REPARO INGUINAL VIA TÉCNICA ROBÓTICO-ASSISTIDA: REVISÃO DA LITERATURA

Eduardo Henrique PIROLLA Gabriel Pavani PATRIOTA Fernanda Junqueira Cesar PIROLLA Felipe Piccarone Gonçalves RIBEIRO Marina Guitton RODRIGUES Layla Riva ISMAIL Raquel Mezzalira RUANO Sobre os autores

RESUMO

Introdução:

A hérnia inguinal é uma das doenças cirúrgicas mais frequentes. Atualmente, com as vantagens da cirurgia minimamente invasiva, novas questões surgem: qual será a melhor abordagem para correção de hérnia inguinal? Existe benefício real com a abordagem robótica?

Objetivo:

Compilar resultados dos estudos publicados que utilizaram a técnica robô-assistida no reparo da hérnia inguinal analisando suas limitações, complicações e comparando-a com as das técnicas pré-existentes.

Método:

A revisão foi realizada a partir da base de dados do Medline com os seguintes descritores: (inguinal hernia repair OR hernioplasty OR hernia) AND (robot OR robotic OR robotic assisted) sendo recuperados 391 artigos. Após verificação dos títulos e resumos, identificou-se oito séries de casos congruentes com os objetivos desta revisão. Três revisores participaram do processo de extração e seleção de resultados.

Resultados:

Nos estudos comparativos demonstrou-se aumento no tempo cirúrgico em relação à via aberta e videolaparoscópica. As complicações apresentam taxas similares com as outras vias de reparo.

Conclusão:

Esta técnica demonstrou-se efetiva para correção da hérnia inguinal, mas os benefícios da utilização da cirurgia robótica não estão claros. Para isso, há a necessidade de trabalhos randomizados que comparem o reparo laparoscópico ao robotizado.

DESCRITORES:
Hérnia inguinal; Robótica; Laparoscopia; Cirurgia geral; Procedimentos cirúrgicos robóticos

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 278 - 6° - Salas 10 e 11, 01318-901 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (11) 3288-8174/3289-0741 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistaabcd@gmail.com