Acta Botanica Brasilica, Volume: 19, Issue: 3, Published: 2005
  • Mycorrhizal fungi associated to orchids growing in "campos rupestres" in "Quadrilátero Ferrífero" region, Minas Gerais State, Brazil

    Nogueira, Ricardo Eustáquio; Pereira, Olinto Liparini; Kasuya, Maria Catarina Megumi; Lanna, Maria Célia da Silva; Mendonça, Míriam Pimentel

    Abstract in Portuguese:

    Oito isolados de fungos micorrízicos rizoctonióides foram obtidos do sistema radicular de orquídeas neotropicais, a saber: Bulbophyllum weddelii (Lindl.) Rchb. f., Epidendrum dendrobioides Thunb., Maxillaria acicularis Herb. ex Lindl., Oncidium gracile Lindl., Pleurothallis teres Lindl., Prosthechea vespa (Vell.) W.E. Higgins, Sophronitis milleri (Blumensch. ex Pabst) C. Berg & M.W. Chase e Sarcoglottis sp., que ocorrem em campos rupestres da região do Quadrilátero Ferrífero, no Estado de Minas Gerais, Brasil. Três gêneros anamórficos foram identificados: Epulorhiza, isolados do sistema radicular de E. dendrobioides e S. milleri; Ceratorhiza, isolados de B. weddelii, O. gracile, P. teres e P. vespa e Rhizoctonia, isolados de M. acicularis e Sarcoglottis sp. O trabalho constitui-se no primeiro relato taxonômico e de caracterização morfológica de fungos micorrízicos rizoctonióides associados a espécies de orquídeas que ocorrem em campos rupestres no Brasil.

    Abstract in English:

    Eight strains of Rhizoctonia-like mycorrhizal fungal were isolated from the root system of neotropical orchids, Bulbophyllum weddelii (Lindl.) Rchb. f., Epidendrum dendrobioides Thunb., Maxillaria acicularis Herb. ex Lindl., Oncidium gracile Lindl., Pleurothallis teres Lindl., Prosthechea vespa (Vell.) W.E. Higgins, Sophronitis milleri (Blumensch. ex Pabst) C. Berg & M.W. Chase and Sarcoglottis sp., growing in "campos rupestres" in "Quadrilátero Ferrífero" region, Minas Gerais State, Brazil. Three anamorphic genera were identified: Epulorhiza, isolated from the root system of E. dendrobioides and S. milleri; Ceratorhiza, isolated from B. weddelii, O. gracile, P. teres and P. vespa; Rhizoctonia, isolated from M. acicularis and Sarcoglottis sp. This is the first report of Rhizoctonia-like fungi isolated from the root systems of orchids from the "campos rupestres" in Brazil.
  • Tolerance of Himatanthus sucuuba Wood. (Apocynaceae) to the flooding regime in the Central Amazonian

    Ferreira, Cristiane; Piedade, Maria Teresa Fernandez; Parolin, Pia; Barbosa, Keillah Mara

    Abstract in Portuguese:

    Himatanthus sucuuba é uma espécie arbórea de reputado valor fitoterápico, que coloniza regiões de várzea e de terra firme na Amazônia Central. Objetivou-se verificar durante quatro meses, em casa de vegetação, a germinação e o desenvolvimento inicial de plântulas da espécie, oriundas de sementes dos dois diferentes ecossistemas. Não houve diferença significativa em relação ao peso de matéria seca de sementes da várzea e da terra firme. Entretanto, a taxa de germinação da espécie variou de acordo com o substrato e o local de procedência das sementes. No substrato areia+serragem (não-alagado) a germinação da espécie foi alta, independente do ambiente (várzea 94% e terra firme 91%). No substrato constituído apenas por água (alagado), as sementes provenientes da várzea tiveram a maior taxa de germinação (96%) e de formação de plântulas (84%), quando relacionadas às da terra firme, que apresentaram taxa de germinação de 64%, e nenhuma das sementes germinadas formou plântulas. Neste tratamento foi verificado o apodrecimento da radícula poucos dias após sua emissão, indicando que as sementes oriundas da várzea apresentam características adaptativas ao ambiente inundado em relação às da mesma espécie oriundas da terra firme.

    Abstract in English:

    Himatanthus sucuuba is a tree species with known phytotherapic value which colonizes both white-water floodplains (várzea) and upland forests (terra firme) in Central Amazonian. The objective of this study was to compare germination and initial seedling development from seeds collected in both the ecosystems. There was no significant difference between dry seed mass, but in a four month period in a glasshouse in Manaus, Brazil, germination rate differed according to the substrate and origin of the seeds. In the substrate sand + sawdust (non-flooded) germination rate was high, independent of seed origin (várzea 94% and terra firme 91%). In the substrate constituted only by water (flooded), the seeds originating from várzea had a higher germination rate (96%) and seedling formation (84%) than those originating from terra firme which had a germination rate of 64% and none of the seeds formed seedlings. In this treatment, the radicles rot few days after their emission, indicating that the seeds originating from várzea present adaptive characteristics to the floodplain environment which are not present in seeds from terra firme.
  • Phytosociology of two swamped portions of gallery forests in Distrito Federal, Brazil

    Guarino, Ernestino de Souza Gomes; Walter, Bruno Machado Teles

    Abstract in Portuguese:

    As Matas de Galeria do bioma Cerrado possuem peculiaridades fisionômicas e florísticas que permitem separá-las em dois subtipos: "não-inundável", quando em solos bem drenados; e "inundável", o subtipo menos estudado, em solos mal drenados. O presente trabalho objetivou caracterizar estrutural e floristicamente dois trechos inundáveis das matas dos córregos Acampamento (15°35'S; 48°10'W) e Riacho Fundo (15°55'S; 48°02'W) no Distrito Federal (DF). Para isso foi alocada em cada Mata uma grade de 160×50 m (0,8 ha), composta por 40 parcelas de 10×20 m (200 m²). Todos os indivíduos com diâmetro a 1,30 m da altura do solo (DAP > 3,0 cm) foram amostrados, incluindo aqueles mortos ainda em pé. Foram amostrados 6.078 indivíduos, sendo 3.030 no trecho do Acampamento (33 famílias, 49 gêneros e 60 espécies) e 3.048 no Riacho Fundo (30 famílias, 41 gêneros, 53 espécies). A área basal e a diversidade (H') calculada para os trechos foram de 47,96 m²/ha e 2,99 nats/ind. (Acampamento), e 41,28 m²/ha e 2,84 nats/ind. (Riacho Fundo), respectivamente. Se comparados com matas anteriormente estudadas no DF os valores de diversidade são baixos, estando na mesma magnitude indicada para as Matas de Brejo (Higrófilas) do sudeste brasileiro. Os índices de similaridade indicaram alta semelhança qualitativa (Sørensen 58,0%) e quantitativa (Morisita 70,6%) entre os trechos estudados, embora uma classificação por TWINSPAN tenha gerado dois grupos distintos, cada qual vinculado a um dos trechos. Os resultados reforçam indicações anteriores de que as Matas de Galeria do DF, ou trechos similares destas, inundáveis ou não, possuem comunidades arbóreas particulares, as quais estão relacionadas à bacia hidrográfica na qual a Mata esta inserida e ao padrão determinante da drenagem do solo.

    Abstract in English:

    Gallery forests in the Cerrado biome possess physiognomic and floristic peculiarities that allow its division in two subtypes: "non-swamp" located in well drained soils; and "swamp" the less studied subtype, located in badly drained soils. The present study aimed to characterize the structure and the flora of two swamped portions in the gallery forests of the Acampamento stream (15°35'S; 48°10'W) and the Riacho Fundo stream (15°55'S and 48°02'W), both in Distrito Federal (DF). In each forest it was allocated a grid of 160×50 m (0.8 ha), composed by 40 plots of 10×20 m (200 m²). All the individuals with DBH > 3.0 cm were surveyed, including the standing dead plants. It was sampled 6,078 individuals, being 3,030 in the swamped portion of Acampamento stream (33 families, 49 genera and 60 species) and 3,048 in the Riacho Fund portion (30 families, 41 genera, 53 species). The basal area (dominance) and the diversity (H') for the studied portions were 47.96 m²/ha and 2.99 nats/ind. (Acampamento) and 41.28 m²/ha and 2.84 nats/ind. (Riacho Fundo), respectively. If compared to others gallery forests previously studied in Distrito Federal, such diversity values are considered low, although they are similar to that indicated for the "Swamp Forests" ("Matas de Brejo") of southeastern Brazil. The similarity indexes of Sørensen (58.0%) and Morisita (70.6%) point to high qualitative and quantitative similarity among portions. However the classification accomplished by TWINSPAN generated two distinct groups, each one linked to one of the portions studied (Acampamento and Riacho Fundo). These results reinforce previous indications that distinct gallery forests in Distrito Federal, or even similar portions on that, show different floristic patches. This variation are related to the hydrographic basin in which the gallery forest is inserted, and the soil drainage.
  • Cleistogamy in Ruellia menthoides (Nees) Hiern and R. brevifolia (Pohl) C. Ezcurra (Acanthaceae) in a forest fragment of Southeastern Brazilian

    Lima, Natália A. de Souza; Vieira, Milene Faria; Carvalho-Okano, Rita Maria de; Azevedo, Aristéa Alves

    Abstract in Portuguese:

    São abordados a morfologia e a biologia floral de Ruellia menthoides (Nees) Hiern e R. brevifolia (Pohl) C. Ezcurra, na Reserva Florestal Mata do Paraíso, remanescente de Floresta Atlântica, em Viçosa, Zona da Mata de Minas Gerais, Brasil. Ruellia menthoides e R. brevifolia são espécies cleistógamas, ou seja, apresentam dimorfismo floral, produzindo flores casmógamas normais (CA) e cleistógamas (CL). Além disso, formas intermediárias entre esses tipos florais (flores casmógamas reduzidas e semicleistógamas) também são observadas. Em R. menthoides a cleistogamia é inédita, ampliando o número de espécies desse gênero com esse mecanismo reprodutivo. A alogamia, nessas espécies, é favorecida pela produção de flores CA hercogâmicas, especialmente em R. menthoides, e pela dicogamia parcial. A floração de ambas as espécies ocorreu durante todo o ano. Houve pequena sobreposição do período de produção dos dois tipos florais em R. menthoides e ampla sobreposição em R. brevifolia. Em R. menthoides, o início da produção de flores CL coincidiu com o período de transição da estação úmida para a seca, e em R. brevifolia, a produção desse tipo floral ocorreu principalmente na estação seca. A complexidade taxonômica de Ruellia parece estar relacionada à escassez de informações sobre a biologia reprodutiva de suas espécies, que é agravada com o polimorfismo floral das espécies cleistógamas.

    Abstract in English:

    Floral morphology and biology of Ruellia menthoides (Nees) Hiern and R. brevifolia (Pohl) C. Ezcurra were analyzed in Reserva Florestal Mata do Paraíso, a remainder of the Atlantic forest, in Viçosa, Zona da Mata, Minas Gerais State, Brazil. R. menthoides and R. brevifolia are cleistogamous, e.g., they show floral dimorphism, with normal chasmogamous (CA) and cleistogamous (CL) flowers. Intermediate forms between these two floral types (miniature chasmogamous and semicleistogamous flowers) are also observed. R. menthoides cleistogamy is a novel discovery, which augments the number of species of this genus with that reproductive system. In these species, alogamy is favored by CA hercogamic flower production, verified mainly in R. menthoides, and by partial dichogamy. In both species, flowers production occurs throughout the year. There was a small production period overlap of both types of flowers in R. menthoides and a large overlap in R. brevifolia. The initial production of CL flowers in R. menthoides coincided with the transition period from the wet to the dry season and in R. brevifolia, such type of flowers was produced mainly in the dry season. The taxonomic complexity of Ruellia may be related to the scarcity of information on the reproductive biology of its species, and by the floral polymorphism of the cleistogamous species.
  • Structure of tree component in Reserva Ecológica do Trabijú, Pindamonhangaba, São Paulo State, Brazil

    Gomes, Eduardo Pereira Cabral; Fisch, Simey Thury Vieira; Mantovani, Waldir

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo examinou a composição, a estrutura e a distribuição do componente arbóreo de floresta montana em Pindamonhangaba, SP, Brasil. Todas as árvores com diâmetro do caule a 1,30 cm de altura do solo (DAP) > 5 cm foram amostradas em dez parcelas de 10×25 m, entre 680 m e 805 m de altitude. Foram registradas 517 árvores em um total de 75 espécies, de 69 gêneros e 40 famílias de plantas vasculares. A estrutura de comunidade foi caracterizada pelo domínio de Euterpe edulis Mart. (51,26% do total de plantas), o que causou baixo índice de diversidade de Shannon (2.5910 nats). A estrutura da floresta apresentou alta densidade (2068 ind./ha) e área basal (44,36 m²/ha). Isto foi atribuído à maturidade da floresta, onde espécies secundárias apresentaram árvores de grande porte e ausência de indivíduos jovens. A composição de espécies variou continuamente ao longo dos 125 m de diferença altitudinal, como mostrado pela análise de agrupamento. A comparação com outros trechos de florestas por dados de presença × ausência mostrou que há maior semelhança com as florestas no Planalto Atlântico do leste e sul do Estado de São Paulo, sob clima mais úmido e temperaturas médias anuais mais baixas.

    Abstract in English:

    This study examined composition, structure and distribution of tree component in the montane forest in Pindamonhangaba, São Paulo State, Brazil. All trees with a trunk diameter at breast height (DBH) > 5 cm were sampled in ten 10×25 m plots stablished between 680 m and 805 m a.s.l. were recorded 517 trees. A total of 75 species, 69 genera on 40 families of vascular plants ocurred in the plots. The community structure was characterized by dominance of Euterpe edulis Mart. (51,26% of total plants), which caused a low Shannon diversity index (2,5910 nats). The forest strucutre was characterized by a high density (2,068 ind./ha) and basal area (44,36 m²/ha). This was atributed to the forest maturity, where secondary species ocurred with great trees and young individuals were absent. Species compositon varied continuously with altitude over a 125 m range, as shown by a cluster analysis. The comparison with others forest areas by use of presence × abscense data showed a higher similarity with Planalto Atlântico forests under wettest and lower mean anual temperature in the east and south of São Paulo State.
  • Structural characteristics of the mangrove forests at São Mateus River Estuary, Espírito Santo State, Brazil

    Silva, Maria Amélia Bonfante da; Bernini, Elaine; Carmo, Tania Mara Simões do

    Abstract in Portuguese:

    A estrutura da vegetação do manguezal do estuário do rio São Mateus foi analisada pelo método de parcelas em quatro sítios de estudo. Nesse manguezal, foram registradas as espécies Avicennia germinans (L.) Stearn., Avicennia schaueriana Stapft & Leechm., Laguncularia racemosa (L.) Gaertn. e Rhizophora mangle L. Considerando todas as parcelas, o DAP médio variou de 8,12 a 29,6 cm, a altura média de 5,4 a 12,0 m, a área basal de 7,21 a 31,1 m².ha-1 e a densidade de 450 a 1.450 ind.ha-1. Os sítios de estudo sob maior influência das marés apresentaram menor desenvolvimento estrutural e dominância de R. mangle, enquanto que o melhor desenvolvimento estrutural, com dominância de L. racemosa e A. germinans, foi observado nos sítios sujeitos ao maior aporte de água doce. Os resultados demonstraram que o manguezal do estuário do rio São Mateus apresenta bom desenvolvimento estrutural em relação a outros manguezais do Estado do Espírito Santo.

    Abstract in English:

    The structure of the mangrove forests at São Mateus River Estuary was analyzed using the plot method. Mangrove species at the estuary are Avicennia germinans (L.) Stearn., Avicennia schaueriana Stapft & Leechm., Laguncularia racemosa (L.) Gaertn., and Rhizophora mangle L. Structural analyzes were performed in four sites. In all stands, the DBH varied from 8.12 to 29.6 cm, average height from 5.4 to 12.0 m, the basal area from 7.21 to 31.1 m².ha-1, and the density from 450 a 1,450 ind.ha-1. Sites under larger influence of the tides, presented smaller structural development and dominance of R. mangle. L. racemosa and A. germinans were dominant in sites with fresh water predominance. The results obtained demonstrated that mangrove which was studied presented a good structural development in relation to other mangroves located in the Espírito Santo State.
  • Cover and soil influence at understory of a Seasonal Tropical Forest, Minas Gerais State, Brazil

    Meira-Neto, João Augusto Alves; Martins, Fernando Roberto; Souza, Agostinho Lopes de

    Abstract in Portuguese:

    A relação ecológica planta-luz tem sido estudada desde o início do século XX. As análises da relação da luminosidade ao nível das comunidades florestais têm se valido de medições indiretas por meio de índices de cobertura, mas sem a aplicação da fotogrametria para estimar essa cobertura. Este trabalho foi idealizado para utilizar fotogrametria do dossel, tornando-a aplicável ao estudo da luminosidade no sub-bosque herbáceo-arbustivo. Teve como objetivos estabelecer a relação existente entre espécies do estrato herbáceo-arbustivo e a cobertura do dossel e averiguar a existência de correlações entre espécies, luminosidade e variáveis pedológicas. Para tanto, foram tiradas fotografias em preto e branco nos períodos seco e chuvoso, em 100 (1 m×1 m) parcelas aplicadas para a amostragem da vegetação herbácea. Foram colhidas amostras de solo em cada parcela. A partir dos valores médios das medidas de cobertura estimada pelas fotografias dos períodos seco e chuvoso calculou-se o valor médio de cobertura para cada espécie amostrada. Por meio do teste "t" student e da Análise de Correspondência Canônica foram determinadas as relações entre as espécies, a luminosidade e as variáveis pedológicas no estrato herbáceo-arbustivo. A cobertura não foi significativamente diferente nas épocas seca e na chuvosa. Apenas três espécies, Heisteria silviani, Calathea brasiliensis e Psychotria conjugens, tiveram médias de cobertura significativamente maiores que a média amostral e outras três, Olyra micrantha, Lacistema pubescens e Pteris denticulata, tiveram médias menores. As distribuições de parcelas pelos valores de cobertura, de tamanho de clareiras e pelo número de clareiras mostraram-se similares às distribuições encontradas na literatura para outras florestas tropicais e, portanto, o método da fotogrametria revelou-se adequado para a avaliação da cobertura. Verificou-se que os teores de cálcio, magnésio e potássio estavam correlacionados positivamente entre si e negativamente aos teores de alumínio. A cobertura revelou-se correlacionada negativamente aos teores de alumínio. Foram detectados cinco grupos de espécies segundo as preferências que apresentaram aos teores de cálcio, magnésio, potássio, alumínio e a valores de cobertura. Os teores de alumínio revelaram-se os maiores determinantes da variação encontrada na vegetação de sub-bosque. As variáveis pedológicas mostraram-se mais importantes que a variação de cobertura encontrada no sub-bosque para determinar alterações estruturais no estrato herbáceo-arbustivo.

    Abstract in English:

    Plant-light ecological relations have been studied since the early 20th century. Light within forests has been studied since then. At community level, light environment analysis has been carried out by indirect cover measurement, but without any photogrammetric methods. This work aims to apply the canopy photogrammetric method in light environment studies of understory. Correlations among edaphic, cover and species variations were investigated to understand the understory environment. These studies were carried out in a sampled area for understory phytosociological analysis. The black and white canopy photographs were taken for cover estimation. Photographs were taken in dry and rainy seasons at 100 sample quadrats. Soil samples were taken at these quadrats. The cover average for sampled species was calculated and "t" student test was applied for testing the significance of difference between specific and populational means. Correspondence Canonical Analysis was applied to determine correlations among species, edaphic factors and cover. Cover was not significantly different in dry and rainy seasons. Only three species Heisteria silviani, Calathea brasiliensis and Psychotria conjugens, had mean cover greater than the populational mean. Other three species, Olyra micrantha, Lacistema pubescens and Pteris denticulata, had mean cover smaller than the populational mean. The sample quadrats frequency distribution and the gap size frequency distribution were similar to those found in other tropical forests. Thus, the canopy photogrammetric method was appropriate for the indirect evaluation of light environmemt of tropical seasonal and rain forests. The Correspondence Canonical Analysis showed that calcium, magnesium and potassium grades were positively correlated among themselves and negatively correlated to aluminium grades. Cover was negatively correlated to aluminium grades. Five species groups were detected by preferences to calcium, magnesium, potassium and aluminium grades and cover percentage. The aluminium grades are the main variable relatated to the herb-shrub vegetation changes. The edaphic factor variations were more important than the cover percentage variations in determining structural alterations of forest herb-shrub layer.
  • Mosses (Bryophyta) in Trambioca Island, Barcarena, Pará State, Brazil

    Souza, Adriana Paula da Silva; Lisboa, Regina Célia Lobato

    Abstract in Portuguese:

    Foi realizado o inventário dos musgos em diferentes ecossistemas da Ilha Trambioca, município de Barcarena, PA. Foram encontradas 40 espécies, pertencentes a 20 gêneros e 13 famílias. As famílias com maior número de espécies foram Calymperaceae (12 spp.), Sematophyllaceae (6 spp.) e Leucobryaceae (5 spp.), as quais destacaram-se também quanto ao número de indivíduos. As espécies mais comuns foram Sematophyllum subsimplex (Hedw.) Mitt, Calymperes erosum Müll. Hal., Pilosium chlorophyllum (Hornsch.) Müll. Hal., Taxithelium planum (Brid.) Mitt., Callicostella pallida (Hornsch.) Årgstr. e Trichosteleum papillosum (Hornsch.) A. Jaeger. Evidenciou-se maior diversidade de espécies na mata de terra firme, confirmando a preferência das briófitas por este ecossistema. Philonotis gracillima Ångstr. é citada como primeira referência para o Estado do Pará.

    Abstract in English:

    This work presents a survey of mosses from different ecosystems of Trambioca Island, municipality of Barcarena, Pará State, Brazil. Forty taxa of mosses were found, belonging to 20 genera and 13 families. The families with highest number of species were Calymperaceae (12 spp.), Sematophyllaceae (6 spp.), and Leucobryaceae (5 spp.), which also presented the highest number of individuals. The most common species were Sematophyllum subsimplex (Hedw.) Mitt, Calymperes erosum Müll. Hal., Pilosium chlorophyllum (Hornsch.) Müll. Hal., Callicostella pallida (Hornsch.) Årgstr., and Trichosteleum papillosum (Honrsch.) A. Jaeger. It was observed a higher richness of species in the primary low land rainforest, confirming the preference of bryophytes for this ecosystem. Philonotis gracillima Ångstr. is mentioned as the first report to Pará State.
  • Mortality of woody species in a campo sujo after three prescribed annual fires

    Medeiros, Marcelo Brilhante de; Miranda, Heloísa Sinátora

    Abstract in Portuguese:

    O fogo é um dos principais agentes de modificação da estrutura e composição das comunidades vegetais em ecossistemas savânicos. Neste estudo, foram avaliados os efeitos do fogo sobre as taxas de mortalidade de indivíduos, mortalidade da parte aérea, considerando os indivíduos que apresentaram destruição do caule, com rebrotas basais e/ou subterrâneas, e número de caules destruídos dos indivíduos de plantas lenhosas, incluindo a soma dos indivíduos que sofreram mortalidade da parte aérea e os indivíduos mortos; estes últimos não apresentaram nenhum tipo de rebrota, sendo eliminados da área. Não foi considerado o recrutamento de indivíduos. Foram realizadas queimadas prescritas anuais, nos anos de 1998, 1999 e 2000, em campo sujo, na Reserva Ecológica do IBGE, Brasília, DF. Em área de 2.500 m², foram inventariadas todas as plantas do estrato arbustivo-arbóreo, com diâmetro igual ou superior a 2 cm a 30 cm do nível do solo. Os dados foram analisados com o teste chi2 (p<0,05). O inventário totalizou 39 espécies, com total de 636 indivíduos. As taxas de mortalidade para as queimadas anuais foram de 22,5, 7,9 e 11,5%, após as queimadas de 1998, 1999 e 2000, totalizando redução de cerca de 37% no número de indivíduos vivos. A mortalidade afetou principalmente os indivíduos de menor porte, entre 1 e 2 m alt. e entre 2 e 3 cm diâm. Após as três queimadas, os indivíduos mortos adicionados aos que sofreram morte da parte aérea representaram cerca de 73% do total.

    Abstract in English:

    Fire is one of the agents with most significant effect on the structure and composition of plant communities in savanna ecosystems. This study evaluated the effects of fire on the mortality rates of individual plants, individuals with aerial mortality and basal or underground sprouts (top kill), and the number of destroyed stems which include aerial mortality and dead individuals. The annual prescribed fires were performed in 1998, 1999 and 2000, in a campo sujo area at the Reserva Ecológica do IBGE (Brasília, DF, Brazil). In a 2,500 m² area all plants of woody layer with diameter equal or greater than 2 cm at 30 cm from soil level were surveyed. The data were evaluated with chi-square test (p<0,05). The survey counted 39 species and 636 individuals. The mortality rates for annual fires were 22.5% (1998), 7.9% (1999) and 11.5% (2000), reducing by 37% the number of live individuals in the area. Mortality impacted mainly the small individuals - height between 1 and 2 m high, and 2 and 3 cm diam. After the three burnings, the dead individuals and those with aerial mortality represented 73% of total individuals.
  • Floral and pollination biology of Arrabidaea conjugata (Vell.) Mart. (Bignoniaceae)

    Correia, Maria Célia Rodrigues; Pinheiro, Maria Célia B.; Lima, Heloísa Alves de

    Abstract in Portuguese:

    O trabalho aborda a biologia floral, a atividade forrageira dos visitantes florais (polinizadores e pilhadores), os eventos fenológicos e o sistema de reprodução de Arrabidaea conjugata (Vell.) Mart. (Bignoniaceae), em área de vegetação de restinga, município de Maricá, Rio de Janeiro, no período 1997 a 2000. A espécie estudada tem flores com antese diurna, lilases, tubulosas, hermafroditas, odoríferas e oferecem néctar como recurso floral. O néctar é secretado por um disco localizado na base do gineceu e é acumulado em câmara nectarífera. Os grãos de pólen são liberados gradativamente, prolongando-se a fase de doação de pólen. As abelhas Euglossa cordata Linnaeus, Centris analis Fabricius e C. tarsata Smith são os polinizadores da espécie. Destaca-se pilhagem primária de néctar, por abelhas, e secundária, por borboletas e beija-flor. A espécie é auto-incompatível, apresentando baixos índices de formação de frutos em condições naturais (Frutos/Flores = 12,2%). Foi registrado padrão de floração "cornucópia", entre os meses de dezembro a março (estação quente/chuvosa), com pico em janeiro. As sementes são anemocóricas e liberadas gradativamente na estação fria e seca.

    Abstract in English:

    This work deals with the floral biology, the foraging activities of floral visitors (pollinators and robbers), phenology and reproductive system of Arrabidaea conjugata (Vell.) Mart. (Bignoniaceae) in the "restinga" of Maricá, Rio de Janeiro, Brazil, from 1997 to 2000. The flowers display daytime anthesis and last only one day. These attractive pink flowers are tubular, hermaphroditic, odoriferous and produce nectar as the floral reward. The nectar is secreted by a nectariferous disk concealed within a chamber. The pollen grains are gradually released throughout anthesis, extending the pollen presentation phase. The bees Euglossa cordata Linnaeus, Centris analis Fabricius and C. tarsata Smith are the pollinator species. Primary and secondary nectar pilferage by several bees, butterflies and a hummingbird is found in A. conjugata. The species is self-incompatible and has low fruit set (Fruit/Flower = 12.2%). Flowering of A. conjugata lasts from December to March (hot, rainy season) with a peak in January. The seeds are anemocoric and dispersal peaks in the cold, dry season.
  • Novedades para la flora del Uruguay: nuevo registro de Agarista (Ericaceae)

    Grela, Iván A.; Brussa, Carlos A.

    Abstract in Portuguese:

    A presença de Agarista chlorantha (Cham.) G. Don (Ericaceae) é mencionada pela primeira vez para a flora do Uruguai. Essa espécie arbustiva vive exclusivamente no extremo nordeste do país (Departamento de Rivera), nos topos e nas encostas das elevações conhecidas como "cerros chatos", formados por arenitos de idade jurássica. Nesse ambiente também crescem de forma quase exclusiva Agarista eucalyptoides (Cham. & Schltdl.) D. Don, Ilex dumosa Reissek (Aquifoliaceae), Butia paraguayensis (Barb.-Rodr.) L.H. Bailey (Arecaceae) e Ocotea pulchella Mart. (Lauraceae), além de outras espécies arbóreas e arbustivas de distribuição mais ampla no país, em formações arbóreas abertas associadas a pastagens.

    Abstract in Spanish:

    Se reporta por primera vez la presencia de Agarista chlorantha (Cham.) G. Don (Ericaceae) para la flora del Uruguay. Esta especie arbustiva vive exclusivamente en el extremo noreste del país (Departamento de Rivera) en las cimas y laderas de las elevaciones conocidas como "cerros chatos" formados por areniscas de edad jurásica. En este ambiente también crecen en forma casi exclusiva Agarista eucalyptoides (Cham. & Schltdl.) D. Don, Ilex dumosa Reissek (Aquifoliaceae), Butia paraguayensis (Barb.-Rodr.) L.H. Bailey (Arecaceae) y Ocotea pulchella Mart. (Lauraceae), además de otras especies arbóreas y arbustivas de más amplia distribución en el país, en formaciones arbóreas abiertas asociadas a pastizales.
  • Two Speiropsis species (Anamorphic Fungi - Hyphomycetes) from Bahia State, Brazil

    Barbosa, Fabio Fernandes; Gusmão, Luís Fernando Pascholati

    Abstract in Portuguese:

    Durante o levantamento de microfungos associados a folhas em decomposição de plantas nativas do Estado da Bahia, duas espécies de Speiropsis foram encontradas: S. pedatospora Tubaki e S. scopiformis Kuthub. & Nawawi. São apresentadas descrições, ilustrações, comentários, distribuição geográfica e uma tabela comparativa das características taxonômicas das espécies de Speiropsis. S. pedatospora constitui primeira referência para o Brasil.

    Abstract in English:

    During a survey of the microfungi associated with dead leaves of native plants in the State of Bahia, two species of Speiropsis were found: S. pedatospora Tubaki and S. scopiformis Kuthub. & Nawawi. Descriptions, illustrations, comments, geographical distribution and a compared table with taxonomic characteristics of the Speiropsis species are present. S. pedatospora is the first record for Brazil.
  • Species richness of pteridophytes in a montane Atlantic rain forest plot of Southern Brazil

    Dittrich, Vinícius Antonio de Oliveira; Waechter, Jorge Luiz; Salino, Alexandre

    Abstract in Portuguese:

    Um inventário florístico de pteridófitas (samambaias e grupos aparentados) foi realizado em uma área de 1ha (100×100 m) no Parque Estadual Pico do Marumbi, município de Morretes, Estado do Paraná, Brasil. A área de estudo é coberta por Floresta Ombrófila Densa Montana e situase a aproximadamente 630 m de altitude. Todas as espécies e formas de vida de pteridófitas ocorrentes no interior da área foram registradas e a maioria foi coletada para determinação específica. No total, 81 espécies pertencentes a 17 famílias foram registradas. As famílias mais ricas foram Polypodiaceae (12 espécies), Hymenophyllaceae (11) e Lomariopsidaceae (11). Os gêneros mais ricos foram Asplenium (dez espécies), Elaphoglossum (dez) e Trichomanes (seis). A composição por forma de vida foi: epífitas (49 espécies), terrícolas (28), rupícolas (duas), epífitas/terrícolas/rupícolas (uma) e epífitas/rupícolas (uma). Nenhuma hemiepífita foi encontrada. As plantas terrícolas incluíram espécies herbáceas (22), arborescentes (quatro) e escandentes (duas). A riqueza da área pode ser considerada elevada quando comparada a outras áreas neotropicais.

    Abstract in English:

    A floristic survey of pteridophytes (ferns and fern allies) was carried out in a 1ha plot in the Pico do Marumbi State Park, Morretes, State of Paraná, Southern Brazil. The study area is covered with a closed ombrophilous forest (Brazilian Atlantic Forest) and lies approximately 630 m in elevation. All species and life-forms of pteridophytes growing in the plot were registered and most of them were collected for taxonomic identification. A total of 81 species, belonging to 17 families were registered. The richest were Polypodiaceae (12 species), Hymenophyllaceae (11) and Lomariopsidaceae (11). The richest genera were Asplenium (ten species), Elaphoglossum (10) and Trichomanes (six). Life-form composition was: epiphytes (49 species), terrestrials (28), lithophytes (two), epiphytes/terrestrials/lithophytes (one) and epiphytes/lithophytes (one). No hemiepiphytes were found. Terrestrials included herbaceous (22 species), arborescent (four) and climbing (two). Species richness of the plot can be considered as high when compared to other neotropical sites.
  • Nodulation, arbuscular mycorrhizal colonization and growth of some legumes native from Brazil

    Patreze, Camila M.; Cordeiro, Lázara

    Abstract in Portuguese:

    Foram examinados os efeitos da inoculação com rizóbio e micorriza, da fertilização com nitrogênio e fósforo na nodulação, na colonização micorrízica e no crescimento inicial das leguminosas arbóreas brasileiras Enterolobium contortisiliquum (Vell. Conc.) Morong, Inga laurina (Sw.) Willd., Lonchocarpus muehlbergianus Hassl e Platypodium elegans Vogel. O experimento foi conduzido em casa de vegetação usando sacos plásticos contendo uma mistura de solo arenoso de mata ciliar e vermiculita (2:1) fertilizados com nutriente basais incluindo NP, P e N inoculados ou não com rizóbio (r), micorriza (m) ou ambos (rm), totalizando sete tratamentos: NP, P, P+r, P+rm, N, N+m e N+rm, com dez repetições cada. As plantas foram analisadas aos 120 e 255 dias após o plantio. Tratamentos com deficiência de P afetaram negativamente o crescimento e nodulação de todas as espécies. Fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) autóctones colonizaram as raízes do hospedeiro e as inoculações com fungos não aumentaram a colonização micorrízica, a qual foi favorecida pelo nível de P adicionado. A nodulação foi relativamente alta em E. contortisiliquum e L. muehlbergianus, principalmente em tratamentos contendo P, inoculados com rizóbio (P+r). Plantas deste tratamento desenvolveram-se melhor que as outras e, apesar dos rizóbios inoculados não apresentarem relações sinergísticas com os FMAs inoculados, também apresentaram as melhores porcentagens de colonização micorrízica. Além disso, estas duas espécies apresentaram maiores taxas de redução de acetileno e maior conteúdo de leghemoglobina. Estes resultados sugerem que E. contortisiliquum e L. muehlbergianus podem ter vantagens para se estabelecer em solos com baixos níveis de nitrogênio.

    Abstract in English:

    The effects of rhizobial and mycorrhizal inoculation, nitrogen and phosphorus fertilization on nodulation, mycorrhizal colonization and initial growth were examined in Brazilian native plants, Enterolobium contortisiliquum (Vell. Conc.) Morong, Inga laurina (Sw.) Willd., Lonchocarpus muehlbergianus Hassl and Platypodium elegans Vogel. The experiment was carried out in a glasshouse using plastic bags filled with a mixture of sandy soil from riparian forest and vermiculite (2:1) amended with basal nutrients including NP, P and N and infected with rhizobia (r), mycorrhiza (m) or both (rm), amounting seven treatments: NP, P, P+r, P+rm, N, N+m and N+rm, with ten replications each. The plants were analyzed at 120 and 255 days after sowing. P deficiency negatively affected growth and nodulation of all species. Autochton arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) colonized host roots and fungal inoculations did not enhance mycorrhizal colonization, which was also favored by added P. Nodulation was relatively higher in E. contortisiliquum and L. muehlbergianus, mainly in treatments containing P, and with rhizobial inoculation (P+r). Plants from these treatments developed better than others and, despite the rhizobia inoculated had no synergistic relationship with inoculated AMF, they also showed the best percentages of mycorrhizal colonization. Moreover, these two species showed highest rates of acetylene reduction and highest leghemoglobin content. These results suggest that E. contortisiliquum and L. muehlbergianus can have advantages for establishment in soils with low nitrogen levels.
  • Phytossociological survey of the tree layer in an area of Atlantic Forest, in Área de Proteção Ambiental Serra da Capoeira Grande, Rio de Janeiro State, Brazil

    Peixoto, Gustavo Luna; Martins, Sebastião Venâncio; Silva, Alexandre Francisco da; Silva, Elias

    Abstract in Portuguese:

    A Área de Proteção Ambiental (APA) da Serra da Capoeira Grande (22º54'10"S e 43º12'27"W) tem área total de 80 ha e é um dos últimos remanescentes florestais com ocorrência natural de Caesalpinia echinata Lam. (pau-brasil) no município do Rio de Janeiro. A estrutura deste importante fragmento florestal foi estudada utilizando-se o método dos quadrantes. Foram alocados 200 pontos amostrais e o critério de inclusão foi de 15 cm de circunferência do tronco a 1,30 m acima do solo. Nos 200 pontos amostrados foram encontradas 44 espécies distribuídas em 36 gêneros e 22 famílias. As famílias que apresentaram maiores valores de importância (VI) foram Solanaceae (com 34,1% do VI), Leguminosae (Mimosoideae com 16,4%, Papilionoideae com 7,9% e Caesalpinioideae com 2,1%), Nyctaginaceae (13%), Anacardiaceae (6,5%) e Flacourtiaceae (6,1%). As espécies com maior número de indivíduos na área apresentaram também maior VI: Metternichia princeps Mik. (com 40,4% dos indivíduos e 33,7% do VI), Pseudopiptadenia contorta (DC.) G.P. Lewis & M.P. Lima (9,3 e 12,6%), Guapira hirsuta (Choisy) Lundell (7,5 e 7,8%), Astronium fraxinifolium Schott ex Spreng. (5,6 e 5,7%). Caesalpinia echinata Lam. apresentou 2,4% dos indivíduos amostrados e 2,1% do VI. A distribuição diamétrica da comunidade, assim como da maioria das principais populações, apresentou grande número de indivíduos nas menores classes, decrescendo gradualmente. Este fato reflete uma abundante regeneração da maioria das espécies amostradas.

    Abstract in English:

    The Área de Proteção Ambiental Serra da Capoeira Grande is a 80 ha site and one of the last forest remnants in Rio de Janeiro municipality where Caesalpinia echinata Lam. (brazilwood) occurs naturally. Trees were sampled according to the point-centered-quarter method. The inclusion criteria was PBH ³ 15 cm and a total of 200 points were surveyed. 44 species were identified, belonging to 36 genera and 22 botanical families The families with the higher importance value indices (VI) were Solanaceae (34.1%), Leguminosae (Mimosoideae with 16.4%, Papilionoideae with 7.9% and Caesalpinioideae with 2.1%), Nyctaginaceae (13.0%), Anacardiaceae (6.5%) and Flacourtiaceae (6.1%). The species with greater number of individuals were the same with higher VI. They are: Metternichia princeps Mik. with 40.4% of the individuals and 33.7% of the total VI, Pseudopiptadenia contorta G.P. Lewis & M.P. Lima (9.3 and 12.6%), Guapira hirsuta (Choisy) Lundell (7.5 and 7.8%), Astronium fraxinifolium Schott ex Spreng. (5.6 and 5.7%). Caesalpinia echinata Lam. followed with 2.4% of the individuals and 2.1% of the total VI. Trunk diameters of the individuals are concentred in the smallest classes diameter distribution of the most important species sampled indicate abundant regeneration.
  • Leaf anatomy of the Maytenus Mol. emend Mol. (Celastraceae) in Rio de Janeiro State, Brazil

    Joffily, Ana; Vieira, Ricardo Cardoso

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho aborda o estudo anatômico de cinco espécies do gênero Maytenus Mol. emend. Mol. (Celastraceae). O gênero é o maior da família, e está representado no Brasil por aproximadamente 80 espécies. Maytenus é um gênero polifilético, necessitando de trabalhos adicionais para nova circunscrição. Maytenus ardisiaefolia Reiss., M. brasiliensis Mart., M. cestrifolia Reiss., M. communis Reiss. e M. obtusifolia Mart. são de difícil identificação, devido à semelhança dos verticilos reprodutivos, e pela variação na forma e no tamanho das folhas. As estruturas anatômicas observadas nas diversas partes da folha mostraram-se muito semelhantes nas espécies estudadas, sendo de valor taxonômico e de provável importância filogenética para o gênero Maytenus. A organização da epiderme e estratos subepidérmicos em M. obtusifolia demonstrou ser caráter diagnóstico importante na comparação com M. ardisiaefolia, e a ocorrência de cristais aciculares nas células epidérmicas de M. communis e de M. ardisiaefolia, que as separam de M. cestrifolia, que não apresenta cristais, apontaram a anatomia como importante ferramenta a ser explorada nos estudos taxonômicos das demais espécies do gênero. A observação e descrição das verrugas suberosas na epiderme da lâmina foliar poderá contribuir para a taxonomia das Celastraceae.

    Abstract in English:

    This paper describes anatomical approaches to study the Genus Maytenus Mol. Emnd. Mol. (Celastraceae). The genus is the largest in the family Celastraceae, and in Brazil is represented by approximately 80 species. Maytenus is a polyphyletic genus and additional research is required to better understand its taxonomy. Maytenus ardisiaefolia Reiss., M. brasiliensis Mart., M. cestrifolia Reiss., M. communis Reiss. and M. obtusifolia Mart. are difficult to identify because of similarities in their reproductive structures and variations in the size and shape of their leaves. The anatomical structures observed within various parts of the leaves were similar in all the species studied and, as such, are of taxonomic and probably phylogenteic value for the genus Maytenus. The organisation of the epidermis and subepidermal layers in M. obtusifolia proved to be an important diagnostic character in comparison with M. ardisiaefolia. Similarly, the occurrence of acicular crystals in epidermal cells of M. communis and M. ardisiaefolia separates M. cestrifolia where crystals were not seen. These results highlight the role of anatomy as an important tool to be exploited in taxonomic studies of other species within the genus Maytenus. The observation and description of cork warts in the epidermis of the leaf blade could contribute to Celastraceae taxonomy.
  • Taxonomic synopsis of the family Lauraceae in the Rio de Janeiro State, Brazil

    Quinet, Alexandre

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho consiste de uma sinopse taxonômica dos gêneros da família Lauraceae no Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Constatou-se a ocorrência de cerca de 109 espécies distribuídas em 16 gêneros: Aniba Aubl., Aiouea Aubl., Beilschmiedia Nees, Cassytha L., Cinnamomum Schaeff., Cryptocarya R. Br., Endlicheria Nees, Licaria Aubl., Mezilaurus Kuntze ex Taub., Nectandra Rol. ex Rottb., Ocotea Aubl., Persea Mill., Phyllostemonodaphne Kosterm., Pleurothyrium Nees, Rhodostemonodaphne Rohwer & Kubitzki e Urbanodendron Mez. Foi elaborada uma chave para identificação dos gêneros, fornecidos descrições e comentários sobre cada um deles, com distribuição geográfica, número de espécies no Brasil e no Estado do Rio de Janeiro, como também é disponibilizada uma lista preliminar das espécies ocorrentes no Estado.

    Abstract in English:

    The present work consists of a taxonomic synopsis of the genera of the family Lauraceae in the Rio de Janeiro State, Brazil. It was verified the occurrence of about 109 species of 16 genera: Aniba Aubl., Aiouea Aubl., Beilschmiedia Nees, Cassytha L., Cinnamomum Schaeff., Cryptocarya R. Br., Endlicheria Nees, Licaria Aubl., Mezilaurus Kuntze ex Taub., Nectandra Rol. ex Rottb., Ocotea Aubl., Persea Mill., Phyllostemonodaphne Kosterm., Pleurothyrium Nees, Rhodostemonodaphne Rohwer & Kubitzki, Urbanodendron Mez. A key was elaborated for identification of genera, and also descriptions and comments on each one of them, with geographical distribution, number of species in Brazil and in the Rio de Janeiro State, and a preliminary list of the species that occur in the State.
  • Two new species of Leandra Raddi (Melastomataceae) from São Paulo State, Brazil

    Baumgratz, José Fernando A.; Souza, Maria Leonor D'El Rei

    Abstract in Portuguese:

    São descritas e ilustradas duas novas espécies de Leandra para a flora do Estado de São Paulo - L. truncata Baumgratz & D'El Rei Souza e L. mattosii Baumgratz & D'El Rei Souza, pertencentes à seção Oxymeris (DC.) Cogn. Para estas, comentam-se, também, as diferenças morfológicas em relação às espécies mais afins.

    Abstract in English:

    Two new species of Leandra from São Paulo are described and illustrated - L. truncata Baumgratz & D'El Rei Souza and L. mattosii Baumgratz & D'El Rei Souza. These species belong to the section Oxymeris (DC.) Cogn. and a comparison with related species is presented.
  • Fructan production in callus and in vitro cloned seedlings of Viguiera discolor Baker (Asteraceae)

    Itaya, Nair Massumi; Vaz, Ana Paula Artimonte; Kerbauy, Gilberto B.; Figueiredo-Ribeiro, Rita de Cássia L.

    Abstract in Portuguese:

    Viguiera discolor Baker é uma espécie nativa do cerrado, cuja sobrevivência está ameaçada pela invasão de espécies exóticas. Considerando sua elevada produção e a vasta aplicação de frutanos, o presente trabalho foi conduzido visando à obtenção in vitro dessa espécie e à prospecção desses carboidratos nessas condições. Sementes foram germinadas in vitro, em meio MS modificado, e após cinco semanas de incubação, nós caulinares foram isolados e incubados no mesmo meio adicionado de 0,5 mg L-1 de ANA, regenerando plantas uniformes, raízesnão espessadas, raízes tuberosas e estruturas semelhantes a calo (calo tipo1), formadas na região caulinar basal. Análise desse material evidenciou a presença de frutanos do tipo inulina nas raízes tuberosas e nos calos tipo 1. Na presença de 2,4-D obteve-se a formação de calos friáveis (calo tipo 2), nos quais também foram detectados frutanos e suas enzimas de síntese sacarose: sacarose 1-frutosiltransferase (SST) e frutano: frutano 1-frutosiltransferase (FFT). Embora em concentrações menores às observadas nas plantas cultivadas sob condições naturais, o material produzido in vitro apresentou frutanos do mesmo tipo e razão SST/FFT menor do que um. Em meio de cultura sem hormônios, foi verificada a regeneração de 50% de plantas a partir dos nós caulinares. A propagação de V. discolor in vitro pode viabilizar a multiplicação e a preservação da espécie, bem como a produção de frutanos nessas condições.

    Abstract in English:

    Viguiera discolor Baker is a herbaceous species, native to cerrado and its survival has been threatened by the invasion of exotic species. Considering its high production and the wide application of fructans, the present work has aimed to establish in vitro culture of this species and to investigate the presence of fructans under these conditions. Seeds were germinated in vitro on modified MS medium and after plant growth, stem nodes were isolated and incubated on the previous culture medium, supplemented with 0.5 mg L-1 NAA, which allowed the production of uniform plants, and formation of non thickened roots, tuberous roots and callus-like structures (callus type 1). Analysis of these materials showed the presence of inulin-type fructans. Incubation of stem nodes in the presence of 2,4-D induced growth of friable callus (callus type 2), in which fructans and their synthesis enzymes sucrose: sucrose 1-fructosyltransferase (SST) and fructan: fructan 1fructosyltransferase (FFT) were detected. Although in lower concentrations, the ratio SST/FFT activities and their fructans were similar to values found in plants cultivated under natural conditions. Stem nodes incubation on hormone-free medium resulted in regeneration of 50% plantlets. In vitro propagation, of V. discolor, may allow large-scale multiplication and conservation of this species, as well as fructan production under this condition.
  • Floristic survey of the macroalgae from Sepetiba bay and surrounding area, Rio de Janeiro State: starting point for the GloBallast Programme in Brazil

    Széchy, Maria Teresa Menezes de; Amado Filho, Gilberto Menezes; Cassano, Valéria; De-Paula, Joel Campos; Barreto, Maria Beatriz de Barros; Reis, Renata Perpétuo; Marins-Rosa, Bianca Veras; Moreira, Fátima Malheiro

    Abstract in Portuguese:

    O Porto de Sepetiba, Estado do Rio de Janeiro, foi escolhido, no Brasil, como área-piloto do projeto "Remoção de barreiras para a implementação efetiva do controle de água de lastro e medidas de gestão em países em desenvolvimento" (Programa GloBallast). Para possibilitar comparações, os seis países participantes do Programa GloBallast foram orientados a adotar a mesma metodologia para o levantamento preliminar da biota das áreas-pilotos valorizando a identificação em nível de espécie. O presente estudo teve como objetivo aplicar metodologia estabelecida pelo Centro para Pesquisa sobre Espécies Marinhas Introduzidas, da Austrália (Procedimento CRIMP), com algumas adaptações, no levantamento florístico das macroalgas de substratos consolidados naturais da área-piloto do Porto de Sepetiba. Coletas de macroalgas foram realizadas em novembro/2001, em nove locais da baía de Sepetiba e adjacências, desde a franja da região sublitorânea até cerca de -4 m de profundidade. Em cada local, seis quadrados de 0,1 m² de área foram raspados. O material foi depositado no Herbário do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (RB). Das 96 espécies identificadas (20 Chlorophyta, 16 Phaeophyta, 60 Rhodophyta), 12 não haviam sido citadas anteriormente para a área de estudo. Cladophora pellucidoidea C. Hoek, Coelothrix irregularis (Harv.) Boergesen e Acrochaetium savianum (Menegh.) Nägeli são ocorrências novas para o Estado. Não há indícios de que as novas ocorrências equivalem a espécies recentemente introduzidas por meio das atividades portuárias. O procedimento metodológico adotado mostrou-se eficiente, resultando em listagem de espécies comparável às de levantamentos florísticos com maior esforço amostral e complementando os dados pretéritos existentes para a baía de Sepetiba e adjacências. No entanto, ressalta-se a importância de uma reavaliação das escalas temporal e espacial da estratégia de amostragem, em estudos futuros. Recomenda-se a padronização metodológica para o levantamento florístico de áreas portuárias como a baía de Sepetiba, e de outras áreas do litoral brasileiro sujeitas à interferência do homem, tomando por base o procedimento CRIMP.

    Abstract in English:

    The Port of Sepetiba, State of Rio de Janeiro, was chosen as the Brazilian pilot area for the project "Global Ballast Water Management Programme" (GloBallast Programme). For comparative purposes, six countries were guided by the GloBallast Programme to follow the same methodology, emphasizing identification of organisms to the specific level during the preliminary biota survey. This study aimed to apply the methodology established by the Australian Centre for Research on Introduced Marine Pests (CRIMP procedures) for the floristic survey of macroalgae of natural hard substrate of the area of Port of Sepetiba. Macroalgal samplings were carried out in November 2001 at nine sites situated in Sepetiba Bay and adjacent area, from the sublittoral fringe to ca. - 4 m deep. At each site, six 0.1 m² quadrates were scraped. Specimens were sent to the Herbarium of the "Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro" (RB). Ninety six species were identified (20 Chlorophyta, 16 Phaeophyta, and 60 Rhodophyta); 12 species have not been cited to the study area by the preceding studies. Cladophora pellucidoidea C. Hoek, Coelothrix irregularis (Harv.) Boergesen, and Acrochaetium savianum (Menegh.) Nägeli are recorded for the first time to the state of Rio de Janeiro. There are no evidences to conclude that the new records correspond to recently introduced species through the port activities. The methodological procedures proved to be efficient because they produced a species list to be comparable to those of taxonomic surveys with higher sampling effort. They also enlarged the existing information about the phycological flora of Sepetiba Bay. Nevertheless, for future studies, we point out the importance of a re-evaluation of the temporal and spatial scales of the sampling strategy. We recommend the methodological standardization of floristic surveys for port areas such as Sepetiba Bay, as well as other Brazilian coastal areas subjected to human interferences, taking into account the CRIMP procedures.
  • Phythossociologic along a riparian forest at rio da Prata, Jardim, Mato Grosso do Sul State, Brazil

    Battilani, Joanice Lube; Scremin-Dias, Edna; Souza, Andréa Lúcia Teixeira de

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo teve como objetivos descrever a riqueza e a diversidade em espécies e analisar os aspectos fitossociológicos de um trecho da mata ciliar do rio da Prata, localizado na Fazenda Nossa Senhora Aparecida no município de Jardim, MS. Seis transectos de 150 m cada foram distribuídos aleatoriamente perpendiculares à margem do rio e subdivididos em 90 parcelas de 10 m×10 m. Em cada parcela foram amostrados todos os indivíduos com diâmetro à 1,30 m de altura do solo (DAP) > 3,18 cm, totalizando 661 indivíduos pertencentes a 33 famílias, 57 gêneros e 66 espécies. As famílias Meliaceae, Mimosaceae, Sapindaceae, Euphorbiaceae, Fabaceae, Myrtaceae e Rutaceae destacaramse pelo elevado número de espécies. Myrcianthes pungens (O. Berg) D. Legrand, Adelia membranifolia (Müll. Arg.) Chodat & Hassl., Dalbergia sp., Holocalyx balansae Micheli, Unonopsis lindmanii R.E. Fr., Guarea kunthiana A. Juss., Trichilia claussenii C. DC., Guarea guidonea (L.) Sleumer, Averrhoidium paraguaiense Radlk.e Astronium graveolens Jacq. foram as espécies de maior valor de importância. O índice de diversidade de Shannon (H') obtido foi 3,413 nats/indivíduo e a eqüabilidade (J') foi 0,815. A densidade e a área basal estimada foi 734,44 indivíduos/ha e 21,32 m²/ha respectivamente. Os resultados obtidos neste trabalho reforçam a necessidade de preservação da mata ciliar do rio da Prata e são de extrema importância para subsidiar projetos de manejo e recomposição nestas formações.

    Abstract in English:

    The present study describes species richness and diversity, and analyses phythossociologic aspects of a riparian forest at Rio da Prata, Jardim district, Mato Grosso do Sul State, Brazil. The phytosociological study was carried out on six 150 m transects perpendicular to the river subdivided in 90 quadrats (10 m×10 m). All trees and shrubs with a minimum of 3,18 cm diameter at breast height were recorded, totalizing 661 individuals of 33 families, 57 genera and 66 species. The families with high number of species are Meliaceae, Mimosaceae, Sapindaceae, Euphorbiaceae, Fabaceae, Myrtaceae and Rutaceae. The species with the highest importance values are Myrcianthes pungens (O. Berg) D. Legrand, Adelia membranifolia (Müll. Arg.) Chodat & Hassl., Dalbergia sp., Holocalyx balansae Micheli, Unonopsis lindmanii R.E. Fr., Guarea kunthiana A. Juss., Trichilia claussenii C. DC., Guarea guidonea (L.) Sleumer, Averrhoidium paraguaiense Radlk. and Astronium graveolens Jacq. The Shannon diversity index is H'=3,413 nats/individual and eqüability is J=0,815. The density and basal area are respectively 734,44 ind./ha and 21,32 m²/ha. The results obtained in this study reinforce the protection of belt of riparian vegetation in the Rio da Prata, and will support management and restoration projects in these ecosystems.
  • Spatial distribution of seeds and juveniles of Enterolobium glaziovii Bentham (Leguminosae, Mimosoideae) in the Atlantic forest, Brazil

    Ramos, Flavio Nunes; Matos, Dalva M. Silva; Santos, Flavio A.M.

    Abstract in Portuguese:

    Os padrões de distribuição espacial de frutos e juvenis de Enterobium glaziovii Bentham foram avaliados em quatro parcelas circulares de 30 m de raio, centralizadas em uma árvore reprodutiva para determinar se o tamanho das copas das plantas parentais, topografia e cobertura de dossel influenciam esses padrões. Cada copa foi subdividida em oito triângulos irregulares e suas áreas calculadas. Cada parcela foi subdividida em quatro sub-parcelas, sendo duas nos terrenos inclinados para cima e duas nos inclinados para baixo. A cobertura de dossel de cada parcela foi estimada tanto na altura do peito (1,30 m), quanto na altura do chão, a cada três meses em 1998. O número de frutos e juvenis de E. glaziovii foi quantificado. Apesar de ter havido mais frutos debaixo da copa da arvore parental (F1,12 = 0.01; p = 0,92), não houve diferenças no número de juvenis embaixo ou fora da copa da planta parental (F1,12 = 0,88; p = 0,36). Houve correlação positiva entre a área das copas e o número de frutos e juvenis embaixo delas (r = 0,62; df = 14; p < 0,05). A maioria dos frutos e juvenis foi encontrada nos terrenos inclinados para baixo. A cobertura de dossel foi menor na primavera, porém maior embaixo da copa das plantas reprodutivas (apenas na altura do peito). Esses resultados indicam que a copa das plantas parentais, topografia e cobertura de dossel influenciam o padrão de distribuição espacial e provavelmente também a dinâmica de sementes e juvenis de E. glaziovii.

    Abstract in English:

    The spatial distribution of fruits and juveniles of Enterolobium glaziovii Bentham were evaluated in four circular plots of 30 m radius, centered around reproductive individuals to determine whether the size of the parental crowns, topography, and canopy coverage influence these patterns. Each crown was subdivided into eight irregular triangles and the area of each was calculated. Each plot was subdivided into four sub-plots, two of them in an up-slope direction, and the other two in a down-slope direction. The canopy coverage for each plot was estimated at breast height (1.30 m) and at ground level, every three months during 1998. The numbers of fruits and juveniles of E. glaziovii were recorded. Although there were more fruit under the parental crown (F1,12 = 0.01; p = 0.92), there was no difference in the number of juveniles under and beyond the reproductive trees (F1,12 = 0.88; p = 0.36). There was a positive correlation between the areas of the crowns and the numbers of fruits and juveniles under them (r = 0.62; df = 14; p < 0.05). Most of the fruits and juveniles were found in the down-slope directions. The canopy coverage was lower in spring, but higher under parental crowns (only at breast height). These results indicate that the parental crown, topography and canopy coverage influenced the pattern of spatial distribution and probably also the dynamics of E. glaziovii seeds and juveniles.
  • Flora and structure of the tree and shrub vegetation of the caatinga at Seridó, Rio Grande do Norte State, Brazil

    Amorim, Isaac Lucena de; Sampaio, Everardo V.S.B.; Araújo, Elcida de Lima

    Abstract in Portuguese:

    Para testar a hipótese de que a vegetação do Seridó é aberta e de baixo porte, mesmo em local preservado, foi feito o levantamento fitossociológico de uma área na Estação Ecológica do Seridó, Serra Negra do Norte, RN, Brasil. Todas as plantas lenhosas com perímetro do caule a 1,30 m de altura do solo > 3 cm, em 100 parcelas de 10×10 m, foram contadas e tiveram alturas, perímetros do caule e diâmetros das copas medidos e biomassas aéreas estimadas. Foram encontradas 15 espécies, pertencendo a 15 gêneros e 10 famílias, com índice de diversidade de Shannon de 1,94. São números mais baixos que os da maioria de outras áreas de caatinga. Mimosoideae teve o maior número de espécies (três). Todas as variáveis da estrutura da comunidade, exceto densidade (3.250 planta ha-1) também tiveram valores menores (área basal 6,1 m² ha-1, altura máxima 9,5 m, diâmetro máximo 37 cm, área de copas 8.723 m² ha-1 e biomassa 25 mg ha-1) que os de outras áreas de caatinga. O pereiro, Aspidosperma pyrifolium Mart., foi a espécie dominante, com cerca de metade dos totais de densidade, áreas basais e de copas e biomassa. Confirma-se que a vegetação lenhosa do Seridó é aberta e de baixo porte, constituindo um tipo de fisionomia de caatinga distinto dos demais.

    Abstract in English:

    A phytosociological survey was conducted at one area belonging to the Seridó Ecological Station to test the hypothesis that the vegetation at the Seridó region is open and low. All woody plants with stem perimeter at breast height > 3 cm were counted, within 100 plots, 10×10 m, and each one had its height, stem perimeter, and crown projection diameters measured, and its aboveground biomass estimated. Fifteen species were found, belonging to 15 genera and 10 families, with a Shannon diversity index of 1,94 . These values are below those of most of caatinga places elsewhere. Mimosoideae was the family with most species (three). All structural variables, except density, (3,250 plant ha-1, basal area 6.1 m² ha-1, maximum height 9.5 m, maximum stem diameter 37 cm, total crown area 8,723 m² ha-1, biomass 25 mg ha-1) had lower values than caatinga elsewhere. Aspidosperma pyrifolium Mart. was the dominant species comprising about half of total density, basal and crown areas and biomass. The small size of plants and the openness of the vegetation is confirmed, indicating that Seridó has a physiognomic type distinct from other caatinga ones.
  • Phenology of Cedrela fissilis Vellozo (Meliaceae) in Itirapina, São Paulo State, Brazil

    Santos, Débora Leonardo dos; Takaki, Massanori

    Abstract in Portuguese:

    A fenologia de queda de folhas, brotação, floração e frutificação de Cedrela fissilis Vell. foi estudada de setembro/1999 a novembro/2001 na zona rural do Município de Itirapina, SP. Foram observados, a cada 14 dias, 10 indivíduos que apresentaram comportamento fenológico sazonal, com ocorrência seqüencial das fenofases, queda de folhas na estação seca, brotação seguida de floração no início da estação chuvosa, e frutificação longa, com a duração de 11 meses, dispersando as sementes aladas ao final da estação seca. O desfolhamento total durante os meses mais secos do ano caracterizou a espécie como decídua. A floração e frutificação ocorreram em ciclos supra anuais.

    Abstract in English:

    The study of phenology of leaf fall, flushing, flowering and fruiting was carried at from September /1999 to November/2001. Ten trees were systematically observed every at 14 days intervals. Leaf fall ocurred at the dry season and flushing and flowering at the beginning of rain season. The fruiting period was long, and dispertion at the end of dry season. Flowering and fruiting not showed an annual cycle, years which massive flowers and fruits was followed by non productive year.
  • Sporocarpic species of arbuscular mycorrhizal fungi (Glomeromycota), with a new report from Brazil

    Goto, Bruno Tomio; Maia, Leonor Costa

    Abstract in Portuguese:

    Os fungos micorrízicos arbusculares (FMA) são amplamente distribuídos nos ecossistemas terrestres; entretanto, espécies esporocárpicas são pouco documentadas em investigações sobre FMA. Cinco dessas espécies foram encontradas em remanescentes de Floresta Atlântica e em áreas cultivadas, no nordeste do Brasil: Glomus glomerulatum, G. sinuosum, G. coremioides, G. fuegianum e G. taiwanensis, sendo o último primeira ocorrência para o Brasil.

    Abstract in English:

    The arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) are widely distributed in terrestrial ecossystems; however the sporocarpic species are less documented on AMF surveys. Five of these species were found in natural areas of Atlantic Forest and in agricultural ecosystems of Northeast Brazil: Glomus glomerulatum, G. sinuosum, G. coremioides, G. fuegianum and G. taiwanensis, with the last one being registered for the first time in Brazilian soils.
  • Light and temperature effects on seed germination of Syngonanthus elegantulus Ruhland, S. elegans (Bong.) Ruhland and S. venustus Silveira (Eriocaulaceae)

    Oliveira, Patrícia Gonçalves; Garcia, Queila Souza

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da luz e da temperatura na germinação de sementes de Syngonanthus elegantulus Ruhland, S. elegans (Bong) Ruhland e S. venustus Silveira. Os experimentos foram realizados em câmaras de germinação sob luz e escuro contínuos nas temperaturas constantes de 15, 20, 25, 30, 35 e 40 ºC e alternadas de 25-15, 30-15, 35-15 e 3525 ºC. A germinabilidade foi baixa (36,5%), sob luz, em S. elegantulus na faixa de 15 a 30 ºC e elevada em S. elegans (75%) e S. venustus (67,5%), na faixa de 20 a 30 ºC. A temperatura de 40 ºC inibiu a germinação de todas as espécies. No escuro, não ocorreu germinação de sementes de S. elegantulus, enquanto S. elegans apresentou valores de percentagem de germinação muito baixos (11,5%), a 25 e 30 ºC e S. venustus (21%), na faixa de 20 a 35 ºC. Temperaturas alternadas favoreceram a germinação como a faixa de temperatura ótima determinada para cada espécie. As espécies são fotoblásticas positivas em ampla faixa de temperatura, indicando adaptação das mesmas a ambientes abertos, expostos ao sol.

    Abstract in English:

    The objective of this study was evaluate light and temperature effects on seed germination of the seeds of Syngonanthus elegantulus Ruhland, S. elegans (Bong) Ruhland and S. venustus Silveira. The experiments were carried out in germination chambers with continuous light or dark and constant temperatures of 15, 20, 25, 30, 35 and 40 ºC and alternated temperatures of 25-15, 30-15, 35-15 and 2535 ºC. The germination was low (36,5%), under light, in S. elegantulus in the range 15 to 30 ºC and high in S. elegans (75%) e S. venustus (67,5%) from 20 to 30 ºC. The temperature of 40 ºC inhibited germination of all species. In S. elegantulus no germination occurred in the darkness, while in S. elegans low germination percentage (11,5%) was observed at 25 and 30 ºC and in S. venustus (21%), in the range 20 to 35ºC. Alternated temperatures favored seed germination as well as the range of constant temperatures defined from species. The species are positive photoblastic in a wide range of temperature, indicating adaptation for opened environments, with sun exposure.
  • Floristic survey of components of shrub-tree riparian vegetation in the Taperoá river basin, Paraíba State, Brasil

    Lacerda, Alecksandra Vieira de; Nordi, Nivaldo; Barbosa, Francisca Maria; Watanabe, Takako

    Abstract in Portuguese:

    Considerando o papel relevante e o nível de degradação presente nas áreas ciliares, a pesquisa objetivou estudar a composição florística do componente arbustivo-arbóreo da vegetação ciliar em diferentes ambientes hídricos do semi-árido paraibano na bacia do rio Taperoá. O levantamento florístico foi realizado no período de junho/2002 a fevereiro/2003 e abrangeu nove pontos distribuídos ao longo de rios, riachos, lagoa e açude. A definição das atividades apoiou-se em análise de cartas e mapas da vegetação em escala de 1:100.000 e caminhadas aleatórias que permitiram a realização de coleta de material vegetal, utilizado para identificação por meio de consultas a especialistas e de morfologia comparada, usando bibliografia especializada e análise das exsicatas depositadas no herbário Lauro Pires Xavier - JPB (UFPB, João Pessoa, PB). A vegetação arbustivo-arbórea da mata ciliar nos nove pontos amostrados foi representada por 43 espécies, das quais 41 são pertencentes a 19 famílias, e duas espécies permaneceram indeterminadas. As famílias que apresentaram o maior número de espécies foram Mimosaceae (sete), Caesalpiniaceae (cinco) e Euphorbiaceae (cinco). Os resultados da análise de agrupamento indicaram que as áreas ciliares apresentaram certa particularização em termos de composição florística, o que se refletiu nos baixos índices de similaridades entre o conjunto de áreas amostradas.

    Abstract in English:

    Considering the relevant role and the current level of degradation of riparian areas, this work aimed to study the floristic composition of shrub-tree riparian vegetation at different hydric environments in the Taperoá river basin, in the semi-arid region of the Paraíba State, Northeast Brazil. The survey was performed from June 2002 to February 2003. Nine sampling sites were distributed along rivers and streams, and around lagoon, and dam. The definition of activities was based on the analysis of charts and vegetation maps drawn to the scale 1:100,000 and through walks carried out at random for collecting plant material. The plants were identified by comparing their morphology to the collection housed at the Herbarium Lauro Pires Xavier (Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB), and by consultation to the specialized bibliography and to botanical experts. The shrub-tree riparian vegetation from the nine sampling sites was represented by 43 plant species, from which 41 belong to 19 families and two species were not determined. The families with the largest number of species were: Mimosaceae (seven), Caesalpiniaceae (five), and Euphorbiaceae (five). The cluster analysis showed that the riparian areas had a particular distinguishing feature with respect to floristic composition, as indicated by the low similarity index estimated among the sampled areas.
  • Phytosociological, floristic, and ethnobotanical aspects of the palms (Arecaceae) in a secondary forest in the Municipality of Bragança, Pará State, Brazil

    Rocha, Antônio Elielson Sousa da; Silva, Manoela Ferreira Fernandes da

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho teve como objetivo realizar um levantamento das palmeiras em seis fragmentos de floresta secundária, no município de Bragança, PA, Brasil. Registraram-se 14 espécies distribuídas em nove gêneros, com predominância para Maximiliana maripa (Aubl.) Drude e Astrocaryum gynacanthum Mart. São apresentados chave de identificação, descrições, ilustrações, citações de material examinado, e de nomes populares, comentários taxonômicos e etnobotânicos dessas espécies.

    Abstract in English:

    The purpose of this study was to conduct a floristic inventory of the palms in six fragments of secondary forest in the Municipality of Bragança, Pará State, Brazil. In this study 14 species (nine genera) were identified. Maximiliana maripa (Aubl.) Drude and Astrocaryum gynacanthum Mart. were the dominant species. We present ethnobotanical data, identification keys, descriptions, illustrations, specimens examined, common names, and general comments about the species.
Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF - Alta Floresta - MT - Brazil
E-mail: acta@botanica.org.br