WILLIAM ABRÃO SAAD: IN MEMORIAN AO GRANDE MESTRE DA CIRURGIA HEPÁTICA!

Marcelo A. F. RIBEIRO-JR Paulo HERMAN Luiz Augusto Carneiro D`ALBUQUERQUE Fabrício F. COELHO Eleazar CHAIB Welington ANDRAUS Ivan CECONELLO William Abrão SAAD JUNIOR Sérgio C. NAHAS Sobre os autores

William Abrão Saad nasceu em 29 de outubro de 1939, na cidade de Araraquara, São Paulo, SP, Brasil. Foram seus progenitores Abrão Fadalala Saad e Carmen Habib Saad. Casou-se com a Sra. Ruth e teve dois filhos, William Abrão Saad Junior e Izabella Colane Barbosa Saad.11 http://lattes.cnpq.br/6576838625252784
http://lattes.cnpq.br/6576838625252784...

Graduou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) em 1966. Especializou-se em cirurgia e dedicou-se à carreira universitária na mesma instituição de ensino onde se formou.

Teve como linhas de pesquisas principais a cirurgia digestiva e transplante do fígado; hipertensão portal e regeneração hepática. Obteve o título de doutor em clínica cirúrgica, em 1972 e o de livre-docente do Departamento de Gastroenterologia, em 1975, ambas na FMUSP.

Galgou a condição de diretor do Serviço de Cirurgia do Fígado e Hipertensão Portal do Hospital das Clínicas da FMUSP, tendo padronizado pioneiramente nesse hospital, a utilização da ultrassonografia intraoperatória além de estimular sua equipe na implementação do programa para realização de hepatectomias videolaparoscópicas, legado que hoje coloca o serviço sob a liderança do Prof. Dr. Paulo Herman, como uma das grandes experiências da América Latina no tema. Foi pioneiro na implementação da cirurgia hepática em nosso meio nos moldes mais contemporâneos, e além disto contribuiu muito na década de noventa com o fortalecimento do transplante de fígado em nosso meio.

Dentre outras funções que desempenhou salientam-se: professor titular da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; professor titular de cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (Unisa); e professor de técnica operatória da Faculdade de Medicina da Universidade Cidade de São Paulo (Unicid).

William Abrão Saad atuou no corpo editorial dos seguintes periódicos: Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (ABCD); Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões; Acta Cirúrgica Brasileira; Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba; e Arquivos de Gastroenterologia.

Recebeu dezenas de prêmios durante sua carreira como docente, sendo homenageado como professor emérito do Gastrão (Curso de Atualização em Cirurgia do Aparelho Digestivo, Coloproctologia e Transplantes ) em 2012 e em 2014 foi homenageado por ter implementado a cirurgia hepática no complexo do Hospítal das Clínicas da FMUSP e, como homem integrado nas atividades em prol da sociedade, foi reconhecido como Cidadão Paulistano em 2009 projeto de autoria do vereador Antonio Carlos Rodrigues.

William Abrão Saad foi membro das seguintes entidades: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva e Asociaciones de Cirugia de Centro América y Panamá (honorário, 2004). Ingressou na Academia de Medicina de São Paulo em 2 de abril de 1982, galgando a condição de membro honorário desse sodalício. Foi membro honorário do Colégio Brasileiro de Cirugiões.

Publicou 139 artigos científicos em revistas nacionais e estrangeiras; 55 resumos em anais de congressos; mais de 10 livros, além de 60 capítulos. Participou de 130 congressos e simpósios, tendo apresentado dezenas de trabalhos. Foi membro de comissão organizadora de seis eventos científicos22 https://search.scielo.org/?lang=pt&count=15&from=0&output=site&sort=&format=summary&fb=&page=1&q=william+abr%C3%A3o+saad
https://search.scielo.org/?lang=pt&count...
,33 https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/?term=william+abr%C3%A3o+saad https://www.researchgate.net/search.Search.html?type=researcher&query=william%20abr%C3%A3o%20saad
https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/?term=wi...
.

Orientou nove teses de mestrado; três de doutorado e outras três monografias. Produziu 20 vídeos científicos. Participou de diversas bancas examinadoras, sendo 18 de concursos públicos; 27 de dissertação de mestrado; duas de qualificação de doutorado; 17 de doutorado; nove de livre-docência e oito de professor titular.

Observa-se que seu legado científico é de destaque e suas contribuições para a cirurgia nacional inquestionáveis. Entretanto, mais do que isto, permitimo-nos lembrar do Professor Saad, o “Saadão”, como amigo, mestre e pelo seu faro para identificar jovens talentos de maneira ímpar. Sempre de fácil trato, simpático, paciente e tolerante, respeitou a todos a sua volta, tratando-os como filhos. Seu jeito bonachão, sempre antenado em tudo ao seu redor, o tornaram uma figura memorável. Quem não foi por ele abordado ao término de uma palestra com o singelo pedido: “...filho, filho, tenho que dar uma aulinha em Sorocaba sobre este tema, posso pegar uma cópia da sua aula??? Daí meus amigos, vocês sabem...” Era uma verdadeira perseguição até ter o material em mãos: motorista na porta do consultório, ligações, etc., sendo que na grande maioria das vezes ele nem a usava... E dever um certificado para ele? Era melhor dever dinheiro com certeza!

Seu carisma e sua bondade lhe permitiram formar dezenas de discípulos por todo o Brasil. Muitos colegas de projeção nacional na comunidade hepatobiliopancreática e de transplantes foram de alguma forma apoiados pelo Professor Saad que estava sempre pronto a contribuir no Serviço de Cirurgia de Figado e Hipertensão Portal do Hospital de Clínicas da FMUSP - onde podemos recordar dos professores Luiz Carneiro, Paulo Herman, Eleazar Chaib do próprio serviço -, os doutores Vicenzo Pugliesi, Maria de Lourdes Capacci, Azzo Witman em São Paulo e em Sorocaba os professores Ronaldo Borghesi, José Mauro Rodrigues, Nelson Bocatto, Gisele Moreira, Angelo Zacariotto, Casio Rosas e Alvaro Gutierrez. Além destes, outros colegas estiveram ao seu lado, como Ben-Hur Ferraz Neto, Rogério Carballo Afonso, Osório Parra, Luigi Peduto, Adriano Pereira Sampaio destacados dentre tantos outros.

Durante 32 anos de convívio pessoal, um dos autores deste editorial (MAFR) refere, dentre centenas de estórias que tem para contar, o fato de que o Professor Saad nunca se negou a apoiá-lo e estimulá-lo principalmente no tocante a sua carreira universitária e profissional. Recorda-se ele de várias ocasiões onde o Professor Saad se prontificava a ajudá-lo em operações de urgência no meio da madrugada sem fazer nenhum questionamento - “pau para toda obra” -, resistente e sempre disposto ao trabalho que, aliás, era o que o movia e estimulava. Operaram juntos mais de 1500 pacientes. Com ele fazia-se de tudo: tireoidectomias, procedimentos ginecológicos, mamários, gastroenterológicos, oncológicos..., ou seja, um cirurgião geral old school, dos que não se fazem mais nos dias de hoje. Refere MAFR que aprendeu muito, e aqui o agradece, in memorian! Refere ainda que pode testemunhar seu carisma, carinho e respeito com os pacientes e familiares, seu jeito simples e acolhedor que lhe permitiram criar uma clínica forte durante todos os seus 55 anos de exercício profissional. No último procedimento cirúrgico em janeiro de 2021 compartilhado com o Professor Saad no Hospital São Camilo em São Paulo, MAFR e o amigo Adriano Sampaio notaram nele sinais de cansaço e dores nas costas, mas... nada que uma novalgina e um copinho com água não resolvesse... Ele não parava!

Sentiremos saudades do Professor Saad, dos seus papos, suas risadas nas operações e dos almoços e jantares depois delas - que ninguém nunca conseguia pagar -, das mensagens no whatsapp todos os dias dando bom dia e boa noite e mandando “beijo...”, até dos casos surpresa, sempre mais complexos do que pareciam e de sua forma simples de encarar os desafios e obstáculos.

O Professor Saad fisicamente se foi, mas sua memória e legado ficarão para sempre entre nós!

Até breve Mestre!

Referências bibliográficas

  • Fonte de financiamento:

    não há

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    05 Jan 2022
  • Data do Fascículo
    2021

Histórico

  • Recebido
    12 Jan 2021
  • Aceito
    26 Jan 2021
Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 278 - 6° - Salas 10 e 11, 01318-901 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (11) 3288-8174/3289-0741 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistaabcd@gmail.com
Accessibility / Report Error