symphyopappus casarettoi e Trixis praestans).Os resultados mostram que a germinação de sementes de Asteraceas variam com a temperatura e o regime de luz; podendo prover uma base inicial para interpretação de efeitos sazonais sobre a germinação e estabelecimento a campo. Em adição, comentários sobre o substrato ágar ou areia são feitos.

    Abstract in English:

    Achenes of thirteen native Asteraceae species common to the natural grassland or weeds of the southern region of Brazil were tested for germination over a range of alternating temperatures ( 20/10; 25/15; 30/20 and 35/25°C), and under constant temperatures ( 20; 25 and 30°C) with light or not .Only fresh collected achenes (herein = seeds) were used. The optimum temperature for germination differed among the species, with Elephantopus mobillis; Eupatorium laevigatum; Mikania cordifolia; Senecio oxyphyllus; Trixis praestans germinating the most over all temperatures tested. Eclipta alba seeds germination was promoted at 30°C. Colder treatments promoted germination in Tagetes minuta , and in Senecio heterotrichius; S.selloi; Stenachaenium campestre; Symphyopappus casarettoi and Vernonia nudiflora germination was equivalent at 20 or 25°C. Light promoted germination for all species except in Stenachaenium campestre and Tagetes minuta, the latter being a negative photoblastic species. According to the mean time for germination, the species could be ranked in: fast -less than 5 days- (Baccharis trimera; Eclipta alba; Elephantopus mollis; Stenachaenium campestre and Vernonia nudiflora); intermediate: between 5 and 10 days- (Eupatorium laevigatum; Mikania cordifolia and Tagetes minuta) ; slow: more than 10 days-(Senecio heterotrichius; S.oxyphyllus; S.selloi; Symphyopappus casarettoi; Trixis praestans). The results show that germination of seeds of a range of Asteraceae species varies with temperature and light regime; they provide an initial basis on which to test and interpret the effects of seasonal factors on germination and field establishment. In addition, comments on the agar and sand substrates were made.
  • Alfa and Beta diversity in the cerrado sensu stricto

    Felfili, Maria Cristina; Felfili, Jeanine Maria

    Abstract in Portuguese:

    O bioma cerrado possui uma das mais ricas floras dentre as savanas mundiais com mais de 6000 espécies, abrange uma vasta extensão territorial, contém as três maiores bacias hidrográficas sul americanas, e se destaca pela elevada biodiversidade. O objetivo deste trabalho, que faz parte do Projeto Biogeografia do Bioma Cerrado, foi analisar as diversidades alfa e beta em comunidades de cerrado sensu stricto. Foram amostrados o Parque Nacional de Brasília, a Estação Ecológica de Águas Emendadas, a Area de Proteção Ambiental (APA) Gama-Cabeça de Veado, Silvânia-GO, Paracatu-MG e Patrocínio-MG. A amostragem foi aleatória com 10 parcelas de 20x50m em cada área de estudo. Foram incluídas plantas lenhosas, exceto lianas, que tivessem no mínimo 5cm de diâmetro. Foi calculada a diversidade alfa pelo teste de Shannon & Wienner e o de Simpson. A diversidade beta foi calculada pelo índice de Whittaker que mede a mudança ou taxa de substituição na composição de espécies de um local para outro. Foi efetuada a curva espécie-área para as 60 parcelas amostradas e efetuada a classificação por TWINSPAN. O cerrado sensu stricto da Chapada Pratinha pode ser diferenciado em duas zonas fitogeográficas: Distrito Federal-Silvânia e Paracatu-Patrocínio. Estas coincidem com um zoneamento por sistemas de terra que classifica a primeira zona como terras altas em contraposição à segunda.

    Abstract in English:

    The cerrado flora is one of the richest among the world's savannas with more than 6000 species. The cerrado covers a large territory, contains the three most important hydrographycal basins in South America and a high diversity. The objective of this work, that is part of the project Biogeography of the Cerrado Biome, was to analyse alfa and beta diversity in the cerrado sensu stricto. The sampled places were: Brasília National Park -- DF, Águas Emendadas Ecological Station -- DF, Environmentally protected Area of Gama-Cabeça de Veado -- DF, Silvânia -- GO, Paracatu -- MG and Patrocínio -- MG. The sampling was randomized with 10 plots of 20x50m in each study-site. Woody plants from 5cm dbh, excluding lianas were sampled. Shannon & Wienner's and Simpson's diversity index were used to calculate alfa diversity and Whittaker's index for beta diversity. The latter measures the rate of replacement in species composition from one place to another. A species-area curve was also drawn for the sixty plots sampled. A classification by the TWINSPAN method was also carried out. The cerrado sensu stricto in Chapada Pratinha can be separated in two phytogeographic zones: Distrito Federal -- Silvânia and Paracatu -- Patrocínio. Those coincide with a land system classification which places the first zone in the highlands and the second in the lowlands.
  • Bryophytes from the Alcatrazes, Bom Abrigo, Casca, and Castilho islands of São Paulo State, Brazil

    Visnadi, Sandra Regina; Vital, Daniel Moreira

    Abstract in Portuguese:

    Foram inventariadas 61 espécies de briófitas. Chiloscyphus subviridis (Hook. f. & Taylor) J.J. Engel & R.M. Schust. e Lejeunea autoica R.M. Schust. são citadas pela primeira vez para o país e Lejeunea phyllobola Nees & Mont. ex Mont, pela primeira vez para o Estado de São Paulo. Os maiores números de táxons foram registrados para as maiores ilhas com vegetação de Mata Atlântica e, os menores, para as menores ilhas com vegetação formada por árvores esparsas da Mata Atlântica ou arbustos esparsos e expostos a condições adversas. A maior parte das espécies estão restritas a uma determinada ilha. Alcatrazes e Bom Abrigo assemelham-se quanto à flora de hepáticas; Castilho assemelha-se a esse primeiro grupo de ilhas devido à flora de musgos, enquanto Casca possui a brioflora mais distinta dentre as quatro ilhas. As rochas e as cascas dos hospedeiros arbustivo-arbóreos são os substratos mais disponíveis para as briófitas. Rocha é o substrato mais disponível para determinadas espécies em Alcatrazes e Castilho e, provavelmente, o preferido por essas plantas em Bom Abrigo e Casca.

    Abstract in English:

    Collections of bryophytes amount to a total of 61 species. Chiloscyphus subviridis (Hook. f. & Taylor) J.J. Engel & R.M. Schust. and Lejeunea autoica R.M. Schust. are new records for Brazil. Lejeunea phyllobola Nees & Mont. ex Mont. is new for São Paulo State. A more diversified bryophyte flora was found in the largest islands covered by the Atlantic forest and the smallest number of taxa came from the smallest islands with vegetation covered by sparse trees of the Atlantic forest or sparse shrubs exposed to adverse conditions. Most of the taxa are restricted to certain islands. Alcatrazes is similar to Bom Abrigo in liverworts. Castilho is similar to this first group of islands in mosses. The most distinct bryoflora is found in Casca island. Rock and bark are the most available sites for bryophytes. Rock is the most available substrate for certain species in Alcatrazes and Castilho, and probaly the preferred places for these plants in Bom Abrigo and Casca.
  • Weedy and secundary palm species in central amazonian forest Fragments

    Scariot, Aldicir

    Abstract in Portuguese:

    A fragmentação das florestas pode afetar a abundância e distribuição dos organismos. Populações de algumas espécies diminuem e eventualmente são extintas localmente enquanto populações de outras espécies podem aumentar. Em um estudo da composição e abundância de palmeiras secundárias e invasoras em oito fragmentos de florestas (três de 1-, três de 10- e dois de 100-ha), em três sítios (Dimona, Porto Alegre e Esteio) na Amazônia Central, cinco espécies nativas de palmeiras que não ocorreram nas áreas planas de floresta contínua de terra firme foram identificadas. Três espécies eram secundárias (Astrocaryum acaule Mart., Bactris maraja Mart. var. maraja e Bactris sp), uma invasora (Lepidocaryum tenue Mart.), e uma cujo habitat original era desconhecido (B. oligocarpa Barb. Rodr. & Trail). A maior abundância ocorreu nos fragmentos de 1-ha que tiveram 172 das 206 palmeiras encontradas comparado com 33 na de 10-ha e uma no fragmento de 100-ha. A maioria dessas palmeiras ocorreu em Dimona que tinha 195 das 206 palmeiras, comparado com sete em Esteio e quatro em Porto Alegre. A invasora L. tenue, que forma populações clonais, embora tenha ocorrido somente em Dimona, representou 91% do total de indivíduos encontrados. É possível que com o aumento da degradação interna dos fragmentos pequenos as populações de espécies secundárias e invasoras também aumentem, o que pode ser prejudicial às populações de espécies de plantas de floresta fechada que ocorrem nos fragmentos florestais.

    Abstract in English:

    Forest fragmentation may affect the abundance and distribution of organisms. Some species populations decrease being eventually driven to local extinction while other species may experience population increase. In a survey of the composition and abundance of secondary and weedy palms in eight forest fragments (three of 1-, three of 10- and two of 100-ha), in three sites (Dimona, Porto Alegre and Esteio) in central Amazonia, five native palm species which do not occur in the continuous forest were identified. Three were secondary species (Astrocaryum acaule Mart., Bactris maraja Mart. var. maraja and Bactris sp), one weedy (Lepidocaryum tenue Mart.), and one of unknown status (B. oligocarpa Barb. Rodr. & Trail). The highest abundance was found in the 1-ha fragments which had 172 of the 206 palms found compared with 33 in the 10-ha and one in the 100-ha fragments. However, most of these palms occur in the Dimona site, which accounted for 195 of the 206 of the individuals, compared with seven in Esteio and four in Porto Alegre. The weedy L. tenue, which forms clonal populations, although occurring only in Dimona, accounted for 91% of the individuals recorded. It is possible that with increased habitat degradation of small fragments, some populations of secondary and weedy species will also increase, what may be detrimental to the closed forest plant species populations occurring in forest fragments.
  • Diagnóstico Geoambiental de Zonas de Manguezal do Estuário do Rio Itanhém, Município de Alcobaça Região Extremo Sul do Estado da Bahia Resumos De Dissertações E Teses

    Araújo, Bárbara Rosemar Nascimento de
  • Fitogeografia dos gêneros Jacaranda Juss. e Tabebuia Gomes ex DC. no bioma Cerrado Resumos De Dissertações E Teses

    Farias, Rosana
  • Loranthaceae e Viscaceae no Bioma Cerrado Resumos De Dissertações E Teses

    Barboza, Maria Aglaene
  • Biologia Floral de Cuphea melvilla Lindlay (Lythraceae) na Estação Ecológica do Panga em Uberlândia-MG. Resumos De Dissertações E Teses

    Melazzo, Ana Flávia de Oliveira
  • Biologia Reprodutiva e Polinização em Melastomataceae no Parque do Sabiá, Uberlândia, MG Resumos De Dissertações E Teses

    Silva, Simone Carolina Sousa e
  • Gramíneas (Poaceae) da Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) Santuário de Vida Silvestre do Riacho Fundo, DF - Brasil Resumos De Dissertações E Teses

    Rodrigues-da-Silva, Robson
  • Aspectos da Reprodução em Brachiaria brizantha cv. Marandu Resumos De Dissertações E Teses

    Alves, Elizangela Ribeiro
  • Conservação de sementes de orquídeas do Cerrado Resumos De Dissertações E Teses

    Mello, Claudia Maria Correia de
  • Arecaceae (Palmae) no Distrito Federal (Brasil) Resumos De Dissertações E Teses

    Martins, Renata Corrêa
Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF - Alta Floresta - MT - Brazil
E-mail: acta@botanica.org.br