COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS PRECOCES NO BYPASS GÁSTRICO EM Y-DE-ROUX

RESUMO

Racional:

Bypass gástrico em Y-de-Roux é uma das operações bariátricas mais comuns e leva a perdas consideráveis de peso já nos primeiros meses.

Objetivo:

Quantificar as principais complicações pós-operatórias precoces em pacientes submetidos ao bypass gástrico.

Método:

Coorte retrospectiva observacional. Amostra de 1051 pacientes portadores de obesidade grau II associada à comorbidades ou grau III submetidos ao bypass gástrico com acompanhamento de 30 dias a partir da data da operação.

Resultados:

A idade média dos pacientes foi de 36 anos com predominância de mulheres (81,1%). O índice de massa corporal pré-operatório médio foi de 43 kg/m². A principal complicação foi fístula (2,3%), seguida de obstrução intestinal (0,5%) e tromboembolismo pulmonar (0,5%). Óbito ocorreu em 0,6% dos casos.

Conclusão:

No período de 30 dias de pós-operatório a taxa geral de complicações foi de 3,8%; a de reoperação de 2,6% e óbito em 0,6%. A fístula foi a principal complicação e a principal causa de internamento em unidade de terapia intensiva, de reoperação e de óbito.

DESCRITORES:
Cirurgia bariátrica; Complicações pós-operatórias; Bypass gástrico.

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 278 - 6° - Salas 10 e 11, 01318-901 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (11) 3288-8174/3289-0741 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistaabcd@gmail.com