VALORES MANOMÉTRICOS ANORRETAIS PARA A POPULAÇÃO BRASILEIRA EUTRÓFICA EM IDADE PRODUTIVA E SEM DISTÚRBIOS DO ASSOALHO PÉLVICO: ESTUDO PROSPECTIVO COM VOLUNTÁRIOS

Rodrigo Ambar PINTO Isaac José Felippe CORREA-NETO Leonardo Alfonso BUSTAMANTE-LOPEZ Caio Sergio R. NAHAS Carlos Frederico S. MARQUES Carlos Walter SOBRADO-JUNIOR Ivan CECCONELLO Sergio Carlos NAHAS Sobre os autores

RESUMO

Racional:

Devido à falta de padrões normais de manometria anorretal no Brasil, os dados utilizados estão sujeitos a padrões de normalidade descritos em diferentes nacionalidades.

Objetivo:

Determinar os valores e a faixa da manometria anorretal de pessoas em idade produtiva, sem distúrbios do assoalho pélvico, comparando os parâmetros obtidos entre homens e mulheres.

Métodos:

Análise prospectiva de dados clínicos, como gênero, idade, raça, índice de massa corporal (IMC) e manometria anorretal, de voluntários de uma referência universitária brasileira em distúrbios do assoalho pélvico.

Resultados:

Quarenta pessoas foram incluídas, com idade média de 45,5 anos nos homens e 37,2 nas mulheres (p=0,43). De acordo com homens e mulheres, respectivamente em mmHg, as pressões de repouso foram semelhantes (78,28 vs. 63,51, p=0,40); pressões de contração (153,89 vs. 79,78, p=0,007) e pressão total de compressão (231,27 vs. 145,63, p=0,002). Os homens apresentaram valores significativamente maiores de contração esfincteriana, assim como o comprimento médio do canal anal funcional (2,85 cm nos homens vs. 2,45 cm nas mulheres, p=0,003).

Conclusões:

Os níveis normais de pressão esfincteriana no Brasil diferem dos utilizados até o momento como padrão normal da literatura. O gênero masculino apresenta maior tônus ​​do esfíncter anal externo em relação ao feminino, além de maior extensão do canal anal funcional

DESCRITORES:
Manometria; Canal anal; Avaliação da deficiência; Distúrbios do assoalho pélvico

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 278 - 6° - Salas 10 e 11, 01318-901 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (11) 3288-8174/3289-0741 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistaabcd@gmail.com