Acta Botanica Brasilica, Volume: 26, Issue: 4, Published: 2012
  • George Eiten - 1923 - 2012

    Gomes, Sueli Maria; Walter, Bruno Machado Teles; Franco, Augusto César
  • Reproductive system and genetic diversity of four species of Myrciaria (Myrtaceae, jabuticabeiras) Artigos

    Vilela, Regina Célia Freitas; Assis, José Geraldo de Aquino; Nóbrega Filho, Lamartine; Viana, Blandina Felipe

    Abstract in Portuguese:

    A jabuticabeira é uma planta nativa da América do Sul e tem sofrido grande erosão genética devido à expansão da agricultura e desmatamento. Neste trabalho buscou-se investigar: a) o sistema reprodutivo de quatro espécies de Myrciaria spp. (Myrciaria cauliflora, M. jaboticaba, M. coronata e M. trunciflora); b) a compatibilidade de cruzamentos, utilizando tratamentos de polinização cruzada interespecíficos entre M. trunciflora x M. cauliflora e M. jaboticaba x M. coronata visando identificação de possíveis mecanismos de isolamento reprodutivos pós-zigóticos e c) relacionar a distância genética destas espécies e outros 14 táxons conservados ex situ, através de marcadores moleculares tipo RAPD. Os tratamentos reprodutivos mostraram que as jabuticabeiras são espécies autocompatíveis e não se observa apomixia. Os cruzamentos bidirecionais de polinização entre M. trunciflora x M. cauliflora e entre M. jaboticaba x M. coronata, produziram taxa de obtenção de frutos de 22 a 27% cujas sementes produziram plântulas normais evidenciando a falta de barreiras genéticas entre as espécies testadas, além de frutos abortados precocemente. Esta compatibilidade de intercruzamentos pode ser explorada no melhoramento genético, visando a transferência de caracteres de interesse em genótipos agronomicamente superiores. Foi encontrada pouca diferenciação genética entre os diferentes táxons, sugerindo que a similaridade genética observada não é compatível com a similaridade morfológica e os principais caracteres de valor taxonômico são polimórficos dentro do gênero.

    Abstract in English:

    The jabuticaba tree is a native plant from South America and has undergone genetic erosion due to agricultural expansion and deforestation. The present study aimed to investigate: a) the reproductive system of four species of Myrciaria spp. (Myrciaria cauliflora, M. jaboticaba, M. coronata and M. trunciflora); b) the compatibility of cross breeding using interspecific cross-pollination treatments between M. trunciflora x M. cauliflora and M. jaboticaba x M. coronata in order to identify possible postzygotic reproductive isolation mechanisms, and c) relate the genetic distance of these species and 14 other taxa preserved ex situ, by RAPD molecular markers. The reproductive treatments showed that jaboticaba are self-compatible species and no apomixis was found in these species. The bi-directional cross-pollinations between M. trunciflora x M. cauliflora, and between M. jaboticaba x M. coronata, generated fruit production that ranged from 22 to 27%, and their seeds produced healthy plants, demonstrating the lack of genetic barriers between these species, as well as immature fruit dropping. Such compatibility of interbreeding can be explored in genetic improvements aimed at the transfer of traits of interest in agronomically superior genotypes. A low degree of genetic differentiation was found among the different taxa, suggesting that the genetic similarity observed is not compatible with the morphological similarity and the main taxonomic characters are polymorphic within the genus.
  • Diversity of plant knowledge in a "Caiçara" community from the Brazilian Atlantic Forest coast Articles

    Brito, Mariana Reis de; Senna-Valle, Luci de

    Abstract in Portuguese:

    Há um número crescente de publicações sobre populações Caiçaras, o que revela o interesse dos pesquisadores sobre esses grupos. Este estudo teve como objetivo investigar a flora utilizada pelos especialistas da comunidade Caiçara da Praia do Sono, registrando a forma de uso desses táxons e procurando perceber os sistemas tradicionais de manejo que visam conservar os ecossistemas naturais. Doze informantes foram selecionados e entrevistados. A análise de agrupamento realizada juntamente com o teste qui-quadrado evidenciaram que o conhecimento etnobotânico mostra-se heterogeneamente distribuído, ao se considerar o gênero dos entrevistados. 190 táxons foram indicados e encontram-se ordenados em 9 categorias de usos. O índice de Shannon-Wiener (H') obtido neste estudo foi o segundo mais alto quando comparado com o das demais comunidades costeiras do Brasil. Este trabalho constatou que os informantes da Praia do Sono preservam um amplo conhecimento sobre os recursos vegetais que os cercam e com os quais mantêm grande intimidade. Este conhecimento não é só importante, mas fundamental nas discussões sobre a aplicação de usos sustentáveis e estratégias de conservação para esta área.

    Abstract in English:

    The number of publications about the Caiçaras population is growing, which shows that researchers are interested in these natives. This study aimed to survey the flora used by local specialists of the Praia do Sono Caiçara community, and recorded how these taxa were used, with the goal of understanding traditional management systems that help to conserve natural ecosystems. Twelve informants were selected and interviewed. The applied grouping analysis, together with the chi-squared test, underlined that the analysed ethnobotanical knowledge showed a heterogeneous distribution in relation to the gender of the interviewee. A total of 190 taxa were cited and were classified into nine usage categories. The Shannon-Wiener index (H') value obtained in this study was the second highest in comparison to other Brazilian coastal communities. This work showed that the local specialists of this Caiçara community maintain a wide knowledge of, and affinity to, the plant resources that surround them. This knowledge is not only important, but fundamental to discussions about the application of sustainable use and management strategies for this area of conservation value.
  • Vertical distribution of biotic pollination systems in cerrado sensu stricto in the Triângulo Mineiro, MG, Brazil Artigos

    Silva, Cláudia Inês da; Araújo, Glein; Oliveira, Paulo Eugênio Alves Macedo de

    Abstract in Portuguese:

    Alguns fatores podem influenciar a distribuição dos recursos florais e sistemas de polinização bióticos nos ecossistemas, como por exemplo, o clima, a altitude, a região geográfica, fragmentação de áreas naturais e as diferenças na composição florística na estratificação vertical. Este estudo teve por objetivo avaliar a distribuição dos sistemas de polinização bióticos na estratificação vertical em fragmentos de cerrado sentido restrito no Triângulo Mineiro. Não houve diferença significativa (χ²0,05,9 =14,17; p = 0,12) na riqueza florística geral entre os fragmentos, nem quando comparada em separado para cada estrato (arbóreo, arbustivo, herbáceo e liana), estando o estrato arbustivo mais bem representado. Da mesma forma, não houve diferenças significativas entre fragmentos quanto aos sistemas de polinização (χ²0,05,21 =13,80; p = 0,8778), sendo a polinização por abelhas mais comum, correspondendo ao menos 85% das espécies de plantas em cada fragmento. Em termos relativos, as plantas polinizadas por abelhas foram dominantes em todos os estratos, chegando a 100% das lianas e herbáceas em alguns fragmentos. Neste estudo, com base na composição florística e distribuição dos sistemas de polinização na estratificação vertical, podemos caracterizar um mosaico vertical no cerrado sentido restrito, que tem implicações na sustentabilidade das comunidades no cerrado, assim como os mosaicos horizontais de fitofisionomias.

    Abstract in English:

    Several factors can influence the distribution of floral resources and pollination systems in ecosystems, such as climate, altitude, geographic region, fragmentation of natural areas and differences in floristic composition along the vertical stratification. This study aimed to evaluate the distribution of the vertical stratification of biotic pollination systems in cerrado (sensu stricto) fragments in the Triângulo Mineiro. There was no significant difference (χ²0.05,9=14.17; P = 0.12) in total plant species richness among fragments, nor in the species richness of each layer (trees, shrubs, herbs and lianas) and the shrub layer was the best represented. Likewise, there was no significant difference between fragments for the systems of pollination (χ²0.05,21 =13.80; P = 0.8778). Pollination by bees was the most common, corresponding to 85% of species in each fragment. In relative terms, plants pollinated by bees were dominant in all strata, reaching 100% for the lianas in fragments 1, 3 and 4 and for the herbs in fragments 1 and 4. In this study, based on floristic composition and distribution of biotic pollination systems in the vertical stratification, we could define a vertical mosaic in the cerrado studied, which has implications for the sustainability of communities in the cerrado, as well as the horizontal mosaic of vegetation types.
  • Conidial Fungi on Euterpe oleracea Mart. on Combu Island, Pará, Brazil Artigos

    Castro, Carla Corrêa de; Gutiérrez, Antonio Hernández; Sotão, Helen Maria Pontes

    Abstract in Portuguese:

    O trabalho teve como objetivo investigar a ocorrência de fungos conidiais (hyphomycetes) associados à decomposição de material vegetal morto de Euterpe oleracea Mart. (açaizeiro) na Área de Proteção Ambiental da ilha do Combu, município de Belém, Pará. Entre agosto de 2008 e abril de 2009, foram coletadas partes em decomposição de palmeiras de E. oleracea e mantidas em câmara-úmida durante sete dias. As estruturas reprodutivas dos fungos foram retiradas e montadas em lâminas semipermanentes para o estudo morfológico em microscopia óptica. O presente trabalho contém descrições, comentários, distribuição geográfica e ilustrações dos novos registros para o Brasil. Como resultados deste estudo foram identificados 45 táxons de hifomicetos. Todos são novos registros para a área de estudo, destes 11 representam novos registro para o Brasil e 12 para a Amazônia brasileira.

    Abstract in English:

    The objective of this study was look for conidial fungi (hyphomycetes) associated with decomposing, dead vegetative material of Euterpe oleracea Mart. collected on Combu Island (Belém, Pará), an environmentally protected area. From August 2008 to April 2009, decomposing parts of E. oleracea were collected and kept in a moist chamber for seven days. Somatic and reproductive fungal structures were extracted from the substrate and mounted on semi-permanent slides for morphological study using optical microscopy. This paper includes descriptions, comments, geographical distributions and illustrations of new records for Brazil. All these records are new for the study area, 11 are new records for Brazil, and 12 are new for the Brazilian Amazon.
  • The effect of temperature and light on Luetzelburgia auriculata (Alemão) Ducke seed germination Artigos

    Nogueira, Francisco Carlos Barboza; Silva, José Wêndney Lima e; Bezerra, Antônio Marcos Esmeraldo; Medeiros Filho, Sebastião

    Abstract in Portuguese:

    Luetzelburgia auriculata (Alemão) Ducke é uma espécie arbórea nativa do Brasil, pertencente à família das Fabaceae, importante pela utilidade econômica de sua madeira na construção civil, marcenaria e produção de lenha e carvão. O experimento foi conduzido em laboratório para avaliar o processo germinativo de suas sementes, na ausência e presença de luz, submetido às temperaturas constantes de 20, 25, 30, 35, 40 °C e alternada de 20-40 °C, sob fotoperíodo de 12 horas e escuro contínuo. As variáveis avaliadas foram porcentagem, velocidade e tempo médio de germinação. As sementes germinaram na presença e na ausência de luz, com as maiores médias alcançadas em 20-40 °C, 20 °C, 25 °C, 30 °C e 35 °C e as menores em 40 °C. Suas sementes são indiferentes à luz. A faixa ótima de temperatura entre 25 a 30 °C possibilitou alta germinabilidade e menor tempo médio de germinação.

    Abstract in English:

    Luetzelburgia auriculata (Alemão) Ducke is a native tree species in Brazil with wood that is economically important in construction, carpentry and production of firewood and charcoal. A laboratory experiment was carried out to analyze seed germination of L. auriculata in the presence and absence of light, as well as constant temperatures of 20, 25, 30, 35, 40 °C and alternating temperatures of 20-45 °C, all under a photoperiod of 12 hours and continuous darkness. The variables evaluated were: percentage, speed and medium time of germination. The seeds germinated in the presence and absence of light, the highest percentages of germination were at 20-40, 20, 25, 30 and 35 °C and the lowest at 40 °C. The seeds were indifferent to light. The optimum temperature range was between 25 and 30 °C, which promoted a high germination rate and a lower average germination time.
  • Allelopathic potential of Gleichenella pectinata (Willd.) Ching on weed plant species Articles

    Voltarelli, Valquiria Marin; Ribeiro, Jose Pedro Nepomuceno; Lima, Maria Inês Salgueiro

    Abstract in Portuguese:

    Com o objetivo de determinar o potencial alelopático de Gleichenella pectinata sobre três espécies de plantas infestantes de culturas (Echinochloa crus-galli (L.) Beauv (Poaceae), Ipomoea grandifolia (Dammer) O'Donell (Convolvulaceae) e Euphorbia heterophylla L. (Euphorbiaceae)) foram realizados experimentos em laboratório. O delineamento experimental foi totalmente casualizado, com seis tratamentos e cinco réplicas. As respostas das plantas alvo foram analisadas individualmente (porcentagem e tempo de germinação das sementes e crescimento inicial das plântulas) ou combinadas, através do Índice do efeito Global. Os extratos tiveram pouco efeito sobre a porcentagem e tempo de germinação das sementes, mas inibiram significativamente o tamanho das plântulas. A análise combinada dos parâmetros revelou uma inibição provocada por quase todos os tratamentos. Essa análise evidenciou também efeitos distintos entre os extratos de frondes férteis e frondes estéreis.

    Abstract in English:

    The goal of this paper was to determine the allelopathic potential of Gleichenella pectinata on three weed species (Echinochloa crus-galli (L.) Beauv (Poaceae), Ipomoea grandifolia (Dammer) O'Donell (Convolvulaceae) and Euphorbia heterophylla L. (Euphorbiaceae)). The experimental design was entirely randomized, with six replicates. The target plant responses were analyzed individually (percentage and average time of germination of the seeds and initial growth of seedlings) or combined, using the Global Effect Index. The extracts had a low effect on the percentage and average time of seed germination, but inhibited the seedling growth. The combined analysis revealed that almost all treatments caused inhibition. This analysis also showed the differences between the two phenological stages.
  • The bryophytes of Trindade Island, South Atlantic, Brazil Articles

    Faria, Allan Laid Alkimim; Carvalho-Silva, Micheline; Costa, Denise Pinheiro da; Câmara, Paulo Eduardo Aguiar Saraiva

    Abstract in Portuguese:

    Trindade é uma ilha oceânica brasileira localizada a 1.200 km a oeste da costa do Brasil entre as coordenadas 20º 31' 30" S e 29º 19' 30'' W. A ilha emergiu da zona abissal cerca de 3 milhões de anos, com altitude máxima de 620 m e uma área de 9,28 km². Sua flora fanerógama é relativamente conhecida, sendo praticamente não tendo dados sobre a flora de briófitas. Foram realizadas quatro expedições entre os anos de 2010 e 2011 e cerca de 431 espécimes coletados. O resultado mostrou 32 espécies de briófitas, das quais 20 são hepáticas distribuídas em seis famílias, com 11 espécies de Lejeuneaceae e quatro de Frullaniaceae. Na divisão dos musgos foi representado com 11 espécies distribuídos em oito famílias sendo a mais diversificadas com duas espécies: Fissidentaceae, Leocobryaceae e Pottiaceae. Na divisão dos antóceros apenas uma espécie foi encontrada. Foram fornecidos chaves de identificação, discussão de cada espécie. A flora da Trindade provavelmente se originou do ameaçado bioma Mata Atlântica com implicações para sua conservação.

    Abstract in English:

    Trindade is a Brazilian oceanic island located about 1,200 Km east of the Brazilian coast (between 20º 31' 30" S, 29º 19' 30'' W). The island originated from the abissal zone about 3 million years ago, has a maximum altitude of 620 meters and an area of 9.28 Km². Even though the fanerogamic flora is known, there were virtually no data on the bryophyte flora. Four expeditions to the island were carried out during two years and approximately 431 specimens collected. This work presents the Bryoflora of this island, which comprises 32 species, including 20 species of liverworts distributed among six families; the most speciose being Lejeuneaceae with 11 species and Frullaniaceae with four. There are also 11 species of mosses distributed among eight families, the most diverse being Fissidentaceae, Leocobryaceae and Pottiaceae with two species each. Only one species of hornworts was found. The bryophyte flora of Trindade most likely originated from the threatened Atlantic Forest of southeastern Brazil and, therefore, has conservation implications. Keys and comments are provided.
  • The use and diversity of medicinal plants in a quilombola community in Raso da Catarina, Bahia Artigos

    Gomes, Thiago Bezerra; Bandeira, Fábio Pedro Souza de Ferreira

    Abstract in Portuguese:

    A contribuição dos povos afrodescendentes é de extrema importância para a formação da cultura brasileira. Esses povos são em parte representados pelas comunidades remanescentes de quilombos, que mantém costumes e conhecimentos sobre utilização e manejo dos recursos vegetais. Esta pesquisa teve como objetivos inventariar as plantas medicinais utilizadas bem como medir a saliência cultural das mesmas, na comunidade Casinhas, município de Jeremoabo, estado da Bahia, localizada numa região de Caatinga. Para coleta dos dados foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com sete pessoas reconhecidas pela comunidade como os maiores detentores do conhecimento sobre plantas. Os resultados indicam que 87 espécies são utilizadas na medicina tradicional local, merecendo destaque Poincianella pyramidalis (catingueira), que apresentou maior freqüência de citação e maior valor de saliência. O sistema digestório teve o maior número de indicações de plantas relacionadas às suas afecções (21 espécies); as folhas (36%) e as cascas (30%) foram as partes mais citadas nas indicações terapêuticas; o chá foi a forma de uso mais indicada (49%). A comunidade estudada depende diretamente dos recursos vegetais para suas práticas de cura. Os resultados dessa pesquisa podem servir como base para bioprospecção bem como subsídio para seleção de espécies da caatinga prioritárias para estudos posteriores de ecologia de populações, visando o seu uso e manejo sustentável.

    Abstract in English:

    Contributions from Afro-descendant peoples have been hugely important in the formation of Brazilian culture. These peoples are partly represented by remnant quilombo communities, which maintain their habits and knowledge about the use and management of plant resources. This research aimed to inventory the medicinal plants used, and to measure the cultural salience of these plants in the Casinhas community of the Jeremoabo municipality, in the state of Bahia (which is situated in a caatinga region). For data collection, we conducted semi-structured interviews with seven people recognized by the community as having the most knowledge about plants. The results indicate that 87 species are used in traditional local medicine, with an emphasis on Poincianella pyramidalis (catingueira), which had the greatest citation frequency and the greatest salience. Diseases of the digestive system had the most plant indications (21 species), leaves (36%) and bark (30%) were the plant parts most often cited for therapeutic use, and tea was the most frequently indicated mode of use (49%). The studied community depends directly on plant resources for their curing practices. The results of this research may serve as a basis for bioprospecting and may also be of benefit in the selection of priority caatinga species for future studies about the ecology of populations, aimed at their sustainable use and management.
  • Variação sazonal e sucessional da comunidade de algas perifíticas em substrato natural em um reservatório mesotrófico tropical Artigos

    Pellegrini, Barbara Golebski; Ferragut, Carla

    Abstract in Portuguese:

    A colonização e sucessão da comunidade de algas perifíticas em substrato natural (Nymphaea spp.) foi avaliada em um reservatório raso (Lago das Ninféias, PEFI, SP). O estudo avaliou as fontes de variabilidade da estrutura da comunidade perifítica em dois períodos climáticos, contribuindo para o maior entendimento da dinâmica da comunidade em região tropical. A amostragem das variáveis abióticas e bióticas foi realizada a cada três dias até o 12º dia e cada cinco dias até completar 30 dias no período seco e chuvoso. Os pecíolos de Nymphaea spp. foram aleatoriamente selecionados e limpos. A estrutura do perifíton foi analisada através da clorofila-a, densidade de espécies algais, biovolume, riqueza e diversidade de espécies. O período chuvoso caracterizou-se pelos maiores valores de temperatura e disponibilidade de nutrientes e o período seco pela maior disponibilidade de luz. Os maiores valores de biomassa, densidade e biovolume algal foram observados no período seco. Fases e trajetórias sucessionais distintas foram identificadas em cada período climático. As condições limnológicas mudaram sazonalmente no interior dos bancos de macrófitas e, consequentemente, influenciaram a estrutura da comunidade de algas perifíticas. Concluiu-se que a estrutura da comunidade de algas perifíticas foi sensível às alterações autogênicas (sucessão), mas a escala sazonal foi a principal fonte de variabilidade da estrutura da comunidade.

    Abstract in English:

    Colonization and succession of a periphytic algal community on a natural substrate (Nymphaea spp.) was evaluated in a shallow reservoir (Lago das Ninféias, PEFI, SP). This study aimed to evaluate the environmental factors responsible for the structural variability of a periphytic algal community. Samplings of abiotic and biological variables were carried out every three days up to the 15th day, and later at five days intervals for 30 days in the dry (4/07 to 08/03/2007) and rainy (9/01 to 02/08/2008) seasons. The petioles of Nymphaea spp. were randomly selected and cleaned. Periphytic algal structure was analyzed by measuring chlorophyll-a, algal density, biovolume, species richness and diversity. The rainy season was characterized by high temperature and nutrient availability and the dry season had the highest light availability. Periphyton biomass, algal density and biovolume were higher in the dry season than in rainy season. Different successional phases and trajectories were identified in each climatic period. Limnological conditions inside macrophyte stands changed seasonally, and consequently influenced the periphytic algal structure. The final conclusion is that the periphytic algae structure was sensitive to autogenic changes (succession), but the seasonal scale was the main source of variability in community structure.
  • Cyclanthaceae in Pará State, Brazil Artigos

    Leal, Eduardo da Silva; Forzza, Rafaela Campostrini

    Abstract in Portuguese:

    Cyclanthaceae apresenta distribuição exclusiva na região neotropical sendo bem diversificada nas terras baixas das florestas pluviais tropicais, ocorrendo do sul do México até a Mata Atlântica do sul do Brasil. Consistem de ervas terrestres, epífitas, hemiepífitas ou lianas. O tratamento taxonômico de Cyclanthaceae no Pará foi baseado em coleções de herbário, trabalhos de campo e consulta a bibliografia referente à família. Foram registradas 11 espécies: Asplundia altiscandens E.S. Leal, A. fanshawei (Maguire) Harling, A. glandulosa (Gleason) Harling, A. heteranthera Harling, A. latifrons (Drude) Harling, A. schizotepala Harling, A. xiphophylla Harling, Cyclanthus bipartitus Poit. ex A. Rich., Evodianthus funifer (Poit.) Lindm., Ludovia lancifolia Brongn. e Thoracocarpus bissectus (Vell.) Harling. São apresentadas chave de identificação, descrições e ilustrações das espécies, além de comentários sobre distribuição geográfica, hábitat e período de floração e frutificação.

    Abstract in English:

    Cyclanthaceae is a family with a distribution exclusively in the Neotropics and is well diversified in lowland rainforests, occurring from southern Mexico to the Atlantic Forest of southern Brazil. The family consists of terrestrial herbs, epiphytes, hemiepiphytes and lianas. This taxonomic treatment of the Cyclanthaceae from the state of Pará was based on herbarium specimens, fieldwork, and the literature. Eleven species were recorded: Asplundia altiscandens E.S. Leal, A. fanshawei (Maguire) Harling, A. glandulosa (Gleason) Harling, A. heteranthera Harling, A. latifrons (Drude) Harling, A. schizotepala Harling, A. xiphophylla Harling, Cyclanthus bipartitus Poit. ex A. Rich., Evodianthus funifer (Poit.) Lindm., Ludovia lancifolia Brongn. and Thoracocarpus bissectus (Vell.) Harling. An identification key, descriptions and illustrations of species are presented. Additional information on the geographic distribution, habitat, and flowering and fruiting periods are also provided.
  • Morphology and distribution of two epizoic diatoms (Bacillariophyta) in Brazil Articles

    Fernandes, Luciano Felício; Calixto-Feres, Mariana

    Abstract in Portuguese:

    As diatomáceas epizóicas em copépodos Pseudohimantidium pacificum e Falcula hyalina foram investigadas em microscopias óptica e eletrônica de varredura, com base em amostras coletadas em diferentes ambientes marinhos da costa brasileira. Pseudohimantidium pacificum é reportada pela primeira vez no Oceano Atlântico Sul Ocidental, ampliando significativamente sua faixa de distribuição geográfica. A espécie ocorreu sobre os copépodos Corycaeus amazonicus e Euterpina acutifrons, e em larvas cypris de Cirripedia. Falcula hyalina utilizou um número maior de hospedeiros, particularmente os copépodos Oithona oswaldocruzii, Pseudodiaptomus richardii e Acartia spp. A morfologia e dados biométricos das valvas de ambas as diatomáceas estiveram dentro dos limites registrados na literatura, incluindo as publicações originais. As duas espécies ocorreram em todas as estações de coleta ao longo da região costeira entre as latitudes 12°S e 28°S. F. hyalina havia sido registrada anteriormente no Oceano Atlântico Sul Ocidental na latitude 31°S.

    Abstract in English:

    The epizoic diatoms Pseudohimantidium pacificum and Falcula hyalina, which live on copepods, were investigated using light and electron microscopes, based on material gathered from different marine environments along the Brazilian coast. Pseudohimantidium pacificum is reported for the first time for the Southwestern Atlantic Ocean, significantly enlarging its range of geographic distribution. This species usually covers the entire body surface of the copepods Corycaeus amazonicus and Euterpina acutifrons, and of cypris larvae of Cirripedia. Falcula hyalina uses a higher number of copepod hosts, particularly Oithona oswaldocruzii, Pseudodiaptomus richardii and Acartia spp. The valve morphology and biometrical data of both diatoms were within the range limits recorded in the literature, including the original publications. Both species occurred in all the sampling stations along the Brazilian coastline stretching from 12°S down to 28°S. Falcula hyalina had already been found as far as latitude 31°S in the Southwestern Atlantic Ocean.
  • Chromosomal analysis of immature bulbs of sisal (Agave spp.) cultivated in different districts in Bahia, Brazil Artigos

    Queiroz, Sandra Regina de Oliveira Domingos; Ortolani, Flavia Aparecida; Mataqueiro, Marcia Fiorese; Osuna, Juan Tomáz Ayala; Moro, José Roberto

    Abstract in Portuguese:

    O plantio de sisal tornou-se uma das atividades econômicas mais importantes na região do semiárido baiano, onde as adversidades ambientais impedem o plantio de outras culturas. Diante da importância econômica, estudos de citogenética são necessários, pois podem fornecer informações que auxiliem na produção de linhagens melhoradas. A análise de bulbilhos, coletados de cinco localidades diferentes da Bahia, mostrou a presença de indivíduos diplóides e pentaplóides, com comprimento cromossômico variando de 24,56 µm até 0,43 µm nos diferentes exemplares. A formulação cariotípica para o híbrido n° 11648 (2n = 2x = 60), coletado no município de Valente, foi de 2mv + 38m + 10sm + 8st + 2t. Já para os pentaplóides (2n = 5x = 142 c.a.) coletadas nos municípios de Conceição do Coité e Valente a classificação cromossômica encontrada foi: 14m + 66sm + 38st + 2a + 22t e 82m + 48sm + 12st, respectivamente. Fatores como maior comprimento genômico, presença de cromossomos acrocêntricos, subtelocêntricos e telocêntricos nos cariótipos bimodais e a diminuição na quantidade de cromossomos grandes com conseqüente aumento no número de cromossomos pequenos podem indicar o andamento de um processo divergente.

    Abstract in English:

    Sisal plantations have become one of the more important economic activities in the semiarid region of Bahia, where the environmental adversities are too harsh for most other agricultural operations. In the face of economic importance, cytogenetic studies of sisal are necessary because they could provide information that would aid in the production of improved lineages. In this study, the analyses of the immature bulbs, collected from five different areas in Bahia, showed the presence of diploid and pentaploid individuals, with chromosomal lengths varying from 24.56 µm to 0.43 µm in the different samples. The karyotype formulation for the hybrid n° 11648 (2n = 2x = 60), collected in the district of Valente, was 2mv + 38m + 10sm + 8st + 2t. For the pentaploids (2n = 5x = 142 c.a.) collected in the districts of Conceição of Coité and Valente, however, the chromosomal classification found was 14m + 66sm + 38st + 2a + 22t and 82m + 48sm + 12st, respectively. Factors, such as longer genomic length, the presence of acrocentric, subtelocentric and telocentric chromosomes in the bimodal karyotypes and the decrease in the amount of long chromosomes with consequent increase in the number of small chromosomes, can indicate the course of a divergent process.
  • Structural and functional leaf traits of two Gochnatia species from distinct growth forms in a sclerophyll forest site in Southeastern Brazil Articles

    Rossatto, Davi Rodrigo; Kolb, Rosana Marta

    Abstract in Portuguese:

    O gênero Gochnatia é comumente encontrado em diferentes fitofisionomias do Cerrado do Estado de São Paulo, crescendo desde ambientes mais abertos até áreas florestais mais fechadas. Aqui foram comparadas a anatomia foliar e alguns parâmetros ecofisiológicos de duas espécies do gênero Gochnatia, uma arbustiva (Gochnatia barrosii Cabrera) e a outra arbórea (Gochnatia polymorpha (Less.) Cabrera), ambas ocorrendo em área de cerradão na Estação Ecológica de Assis, SP. Encontraram-se diferenças estruturais qualitativas entre as espécies, com G. barrosii apresentando folhas anfiestomáticas, com epiderme unisseriada e G. polymorpha apresentando folhas hipoestomáticas, com epiderme múltipla ou hipoderme, na face adaxial. Além disso, as folhas de G. barrosii apresentaram menores valores para a espessura dos tecidos (com exceção da epiderme na face abaxial) e da folha em relação a G. polymorpha. Foram observadas diferenças na assimilação de CO2 tanto em base de área quanto de massa seca foliar, além de diferenças na área foliar específica, sendo esta maior em G. barrosii. Apesar das folhas de G. barrosii possuírem estrutura bem menos escleromorfa do que as folhas de G. polymorpha, não foram encontradas diferenças na eficiência do uso de água. Os resultados sugerem que espécies de formas distintas de crescimento de um mesmo gênero possuem características foliares diferenciadas para lidar com as variações ambientais a que são submetidas.

    Abstract in English:

    Gochnatia is very common in different phytophysiognomies in the Cerrado of São Paulo State, occupying open and closed areas. In this study, we compared the leaf anatomy and some ecophysiological traits of two species of Gochnatia, one a shrub (Gochnatia barrosii Cabrera) and the other a tree (Gochnatia polymorpha (Less.) Cabrera), which both occur in an area of "cerradão" at the Estação Ecológica de Assis, SP. We found qualitative structural differences between the species, with G. barrosii presenting amphistomatic leaves with a uniseriate epidermis and G. polymorpha showing hypostomatic leaves and a multiple epidermis or hypodermis on the adaxial surface. Moreover, the G. barrosii leaves had lower values in tissue thickness (with the exception of the epidermis on the abaxial surface) and leaf thickness in relation to G. polymorpha. There were differences in CO2 assimilation both in area and leaf dry mass basis, and differences in specific leaf area, which was higher in G. barrosii. Although the G. barrosii leaves were much less sclerophyllous than the G. polymorpha leaves, we found no differences in the efficiency of water use. The results suggest that plants from the same genus, but with distinct growth forms, differ in their leaf traits to deal with the environmental variations that they grow in.
  • Interaction of microorganisms, soil and flora as drivers of diversity in the Atlantic Forest Artigos

    Fraga, Marcelo Elias; Braz, Denise Monte; Rocha, Joecildo Francisco; Pereira, Marcos Gervasio; Figueiredo, Daniel Vasquez

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho teve como objetivo fornecer dados para uma melhor compreensão entre a interação de microrganismos, flora e solo. O estudo foi realizado no Parque Natural Municipal do Curió, Paracambi, RJ. Foram selecionadas duas áreas, com diferentes graus de alteração antrópica, sendo em cada uma destas delimitado um talhão de aproximadamente 1.000 m², e nestes foram realizados levantamentos floristicos e coletas de amostras de terra e serrapilheira para a avaliação da fertilidade e dos microrganismos. Nas duas áreas quantificou-se um total de 89 espécies, reunidas em 59 gêneros e 33 famílias, entre espécies arbóreas, arbustivas, herbáceas e trepadeiras. Na área com maior grau de antropização ocorreram os maiores valores de pH, Ca e K, indicando um ambiente de maior eutrofismo. Já na área com menor grau de alteração, observaram-se maiores valores de H + Al, decorrentes da maior quantidade de material orgânico. Para a serrapilheira, foi verificado um padrão com tendência similar a observada para o solo. Os maiores valores de serrapilheira aportada, também contribuem para os maiores valores de K, elemento facilmente lixiviável no material em decomposição. Quanto à abundância dos microrganismos tanto na serrapilheira como no solo foi observada uma distribuição diferenciada dos microrganismos devido a variação da umidade relativa e temperatura, sendo as bactérias as predominantes, padrão este também observado para as diferentes áreas.

    Abstract in English:

    This study aimed to better understand the interaction between microorganisms, plants and soil. The study was conducted in Parque Natural Municipal do Curió (Paracambi, RJ). We selected two areas with different degrees of human disturbance, and in each of these enclosed a plot of 1,000 m². Floristic surveys were carried out and litter and soil samples were collected to evaluate fertility and the microorganisms. In both areas, 89 species were found, within 59 genera and 33 families, of trees, shrubs, herbs and vines. The highest values of pH, Ca and K were found in the area with the highest degree of human disturbance, indicating an environment of increased tropism. In the area with a lower degree of alteration, we observed higher values of H + Al, resulting from a higher amount of organic material. For the litter, the pattern was similar to that found for the soil. The highest values for the leaf litter also contributed to higher values of K, which is an element that easily leaches from mulch. Considering the abundance of microorganisms in both the litter and in soil, an uneven distribution of microorganisms was found due to the variation of relative humidity and temperature; bacteria were predominant, a pattern observed for both areas.
  • Catalogue of angiosperm pollen from Holocene sediments of the Coastal Plain, Santa Catarina, Brazil Artigos

    Cancelli, Rodrigo Rodrigues; Souza, Paulo Alves de; Neves, Paulo César Pereira das

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho apresenta as descrições palinotaxonômicas, a partir da análise palinológica de sedimentos de duas seções turfáceas na Planície Costeira sul do estado de Santa Catarina, nos municípios de Santa Rosa do Sul e São João do Sul. Uma amostra da porção basal dos testemunhos foi datada em (14C) em 7908±33 anos AP para Santa Rosa do Sul e 7817±41 anos AP para São João do Sul, ambos referente ao Holoceno inferior. Foram descritos 62 tipos de grãos de pólen relacionados a 49 famílias de angiospermas atuais, que expressam diferentes habitats e hábitos ecológicos. O presente trabalho juntamente com a primeira parte, que trata das descrições palinotaxonômicas de fungos, criptógamas e outros palinomorfos recuperados de sedimentos, contribui com o reconhecimento da vegetação que abrigava a Planície Costeira sul-catarinense, durante o Holoceno. As análises palinotaxonômicas constituem a base das interpretações paleoambientais e paleoclimáticas neste setor da costa brasileira.

    Abstract in English:

    This paper presents palinotaxonomic descriptions, from a pollen analysis of sediments from two cores taken from the southern Coastal Plain of Santa Catarina State (in the municipalities of Santa Rosa do Sul and São João do Sul). A basal sample from the Santa Rosa do Sul and São João do Sul had a 14C age of 7908±33 and 7817±41 yr BP for the Lower Holocene, respectively. Sixty-two types of pollen grains were described from 49 angiosperm families, which are associated with different habitats and ecological habits. This work is published in association with Part I, which comprises palinotaxonomic descriptions of fungi, cryptogams and other palynomorphs recovered from the sediments, and contributes to the identification of vegetation that occurred on the Coastal Plain of southern Santa Catarina during the Holocene. Palinotaxonomic analyses form the basis of paleoclimatic and paleoenvironmental interpretations in this region of the Brazilian coast.
  • The effects of seasonal change of water level in an estuary on Ludwigia octovalvis (Jacq.) P. H. Raven (Onograceae) growth Articles

    Ribeiro, Jose Pedro Nepomuceno; Matsumoto, Reginaldo Sadao; Lima, Maria Inês Salgueiro

    Abstract in Portuguese:

    O estuário do rio Massaguaçu é um estuário irregular, e seus ciclos da abertura de barra são irregulares e acontecem várias vezes por ano. A espécie Ludwigia octovalvis é perene em vários lugares do mundo, mas aparece de forma sazonal no estuário em questão. Nesse trabalho determinamos a relação entre o índice pluviométrico, o nível do estuário e a distribuição espacial e temporal dessa espécie. Em laboratório simulamos a variação do nível da água do estuário em aquários, de modo a entender como essa espécie responde ao alagamento. Em campo, determinamos a distribuição de L. octovalvis na estação mais chuvosa e menos chuvosa. A espécie é relativamente comum na estação mais chuvosa, mas ausente na menos chuvosa. Existem fortes evidencias de que isso acontece devido aos ciclos de abertura da barra do inverno, mas fundos e longos, que induz essa espécie ao estiolamento, e conseguintemente, a uma fragilidade mecânica. A sazonalidade de espécies em ambientes aquáticos sem uma estação biologicamente seca é incomum e pouco estudada.

    Abstract in English:

    The Massaguaçu River estuary is an irregular estuary with sandbar breaching cycles that are irregular and happen several times each year. The species Ludwigia octovalvis is a perennial weed in several places around the world, but it is seasonal in the Massaguaçu River. In this survey we determined the relationship between the rain, estuary water level variation, and the spatial and temporal distribution of this species. In a laboratory we simulated the water level variation in water tanks in order to understand how this species responds to flooding. In the field, we determined the distribution of L. octovalvis in the higher pluviose season and in the lower pluviose season. This species is relatively common in the higher pluviose season and completely absent in the lower one. There is strong evidence that this happens due to the longer and deeper sandbar breaching cycles during the dry season, which induce this species to etiolation, and, therefore, mechanical fragility. The seasonality of species in aquatic environments that do not have a dry biological season is unusual and little studied.
  • Taxonomic studies on Gloxinieae (Gesneriaceae) - nomenclatural notes Artigos

    Araujo, Andréa Onofre de; Souza, Vinicius Castro; Chautems, Alain

    Abstract in Portuguese:

    Gloxinia L'Hér. foi um dos gêneros cuja delimitação foi mais modificada em decorrência da reorganização da tribo Gloxinieae nas últimas décadas. Como parte dos estudos taxonômicos no gênero, são designados 15 lectótipos, indicados seis nomes ilegítimos supérfluos, e proposta uma nova combinação neste trabalho; são incluídos, também, comentários sobre três espécies com identidade incerta.

    Abstract in English:

    Gloxinia L'Her. is a genus that has undergone major changes since the reorganization of the tribe Gloxinieae in the last few decades. We here designate 15 lectotypes, indicate six illegitimate superfluous names, and propose one new combination for this group; comments about three species with uncertain identities are also included.
  • Myxomycetes from caatinga and brejo de altitude areas in the semi-arid region of Pernambuco, Brazil Artigos

    Silva, Nylber Augusto da; Cavalcanti, Laise de Holanda

    Abstract in Portuguese:

    O bioma Caatinga, localizado na região semiárida brasileira, está distribuído em nove estados, incluindo Pernambuco. Os objetivos deste estudo foram: obter informações que contribuam para a compreensão da diversidade alfa e gama da microbiota da Caatinga; comparar a composição da mixobiota em áreas de caatinga situadas nos municípios de Serra Talhada (ST) e Mirandiba (M) com a encontrada em um enclave de floresta úmida (brejo de altitude) situado no município de Triunfo (T). Os espécimes foram coletados sobre restos lenhosos (173), folhedo (26), restos de plantas suculentas (3), casca de árvore viva (1) e fezes de herbívoros (1). Hemitrichia calyculata foi a espécie mais abundante (60 registros); outras espécies comuns foram Arcyria cinerea (20), Ceratiomyxa fruticulosa (19), A. denudata (16) e H. serpula (13). Apresenta-se uma lista comentada de 37 espécies, distribuídas em 17 gêneros, sete famílias e cinco ordens. A mixobiota dos três ambientes difere entre si: CC M/ST = 0,25; CC M/T = 0,06; CC ST/T = 0,39. A relação espécie/gênero foi muito baixa na caatinga e relativamente alta na floresta úmida (S/G M = 1,0; S/G ST= 1,3; S/G T = 2,14). A abundância de espécimes e o número de espécies (M = 4/4; ST= 26/12; T= 172/29) tendem a aumentar com a elevação da altitude e da pluviosidade. Fuligo megaspora é referida pela primeira vez para o Nordeste e Didymium perforatum é um novo registro para o Brasil.

    Abstract in English:

    The Caatinga biome, situated in the Brazilian semi-arid region, is distributed among the territories of nine states, including Pernambuco. The objectives of this study were: (1) to understand the alpha and gamma diversity of the Caatinga myxobiota; and (2) to compare the composition of the myxobiota present in two areas of typical xerophilous vegetation situated in Serra Talhada (ST) and Mirandiba (M) municipalities with an enclave of rain forest situated in the municipality of Triunfo (T). Specimens were collected on woody debris (173), litter (26), debris of succulent plants (3), bark of a living tree (1) and dung (1). Hemitrichia calyculata was the most abundant species (60 records). Other common species were Arcyria cinerea (20), Ceratiomyxa fruticulosa (19), A. denudata (16) and H. serpula (13), which were collected during dry and humid periods. An annotated list is presented with records of 37 species from 17 genera, seven families and five orders. Myxomycetes assemblages differed from each other: CC M/ST = 0.25, CC M/T = 0.06, CC ST/T = 0.39. The species/genus ratio was rather low in the caatinga and relatively high in the humid forest (S/G M = 1.0, S/G ST= 1.3, S/G T = 2.14). Specimen abundance and the total number of species (M = 4/4, ST= 26/12, T= 172/29) increased with increasing precipitation and altitude. Fuligo megaspora is reported for the first time for the Northeast Region and Didymium perforatum is a new record for Brazil.
  • Pollen morphology of the genera Irlbachia, Tachia, Voyria and Voyriella (Gentianaceae Juss.) found in the Reserva Florestal Adolpho Ducke (Amazonas, Brazil) Articles

    Ferreira, Marcos Gonçalves; Absy, Maria Lúcia; Gonçalves-Esteves, Vânia

    Abstract in Portuguese:

    Foi realizado um estudo da morfologia polínica de espécies Gentianaceae Juss. ocorrentes na Reserva Florestal Adolpho Ducke, Manaus, Brasil. Os grãos de pólen das espécies estudadas variaram morfologicamente quanto à unidade polínica (tétrades ou mônades), ao tamanho (pequenos, médios e grandes), à forma (oblata, suboblata, oblata-esferoidal, esférica, prolata-esferoidal e prolata, à polaridade (heteropolar, isopolar ou subisopolar), à simetria (bilateral ou radial) e ao número e tipo de aberturas (3-colporados e 1-3 porados). Quanto à ornamentação, foram reconhecidos grãos de pólen com sexina psilada nas espécies de Voyria, microrreticulada em Voyriella parviflora e reticulada heterobrocada em Tachia grandiflora e Irlbachia alata. A exina em I. alata mostrou grande variação na forma e tamanho dos lumens além da formação de clavas de tamanhos variados em áreas de mesocolpo e apocolpo. Em Tachia grandiflora, além de colpos longos, a exina heterobrocada apresentou um aumento do lúmen, em regiões do mesocolpo, diminuindo, consideravelmente, nas áreas do apocolpo. Nas espécies de Voyria, os grãos de pólen mostraram diferença quanto à forma, polaridade e ao número de aberturas, ocorrendo esferoidais, isopolares e 3-porados em Voyria spruceana; prolata/oval, heteropolares e 1-porados em Voyria tenella e oblato/elíptico (reniforme), heteropolares e 2-(3) porados em Voyria aphylla e Voyria caerulea. A variação na morfologia polínica e características exclusivas do gênero têm sugerido que Voyria seja tratada como um táxon único dentro de Gentianaceae.

    Abstract in English:

    A pollen morphology study of the Gentianaceae Juss. of Reserva Florestal Adolpho Ducke (Manaus, Brazil) was performed. The pollen grains of the studied species varied morphologically in their pollen units (tetrads or monads), size (small, medium and large), shape (oblate, suboblate, oblate spheroidal, spheroidal, prolate spheroidal and prolate), polarity (heteropolar, isopolar or subisopolar), symmetry (bilateral or radial) and number and type of aperture (3-colporate and 1-3porate). In relation to ornamentation, pollen grains had a sexine that was psilate in the Voyria species, microreticulate in Voyriella parviflora and reticulate heterobrochate in Tachia grandiflora and Irlbachia alata. The exine in I. alata showed great variability in the size and shape of the lumina, in addition to clavae of various sizes in the mesocolpium and apocolpium areas. In Tachia grandiflora, besides to long colpi, the heterobrochate exine demonstrated an increase in the lumina in the mesocolpium areas that decreased considerably in the apocolpium areas. In the species of Voyria, the pollen grains showed differences in shape, polarity and the number of apertures, which were spherical, isopolar and 3-porate in Voyria spruceana; prolate/oval, heteropolar and 1-porate in Voyria tenella; and oblate/elliptical (reniform), heteropolar and 2(3)-porate in Voyria aphylla and Voyria caerulea. The variations in pollen morphology and the peculiar characteristics of the genus suggest that Voyria should be treated as a unique taxon within Gentianaceae.
  • Some facultative-aquatic conidial fungi from the Caatinga Biome Artigos

    Almeida, Davi Augusto Carneiro; Barbosa, Flavia Rodrigues; Gusmão, Luís Fernando Pascholati

    Abstract in Portuguese:

    Durante o estudo de fungos conidiais associados a substratos vegetais submersos na Serra da Fumaça e na Serra da Jibóia, estado da Bahia, 17 espécies foram identificadas, sendo cinco novos registros: Actinocladium verruculosum para o continente americano, Xylomyces aquaticus para o Neotrópico, Actinocladium longiramosum e Dischloridium inaequiseptatum para a América do Sul e Cacumisporium pleuroconidiophorum para o Brasil. Descrições, ilustrações, distribuição geográfica e comentários são apresentados para as espécies acima, bem como uma lista com as demais espécies encontradas.

    Abstract in English:

    During study of conidial fungi on submerged plant debris in Serra da Fumaça and Serra da Jibóia, Bahia, 17 species were identified. These species included five new records: Actinocladium verruculosum for the American continent, Xylomyces aquaticus for the Neotropics, Actinocladium longiramosum and Dischloridium inaequiseptatum for South America and Cacumisporium pleuroconidiophorum for Brazil. Descriptions, illustrations, geographic distributions and comments are provided for the aforementioned species and a list of all of the species is included.
  • Use of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) to promote the growth of sugar apple seedlings (Annona squamosa L. Annonaceae) Artigos

    Coelho, Ieda Ribeiro; Cavalcante, Uided Maaze Tibúrcio; Campos, Maryluce Albuquerque da Silva; Silva, Fabio Sergio Barbosa da

    Abstract in Portuguese:

    Os fungos micorrízicos arbusculares (FMA) podem ser usados na formação de mudas frutíferas, porém o seu efeito na pinheira não é conhecido. Foi investigado o papel de dois isolados de FMA (Acaulospora longula e Gigaspora albida) na promoção do crescimento de mudas de pinheira. O delineamento experimental foi tipo inteiramente casualizado em seis tratamentos: 1) Controle não inoculado em solo; 2) Controle não inoculado em solo adubado; 3) Inoculado com A. longula em solo; 4) Inoculado com A. longula em solo adubado; 5) Inoculado com G. albida em solo; 6) Inoculado com G. albida em solo adubado, em quatro repetições, totalizando 24 unidades. Plântulas com duas folhas foram inoculadas na região das raízes com solo-inóculo fornecendo 200 esporos de G. albida ou de A. longula. Após 140 dias em casa de vegetação avaliou-se: altura, número de folhas, diâmetro do caule, área foliar, massa fresca e seca da parte aérea e radicular, colonização micorrízica e produção de esporos de FMA. Em solo não adubado, os benefícios da micorrização foram evidenciados nas mudas formando simbiose com G. albida. Em solo com vermicomposto, a micorrização não incrementou o crescimento da mudas. A micorrização com G. albida pode ser alternativa para produção de mudas de pinheira, dispensando a fertilização.

    Abstract in English:

    Arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) can be used to promote seedling growth of fruit trees, but their effect on sugar apple is not known. We investigated the role of two isolates of AMF (Acaulospora longula and Gigaspora albida) in promoting the growth of sugar apple seedlings. The experimental design was completely randomized with six treatments and four replicates (totaling 24 units): 1) uninoculated control; 2) uninoculated control in fertilized soil; 3) inoculated with A. longula in soil, 4) inoculated with A. longula in fertilized soil, 5) inoculated with G. albida in soil; 6) inoculated with G. albida in fertilized soil. Seedlings with two leaves were inoculated in the region of the roots with soil-inocula with 200 spores of G. albida or A. longula. After 140 days in a greenhouse the height, leaf number, stem diameter, leaf area, fresh and dry weight of shoot and root, root colonization and production of spores were evaluated. The seedlings benefited from G. albida mycorrhiza when grown in unfertilized soil. Mycorrhizal inoculation did not increase the growth of seedlings in soil with vermicompost. The use G. albida is an alternative in the production of sugar apple seedlings, instead of fertilizers.
  • Diversity of arbuscular mycorrizal fungi in an area of Caatinga, PE, Brazil Artigos

    Mello, Catarina Maria Aragão de; Silva, Iolanda Ramalho da; Pontes, Juliana Souza de; Goto, Bruno Tomio; Silva, Gladstone Alves da; Maia, Leonor Costa

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi o de determinar a infectividade, a riqueza de FMA e a condição micorrízica da vegetação em área de Caatinga não antropizada. Coleta de solo e raízes foi realizada em Triunfo/PE. Raízes foram examinadas para determinação da colonização micorrízica. O número mais provável (NMP) de propágulos infectivos de FMA foi estimado por diluições sucessivas do solo e a utilização de milho (Zea mays L.) como planta isca. Glomerosporos foram quantificados e preparados em lâminas, para identificação das espécies. As plantas apresentaram-se pouco colonizadas (média < 10%) e o número de glomerosporos foi baixo (< 1 glomerosporo g-1 de solo), como registrado em outras áreas de Caatinga. O NMP de propágulos de FMA variou entre 64 e 70 cm-3 solo, indicando a importância dos outros propágulos (além dos glomerosporos) na dispersão dos FMA. Foram registrados 16 táxons de FMA, dos gêneros Acaulospora, Entrophospora, Gigaspora, Glomus, Kuklospora, Pacispora e Paraglomus; Glomus foi o mais representativo (sete espécies). Pacispora boliviana está sendo relatada pela primeira vez no Brasil. Os elevados teores de P na área provavelmente contribuiram para os baixos valores de colonização, infectividade e riqueza de FMA na área estudada. Confirma-se que os FMA são comuns em solos do semiárido brasileiro, com espécies de Glomus predominando nesse ambiente.

    Abstract in English:

    The objective of this work was to determine the infectivity and richness of AMF and the mycorrhizal conditions of the vegetation in a preserved area of Caatinga. Soil and root samples were taken in two subareas in the municipality of Triunfo, PE. The roots were stained with Trypan blue, and observed with a microscope to determine if colonization of mycorrhizal fungi was present. Glomerospores were extracted from soil, counted, mounted on microscope slides and the AMF species were identified. The plants from the area showed < 10% colonization. The number of glomerospores (<1 g-1 soil) did not differ between the subareas although in one area the amount of P in the soil was three times higher than in the other. The number of AMF propagules varied from 64 to 70 cm-3 in the soil. Sixteen taxa of AMF were registered and Glomus was the most representative genus, with seven species. Pacispora boliviana is reported for the first time in Brazil. The high amount of P probably contributes to the low values of propagules, colonization, infectivity and richness of AMF in the area. AMF have been commonly found in the Brazilian semiarid region and species of Glomus are predominant in this environment.
  • Effects of leaf herbivory on the bromeliad Aechmea blanchetiana: a study of selective feeding by the scraper Acentroptera pulchella Articles

    Magalhães, Noa; Ferreira, Lucas Bevilaqua; Leitão, Gilda; Mantovani, André

    Abstract in Portuguese:

    O raspador Acentroptera pulchella (Chrysomelidae, Hispinae) foi observado se alimentando de folhas de Aechmea blanchetiana (Bromeliaceae), mas não de forma indiscriminada. Este inseto aparentemente concentra seu ataque na metade superior das folhas intermediárias do tanque da bromélia. A fim de caracterizar a potencial influência de estratégias defensivas contra herbivoria no padrão alimentar intra-específico de A. pulchella, sobre folhas da bromélia A. blanchetiana, nós: i) quantificamos a aparente preferência intra-específica deste padrão alimentar, ii) comparamos folhas e partes distintas em relação à estratégias morfo-fisiológicas, mecânicas, nutricionais e químicas contra herbivoria e iii) avaliamos se algumas ou todas estas estratégias defensivas ajudariam a explicar o padrão alimentar observado. O raspador A. pulchella atacada preferencialmente a metade superior de folhas intermediárias e adultas de A. blanchetiana, mas não a metade inferior das mesmas folhas, as quais são mais resistentes à perfuração, mais espessas e apresentam menor teor de nitrogênio do que a parte superior. Ao mesmo tempo, porém, folhas jovens e tenras não foram atacadas. As metades atacadas também apresentaram maior teor de fenóis totais em comparação as não atacadas, indicando que os fenóis não atuam defensivamente neste caso. Outras estratégias morfo-fisiológicas e químicas contra herbivoria não variaram entre as partes ou folhas aqui avaliadas. O herbívoro estudado se alimenta preferencialmente de partes das folhas com maior teor de nitrogênio, evitando ao mesmo tempo outras com maior resistência à perfuração. Concluímos que o raspador A. pulchella apresenta claro padrão seletivo de forrageamento, onde o mesmo é direcionado mais por benefícios nutricionais do que estritamente por estratégias mecânicas ou químicas contra herbivoria.

    Abstract in English:

    The scraper Acentroptera pulchella (Chrysomelidae, Hispinae) feeds on the leaves of Aechmea blanchetiana (Bromeliaceae), but not indiscriminately. This insect apparently concentrates its attack on the apical region of the intermediate leaves from the bromeliad tank. To characterise the potential influence of leaf defensive strategies on the intraspecific feeding pattern of A. pulchella on the leaves of the bromeliad A. blanchetiana, we quantified the apparent intraspecific preference of this feeding pattern; compared distinct leaves and portions in relation to morpho-physiological, mechanical, nutritional and chemical anti-herbivore strategies; and investigated whether some or all these defensive strategies help explain the observed feeding pattern. A. pulchella preferentially attacked the mid-upper portions of mature and adult leaves of A. blanchetiana, but not the mid-lower portions of the same leaves, which are more resistant to punch, are thicker and present less nitrogen content than the upper portions. However, soft young leaves were not attacked. Attacked portions also presented higher total phenol content than did non-attacked portions, indicating that phenols do not act defensively. Other morpho-physiological and chemical anti-herbivore strategies evaluated did not differ between portions and leaves. This herbivore feeds preferentially on leaf portions that have higher nitrogen levels, avoiding others that present increased punch resistance. The scraper A. pulchella exhibits a clearly selective feeding pattern that is driven by nutritional benefits rather than strictly mechanical or chemical anti-herbivore strategies.
  • Correlation between geography and cytogenetic diversity in Pomegranate (Punica granatum L.) cultivars in Iran Articles

    Sheidai, Masoud; Kolahizadeh, Sakineh; Noormohammadi, Zahra; Azani, Nasim; Nikoo, Mehrnoosh

    Abstract in Portuguese:

    A romã (Punica granatum L.) é uma planta hortícola importante com diversas formas de cultura plantadas em diferentes regiões do Irã. Devido à sua importância econômica, alguns estudos genéticos têm sido realizados para ilustrar a diversidade genética em ambos os níveis cromossômico e molecular em diferentes cultivares de romã que crescem neste país. O presente estudo considera as análises de pareamento cromossômico e cromossomo-B em 21 cultivares de romã e tenta investigar os efeitos dos parâmetros geográficos, como altitude e longitude, bem como a elevação e a queda de chuva média anual sobre a diversidade citogenética destes cultivares. O teste ANOVA revelou a presença de uma diferença significativa para quiasmas e emparelhamento de cromossomos entre as cultivares, indicando a sua diversidade genética. A correlação positiva e significativa foi observada entre o freqüência total de quiamas de quiasmas terminais, quiasmas intercalares e o número médio de quadrivalentes. Uma correlação positiva foi observada entre a queda da chuva anual e o número médio de bivalentes haste, com correlação negativa significativa com o número de bivalentes anel. A altitude não mostrou qualquer correlação com caracteres citogenéticos estudados, enquanto a altitude apresentou correlação negativa significativa com o número de monovalentes. A longitude mostrou correlação positiva e significativa com o número de bivalentes anel e correlação negativa com o número de univalentes e chismata intercalares. A análise de PCA mostrou que tanto as características geográficas quanto citológicos podem contribuir grandemente na diversidade observada nas cultivares de romã. A ocorrência de células multipolares e grãos de pólen não reduzidos foram observados em alguns dos cultivares.

    Abstract in English:

    Pomegranate (Punica granatum L.) is an important horticultural plant with several cultivated forms planted in different regions of Iran. Due to its economic importance, studies have been carried out to illustrate the genetic diversity at the chromosomal and molecular levels in different pomegranate cultivars growing in this region. This study analyzed chromosome pairing and B-chromosomes of 21 pomegranate cultivars and tried to investigate the effects of geographical parameters like altitude and longitude as well as elevation and the mean annual rainfall on cytogenetic diversity of these taxa. An ANOVA test revealed the presence of a significant difference for chiasmata and chromosome pairing among the cultivars, indicating their genetic differences. A positive significant correlation was observed between total chiasma frequency and terminal chiasmata, intercalary chiasmata and the mean number of quadrivalents. A significant positive correlation was observed between annual rainfall and the mean number of rod bivalents, while a significant negative correlation was found for the number of ring bivalents. Altitude did not show any correlation with the cytogenetic characters studied, but showed a significant negative correlation with the number of univalents. Longitude showed significant positive correlation with the number of ring bivalents and a negative correlation with the number of univalents and intercalary chiasmata. PCA analysis showed that both geographical and cytological features contribute greatly in the diversity observed in the pomegranate cultivars. The occurrence of multipolar cells and unreduced pollen grains were observed in some of the cultivars.
  • Salt stress on seeds germination and seedlings development of niger (Guizotia abyssinica (L.f.) Cass.) Artigos

    Gordin, Carla Regina Baptista; Marques, Rodolpho Freire; Masetto, Tathiana Elisa; Souza, Luiz Carlos Ferreira de

    Abstract in Portuguese:

    O processo de salinização dos solos e das águas subterrâneas e superficiais é um dos mais importantes problemas de degradação ambiental. O niger é uma herbácea anual com potencial para a produção de biodiesel, cujo comportamento em condições salinas ainda é desconhecido. Dessa forma, objetivou-se avaliar a germinação de sementes e crescimento de plântulas de niger submetidos a diferentes sais e concentrações. Os tratamentos utilizados corresponderam a três sais: cloreto de potássio (KCl), cloreto de cálcio (CaCl2) e cloreto de sódio (NaCl), associados a quatro potenciais osmóticos (-0,3; -0,6; -0,9 e -1,2 MPa). As sementes de niger semeadas diretamente sobre substrato umedecido com água destilada constituíram o controle. O efeito da salinidade na germinação das sementes foi avaliado pela porcentagem, tempo médio e índice de velocidade. As plântulas foram analisadas quanto ao comprimento da parte aérea e raiz e massas fresca e seca de plântulas inteiras. O delineamento estatístico adotado foi o inteiramente casualizado, constituindo-se de um fatorial 3x5 (sais x potenciais osmóticos) com quatro repetições de 50 sementes cada. As sementes de niger são sensíveis a salinidade. A exposição ao NaCl, KCl e CaCl2 a partir do potencial osmótico de -0,3 MPa reduz o poder germinativo e o crescimento de plântulas. Os sais inibem a germinação de sementes do niger no potencial de -1,2 MPa.

    Abstract in English:

    The soil, and subterranean and superficial water saltiness process is one of the most important environment degradation problems. Niger is an annual herbaceous with biodiesel production potential, which seeds behavior is unknown in saline conditions. In this way, this work aimed to evaluate the niger seeds germination and initial seedlings growth submitted to different salt solutions. The treatments used constituted of three types of salts: NaCl, KCl and CaCl2 at four osmotic potentials (-0.3; -0.6; -0.9 e -1.2 MPa). The niger seeds sowed directly on substrate water moistured constituted the control treatment. The saline effects on seeds germination were evaluated though germination percentage, germination medium time and germination speed index. The Niger seedlings were analyzed through the shoot and root length and fresh and dried mass seedlings. The statistic design used was entirely casualized, constituted by a factorial 3x5 (salts x osmotic potentials) with four repetitions of 50 seeds. The Niger seeds are salinity sensitive. Seeds exposition to NaCl, KCl and CaCl2 reduces the germinative ability and the seedlings growth at -0.3 MPa. The salt solutions inhibit the Niger seeds germination at -1.2 MPa.
  • Morphological and taxonomic studies in Hypnea cornuta (Kützing) J. Agardh (Gigartinales, Rhodophyta) in the coast of Bahia, Brazil Artigos

    Jesus, Priscila Barreto de; Nunes, José Marcos de Castro

    Abstract in Portuguese:

    Durante estudo sobre as espécies de Hypnea do litoral do estado da Bahia foram encontrados exemplares de Hypnea cornuta (Kützing) J. Agardh em coletas realizadas no extremo sul do estado. Este é o primeiro relato de H. cornuta para o estado da Bahia, Brasil. É fornecida uma caracterização detalhada dos aspectos morfológicos, anatômicos e reprodutivos desta espécie.

    Abstract in English:

    During study of the species of Hypnea of the coast of Bahia specimens of Hypnea cornuta (Kützing) J. Agardh were found in the southern state. This is the first report of H. cornuta for the state of Bahia, Brazil. It is provided a detailed characterization of morphological, anatomical and reproductive aspects of this species.
  • Phytoplankton of the surf zone in Amazon beach Artigos

    Matos, Jislene Brito; Silva, Nayra Iris Sozinho da; Pereira, Luci Cajueiro Carneiro; Costa, Rauquírio Marinho da

    Abstract in Portuguese:

    A estrutura da comunidade fitoplanctônica da praia da Princesa (Ilha de Maiandeua) foi estudada durante um ciclo nictemeral nos meses de novembro/08, março/09, junho/09 e setembro/09, de modo a verificar os efeitos de algumas variáveis ambientais sobre esta comunidade. O microfitoplâncton da praia da Princesa esteve representado por 98 táxons, com predomínio das diatomáceas, seguidas dos dinoflagelados e cianofíceas. Nas amostras qualitativas, Coscinodiscus perforatus Ehrenberg se destacou como abundante nos meses de março (45,6%) e junho (45,1%), enquanto que a análise quantitativa revelou Dimeregramma minor (Gregory) Ralfs como dominante, principalmente, em novembro (82,0%) e setembro (83,0%). A biomassa fitoplanctônica (clorofila-a) foi significativamente mais elevada em março (U= 0,0; p<0,05). Os valores médios de densidade fitoplanctônica total foram significativamente mais elevados no período chuvoso (F= 6,2; p<0,05), principalmente em junho (1223 ± 110 x 10³ céls L-1). As curvas de K-dominância revelaram um declínio gradual na diversidade ao longo do período seco. A análise de ordenação (MDS) evidenciou a formação de três grupos, enquanto que a análise de componentes principais (PCA) mostrou a salinidade e a turbidez como as principais variáveis que definiram os componentes. A praia da Princesa é um ambiente dinâmico, onde os processos de ressuspensão promovem o intercâmbio entre populações fitoplanctônicas e fitobênticas. A elevada precipitação e o maior aporte fluvial, carreando elevadas concentrações de nutrientes, favoreceram o maior desenvolvimento do fitoplâncton, principalmente, durante o período chuvoso.

    Abstract in English:

    The structure of the phytoplankton community of Princesa beach (Maiandeua island) was investigated during a nyctemeral cycle in the months of November/08, March/09, June/09 and September/09 to verify the effects of certain environmental variables on this community. The microphytoplankton of Princesa beach was represented by 98 taxa with the dominance of the diatoms, which were followed by the dinoflagellates and cyanophytes. The qualitative study revealed that Coscinodiscus perforatus Ehrenberg was abundant in March (45.6%) and June (45.1%), whereas in the quantitative analysis Dimeregramma minor (Gregory) Ralfs was dominant, mainly in November/08 (82.0%) and September/09 (83.0%). Biomass (chlorophyll-a content) was significantly higher in March/08 (U= 0.0; p <0.05). The average total phytoplankton density was significantly higher during the rainy period (F= 6.2; p< 0.05), mainly in June (1,223 ±110 x 10³ cell L-1). K-dominance curves showed a gradual decrease in diversity along the dry period. Non-Metric Multidimensional Scaling analysis (MDS) revealed the formation of three groups, whereas Principal Component Analysis (PCA) showed that salinity and turbidity were the main variables that defined the components. Princesa beach is a dynamic environment where ressuspension processes promote the shift between phytoplankton and phytobenthos populations. High rainfall and the increase in river runoff were responsible for an increase in nutrient availability contributing to the development of phytoplankton, mainly during the rainy period.
  • Aliens in the room: what to do with exotic species in taxonomic, floristic and phytosociological studies? Artigos

    Moro, Marcelo Freire; Souza, Vinicius Castro; Oliveira-Filho, Ary Teixeira de; Queiroz, Luciano Paganucci de; Fraga, Claudio Nicoletti de; Rodal, Maria Jesus Nogueira; Araújo, Francisca Soares de; Martins, Fernando Roberto

    Abstract in Portuguese:

    A presença cada vez mais disseminada de organismos exóticos (muitos dos quais se tornam invasores) nas diferentes regiões do planeta levou ao surgimento de uma linha de pesquisa na ecologia voltada às invasões biológicas. E para permitir a comunicação entre autores também foi desenvolvido um arcabouço terminológico. Mas, apesar disso, a terminologia relativa às bioinvasões tem sido ignorada por boa parte dos botânicos no Brasil. Há uma boa dose de confusão entre botânicos sobre o que seja uma espécie exótica, naturalizada, invasora, daninha e ruderal, levando ao uso inconsistente da terminologia. Além disso, diferentes autores têm adotado posturas praticamente opostas ao lidar com espécies exóticas em suas áreas de estudo, seja na preparação de tratamentos taxonômicos, seja na publicação de levantamentos florísticos e fitossociológicos. Enquanto alguns pesquisadores incluem em floras mesmo espécies cultivadas que não se reproduzem, outros excluem plantas invasoras comuns e conspícuas. Nós apresentamos aqui, em português, os principais conceitos relativos ao tema da bioinvasão e chamamos a atenção dos autores brasileiros para a necessidade de utilizar de modo consistente o arcabouço terminológico já existente na literatura. Também propomos a adoção de rótulos claros para informar quais espécies são exóticas na área estudada, diferenciando-as das nativas, e sugerimos critérios para ajudar botânicos a decidirem quando uma planta exótica deve ou não ser incluída em tratamentos taxonômicos ou levantamentos de florística.

    Abstract in English:

    The ever-growing presence of exotic organisms (many of which become invasive) throughout the planet has led to the emergence of biological invasions as a field of study within ecology. To enable communication between scientists in this field, a terminology has developed. However, this terminology has been ignored by many botanists in Brazil where there is confusion regarding definition of exotic, naturalized, invasive, weed and ruderal species, leading to inconsistent use of the concepts. Moreover, different authors have adopted antagonistic positions when dealing with exotic species existing in their study areas, either in the preparation of taxonomic treatments or in floristic and phytosociological surveys. While some authors include in floras cultivated, non reproducing species, others exclude even widespread and common invasives. We present here, in Portuguese, the main concepts related to the theme of bioinvasion and draw the attention of Brazilian authors to the necessity for consistent use of the terminological framework available for biological invasions. We also propose that authors should clearly label exotic plants reported in their work, differentiating exotics from native species. Finally, we suggest criteria to help botanists decide when exotic plants should or should not be included in taxonomic treatments or in floristic surveys.
  • The genus Heterodermia (Lecanorales - Physciaceae) in Central North of Argentina

    Rodriguez, Juan Manuel; Estrabou, Cecilia; Quiroga, Gonzalo

    Abstract in Spanish:

    Como parte de un trabajo taxonómico que tiene por objetivo revisar las especies foliosas de Physciaceae que crecen en el centro y norte de Argentina se describió la morfología, anatomía y química de especímenes de Heterodermia coleccionados recientemente en estas regiones. Se citan por primera vez para Argentina Heterodermia japonica y H. fertilis, se amplía el rango de distribución de once especies dentro del país y se presenta una clave dicotómica y una breve descripción de cada una las especies estudiadas.

    Abstract in English:

    As part of a taxonomic study which aims to revise foliose species of Physciaceae growing in central and north of Argentina, the morphology, anatomy and chemistry of Heterodermia specimens collected recently in these regions were described. Heterodermia japonica and H. fertilis are cited for the first time from Argentina. The distributional range in the country of eleven species is extended. A dichotomous key and a brief description of each species studied are provided.
Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF - Alta Floresta - MT - Brazil
E-mail: acta@botanica.org.br