CISTOGASTROSTOMIA COM SONDA DE COAGULAÇÃO DE PLASMA DE ARGÔNIO E SEM ULTRASSONOGRAFIA ENDOSCÓPICA

Omer Faruk OZKAN Erdem AKBAL Sukru TAS Fahri GUNES Sobre os autores

DESCRITORES:
Coagulação com Plasma de Argônio; Ultrassonografia; Gastrostomia

INTRODUÇÃO

A pancreatite aguda é condição inflamatória do pâncreas que pode ter muita morbidade. A formação de pseudocisto pancreático é uma das complicações bem conhecidas. Enquanto pequenos pseudocistos são assintomáticos, os grandes podem apresentar sintomas e causar várias complicações, incluindo infecção, ruptura, sangramento, complicações biliares e hipertensão portal11 Ake Andrén-Sandberg, Christos D. Pancreatic pseudocysts in the 21st century. Part II: Natural history. JOP 2004; 5: 64-70.,44 Rasmussen DN,Hassan H,Vilmann P. Only few severe complications after endoscopic ultrasoundguideddrainage of pancreatic pseudocysts. Dan Med J.2012;59:A4406..

Várias intervenções estão disponíveis para o manejo de pseudocistos pancreáticos sintomáticos. A cistogastrostomia guiada por ultrassonografia endoscópica (EUS) é opção para o tratamento de grandes pseudocistos, que se projetam no lúmen gástrico33 Lopes CV,Pesenti C,Bories E,Caillol F,Giovannini. M. Endoscopic-ultrasound-guidedendoscopic transmural drainage of pancreatic pseudocysts and abscesses. Scand J Gastroenterol.2007;42:524-529.,44 Rasmussen DN,Hassan H,Vilmann P. Only few severe complications after endoscopic ultrasoundguideddrainage of pancreatic pseudocysts. Dan Med J.2012;59:A4406.. Neste trabalho apresenta-se um caso de grande porte que foi gerenciado com sonda de coagulação com plasma de argônio e sem ultrassonografia endoscópica.

RELATO DO CASO

Homem com 50 anos de idade encontrava-se em clínica de reanimação com diagnóstico de pancreatite aguda complicada e grave devido a cálculos biliares por três meses. Seu exame físico revelava uma massa de grande porte que se estendia do epigástrico ao quadrante superior esquerdo. TC contrastada mostrava uma lesão cística com dimensões de 150x100 mm na cauda e corpo do pâncreas empurrando o estômago (Figura 1). Endoscopia digestiva alta diagnóstica revelou uma protuberância localizada em grande curvatura relacionada ao pseudocisto pancreático. Uma cistogastrostomia endoscópica foi planejada. Após a detecção da área para citogastrostomia no lúmen gástrico com videoendoscópio padrão (Pentax EG 290 LK), foi marcada a área pela sonda de coagulação com plasma de argônio (30 watts); a parede gástrica foi aberta passo a passo com a sonda (60 watt) até a drenagem do líquido pancreático para o estômago. Após a aspiração do líquido pancreático (aproximadamente 1500 ml), a área de abertura gástrica foi aumentada com o uso de esfincterotomia pela CPRE. Em seguida, um fio guia foi inserido no cisto guiado pela fluoroscopia em arco em C. Finalmente, stent plástico de 8.5 F pigtail foi colocado no cisto através do lúmen gástrico. (Figura 2) O procedimento foi concluído sem qualquer complicação.

FIGURA 1
Pseudocisto pancreático de 150x100 mm empurrando a parede gástrica

FIGURA 2
Stent plástico pigtail instalado pela sonda de coagulação de plasma de argônio

DISCUSSÃO

A cistogastrostomia guiada por EUS é método seguro para o manejo de pseudocitos pancreáticos11 Ake Andrén-Sandberg, Christos D. Pancreatic pseudocysts in the 21st century. Part II: Natural history. JOP 2004; 5: 64-70.,33 Lopes CV,Pesenti C,Bories E,Caillol F,Giovannini. M. Endoscopic-ultrasound-guidedendoscopic transmural drainage of pancreatic pseudocysts and abscesses. Scand J Gastroenterol.2007;42:524-529.. Ela tem vantagem significativa ao fornecer relação entre a parede do cisto e a parede gástrica, características de imagem do fluido cístico e vasos da parede gástrica44 Rasmussen DN,Hassan H,Vilmann P. Only few severe complications after endoscopic ultrasoundguideddrainage of pancreatic pseudocysts. Dan Med J.2012;59:A4406.. Nos pseudocistos que tenham protuberância através do lúmen gástrico, a citogastrostomia pode ser realizada sem EUS. Para evitar complicações como sangramento, foi realizada cistogastrostomia por sonda de coagulação com plasma de argônio33 Lopes CV,Pesenti C,Bories E,Caillol F,Giovannini. M. Endoscopic-ultrasound-guidedendoscopic transmural drainage of pancreatic pseudocysts and abscesses. Scand J Gastroenterol.2007;42:524-529.,44 Rasmussen DN,Hassan H,Vilmann P. Only few severe complications after endoscopic ultrasoundguideddrainage of pancreatic pseudocysts. Dan Med J.2012;59:A4406.. Na literatura, EUS com procedimentos de citogastrostomia geralmente são realizados com agulha e laser YAG22 Buchi KN, Bowers JH, Dixon JA. Endoscopic pancreatic cystogastrostomy using the Nd: YAG laser. Gastrointest Endosc. 1986;32:112-114..

Este caso demonstrou que a coagulação do plasma de argônio sem a citogastrostomia endoscópica por ultrassonografia pode ser uma opção no manuseio do pseudocisto pancreático de grande volume durante a cistogastrostomia endoscópica.

Referências bibliográficas

  • 1
    Ake Andrén-Sandberg, Christos D. Pancreatic pseudocysts in the 21st century. Part II: Natural history. JOP 2004; 5: 64-70.
  • 2
    Buchi KN, Bowers JH, Dixon JA. Endoscopic pancreatic cystogastrostomy using the Nd: YAG laser. Gastrointest Endosc. 1986;32:112-114.
  • 3
    Lopes CV,Pesenti C,Bories E,Caillol F,Giovannini. M. Endoscopic-ultrasound-guidedendoscopic transmural drainage of pancreatic pseudocysts and abscesses. Scand J Gastroenterol.2007;42:524-529.
  • 4
    Rasmussen DN,Hassan H,Vilmann P. Only few severe complications after endoscopic ultrasoundguideddrainage of pancreatic pseudocysts. Dan Med J.2012;59:A4406.

  • Fonte de financiamento:

    não há

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    26 Ago 2019
  • Data do Fascículo
    2019

Histórico

  • Recebido
    01 Abr 2017
  • Aceito
    06 Fev 2019
Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 278 - 6° - Salas 10 e 11, 01318-901 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (11) 3288-8174/3289-0741 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistaabcd@gmail.com