Questionamento acerca da prevalência de HVE considerada como referência no estudo pelos autores

Eduardo Maffini da Rosa Daniel Perin Nunes Robeta Casanova Wilhelms Sobre os autores

CARTA AO EDITOR

Questionamento acerca da prevalência de HVE considerada como referência no estudo pelos autores

Eduardo Maffini da Rosa; Daniel Perin Nunes; Robeta Casanova Wilhelms

Universidade de Caxias do Sul - UCS, Caxias do Sul, RS - Brasil

Correspondência

Palavras-chave: Hipertrofia Ventricular Esquerda.

Caro editor,

Considerando o artigo "Acurácia da radiografia de Tórax associada a eletrocardiograma no diagnóstico de hipertrofia em hipertensos"1,gostaríamos de fazer algumas considerações relacionadas ao tema do artigo: 1- inicialmente, queremos ressaltar a redução progressiva da ocorrência de hipertrofia ventricular esquerda concêntrica (aumento da espessura de septo e/ou parede posterior) em nosso meio (RS) quando comparados com os números percentuais apresentados na literatura estrangeira de estudos com ecocardiografia2,3. Este fato ou fenômeno pode ser atribuído ao melhor tratamento da hipertensão arterial, ou ao viés: os pacientes sem hipertrofia ventricular vivem por mais tempo e por isso são mais prevalentes. E 2- no presente estudo, qual a prevalência encontrada de hipertrofia ventricular esquerda concêntrica e como foi escolhida a amostra?

  • Correspondência:
    Eduardo Maffini da Rosa
    Coronel Flores, 510, sala 37, São Pelegrino
    CEP 95034-060, Caxias do Sul, RS - Brasil
    E-mail:
  • Artigo recebido em 12/10/12, revisado em 08/01/13, aceito em 08/01/13.

    • 1. Ribeiro SM, Morceli J, Gonçalves RS, Franco RJ, Habermann F, Meira DA, et al. Acurácia da radiografia de tórax associada a eletrocardiograma no diagnóstico de hipertrofia em hipertensos. Arq Bras Cardiol. 2012;99(3):825-33.
    • 2. Bombig MTN, Póvoa R. Cardiopatia hipertensiva: aspectos epidemiológicos, prevalência e fator de risco cardiovascular. Rev Bras Hipertens. 2008;15(2):75-80.
    • 3. Holthausen RS, Gus M, Fuchs FD. Hipertrofia ventricular esquerda e hipertensão: aspectos epidemiológicos. Hipertensão. 2002;5(3):100-2.

    Correspondência: Eduardo Maffini da Rosa Coronel Flores, 510, sala 37, São Pelegrino CEP 95034-060, Caxias do Sul, RS - Brasil E-mail: emaffini@cardiol.br, emaffini2@gmail.com

    Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      06 Maio 2013
    • Data do Fascículo
      Abr 2013
    Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Avenida Marechal Câmara, 160, sala: 330, Centro, CEP: 20020-907, (21) 3478-2700 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil, Fax: +55 21 3478-2770 - São Paulo - SP - Brazil
    E-mail: revista@cardiol.br