ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo), Volume: 25, Issue: 2, Published: 2012
  • Tribute to a great surgeon of the digestive system: Gerhard Friederik Buess. A Man before his time (Sir Alfred Cushieri) April 10, 1948 - 30 October 2010 Editorial

    Moraes, Roberto da Silveira
  • Robotic surgery, can we live without it? Editorial

    Abdalla, Ricardo Zugaib
  • Incidence and predisponent factors for the migration of the fundoplication by Nissen-Rossetti technique in the surgical treatment of GERD Artigo Original

    Nassif, Paulo Afonso Nunes; Pedri, Lucas Eduardo; Martins, Priscila Reis; Foauni, Marcelo Morikuni; Justen, Marcel da Silva; Varaschim, Michelle; Bopp, Denise Serpa; Malafaia, Osvaldo

    Abstract in Portuguese:

    RACIONAL: A doença do refluxo gastroesofágico é uma das enfermidades do trato gastrointestinal mais frequentes atualmente. A fundoplicatura de Nissen-Rossetti é técnica operatória muito empregada para o tratamento cirúrgico, sendo a migração intratorácica da válvula uma das principais complicações. OBJETIVO: Avaliar a incidência da migração da fundoplicatura e seus fatores de risco. MÉTODO: Analisou-se retrospectivamente 207 prontuários de pacientes submetidos à fundoplicatura videolaparoscópica pela técnica de Nissen-Rossetti para tratamento da doença do refluxo. As variáveis analisadas foram: sexo, idade, esofagite, grau de esofagite, tamanho da hérnia, alargamento da cárdia, encurtamento esofágico. Para as variáveis quantitativas, foi considerado o teste t de Student. Para as nominais, foi considerado o teste de Qui-quadrado ou o teste exato de Fisher. Valores de p<0,05 indicaram significância estatística. RESULTADOS: Do total, 135 eram mulheres (65,22%) e 72 homens (34,78%), com média de idade de 47,43 anos. O tamanho da hérnia variou entre 2 e 6 cm. Duzentos pacientes tinham esofagite (96,62%), sendo 113 (56,50%) grau I, 75 grau II (37,50%) e 12 grau III ou IV (6%). Alargamento de cárdia e esôfago de Barrett foram vistos em 153 (73,91%) e 13 (6,28%) casos, respectivamente. Um paciente apresentava encurtamento esofágico. Dentre as mulheres, 33 (24,4%) apresentaram migração e entre os homens, apenas seis (8,3%) (p = 0,005). A idade média dos pacientes com e sem migração foi de 54,03 e 45,89 anos, respectivamente (p = 0,001). CONCLUSÃO: A incidência da migração da fundoplicatura foi de 18,8%. O gênero feminino e possuir maior idade influenciam na probabilidade dessa migração. O grau de esofagite, tamanho da hérnia e alargamento da cárdia não se mostraram fatores de risco para migração intratorácica da fundoplicatura.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Gastroesophageal reflux is the gastrointestinal tract disease most frequently find nowadays. The Nissen-Rossetti fundoplication is widely used for the surgical treatment, and intrathoracic migration of the valve is the most frequent complication. AIM: To assess the incidence of the fundoplication and its risk factors. METHODS: Were analyzed retrospectively medical records of 207 patients undergoing laparoscopic fundoplication by the Nissen-Rossetti technique for the treatment of reflux disease. The variables analyzed were: sex, age, esophagitis grade, size of the herniation, enlargement of the cardia and esophageal shortening. For quantitative variables, was considered the Student's t test. For the nominal, was considered the chi-square or Fisher's exact test. P values <0.05 were considered statistically significant. RESULTS: Of the total, 135 were women (65.22%) and 72 men (34.78%) with mean age of 47.43 years. The size of the hernia varied between 2 and 6 cm. Two hundred patients had esophagitis (96.62%) and 113 (56.50%) grade I, 75 grade II (37.50%) and 12 grade III or IV (6%). Enlargement of the cardia and Barrett's esophagus were seen in 153 (73.91%) and 13 (6.28%) cases, respectively. One patient had esophageal shortening. Among women, 33 (24.4%) showed migration and among men, only six (8.3%) (p = 0.005). The average age of patients with and without migration was 54.03 and 45.89 years, respectively (p = 0.001). CONCLUSION: The incidence of the fundoplication migration was 18.8%. The gender (female) and higher age influence the probability of migration. The degree of esophagitis, size of hernia and enlargement of the cardia were not risk factors for intrathoracic migration of the fundoplication
  • Laparoscopic and open colorectal resections for colorectal cancer Artigo Original

    Vendramini, Dâmia Leal; Albuquerque, Maurício Mendes de; Schmidt, Eduardo Miguel; Rossi-Junior, Éden Edimur; Gerent, Wilmar de Athayde; Cunha, Viriato João Leal da

    Abstract in Portuguese:

    RACIONAL: A ressecção cirúrgica é o principal elemento do tratamento do câncer colorretal com intenção curativa. OBJETIVO: Analisar os resultados pós-operatórios de ressecções colorretais laparotômicas e videolaparoscópicas por câncer colorretal. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de uma série de 189 pacientes operados. As variáveis descritivas foram idade e gênero, e as de desfecho foram tipo de ressecção, número de linfonodos ressecados, margens, necessidade de ostomia, complicações, tempo operatório e tempo de internação. Elas foram analisadas por meio dos testes do Qui-quadrado, t de student e Mann-Whitney, com nível de significância <0,05. RESULTADOS: Dos 189 pacientes operados, 110 preencheram os critérios de inclusão, sendo 75 (68,2%) operados por cirurgia aberta e 35 (31,8%) por via videolaparoscópica. O cólon sigmóide foi o local mais comum de apresentação da neoplasia e a retossigmoidectomia foi a ressecção colorretal mais realizada, e mais por via aberta (p=0,042). A taxa de conversão foi de 7,9% (3/38). Os pacientes operados por via aberta apresentaram em 81,5% tempo operatório inferior a 180 minutos (p<0,001). Em ambas as vias, o número médio de linfonodos ressecados foi maior que 12, porém a técnica laparotômica permitiu, com maior frequência, a ressecção de 12 ou mais linfonodos (p=0,012). Nenhum paciente apresentou margem cirúrgica comprometida, mas a laparotomia permitiu um maior número de pacientes com margem maior que 5 cm em relação ao tumor (p=0,036). Maior número de pacientes tratados por via aberta esteve internado por tempo superior a sete dias (p<0,001). Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes quanto à necessidade de ostomias, complicações e mortalidade hospitalar. CONCLUSÕES: A abordagem videolaparoscópica foi tão segura e eficaz quanto a laparotômica no tratamento do câncer colorretal, e esteve associada a maior tempo operatório, a menor tempo de hospitalização e a relativa menor morbidade.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Surgical resection is the mainstay of treatment for colorectal cancer with curative intent. AIM: To evaluate the postoperative results of laparoscopic and laparotomic colorectal resections for colorectal cancer. METHODS: A retrospective study of a series of 189 patients. The descriptive variables were age and gender, and for outcome were type of resection, number of lymph nodes resected, free margins, the need for colostomy, complications, operative time and hospital stay. They were analyzed using the chi-square, Student t and Mann-Whitney test, with significance level <0.05. RESULTS: Of the 189 operated patients, 110 met the inclusion criteria, 75 (68.2%) operated by open surgery and 35 (31.8%) by laparoscopic. The sigmoid colon was the most common site presented by neoplasia and rectosigmoidectomy was performed more by open colorectal resection (p = 0.042). The conversion rate was 7.9% (3/38). The patients were operated by open surgery in 81.5% of time less than 180 minutes (p <0.001). In both pathways, the average number of removed lymph nodes was greater than 12, but laparotomy enabled, more frequently, the resection of 12 or more nodes (p = 0.012). No patient had surgical margins involved, but laparotomy allowed a greater number of patients with a margin greater than 5 cm from the tumor (p = 0.036). Increased number of patients treated by open surgery were hospitalized for more than seven days (p <0.001). There were no statistically significant differences regarding the need for ostomies, complications and mortality. CONCLUSIONS: The laparoscopic approach was as safe and effective as laparotomy in the treatment of colorectal cancer, and was associated with increased operative time, shorter hospital stay and less morbidity.
  • Main findings in laboratory tests diagnosis of acute appendicitis: a prospective evaluation Artigo Original

    Goulart, Rafael Nunes; Silvério, Gilson de Souza; Moreira, Marcelo Borges; Franzon, Orli

    Abstract in Portuguese:

    RACIONAL: Apendicite aguda é a doença abdominal cirúrgica mais comum nas unidades de emergência. Embora o diagnóstico seja clínico, a realização de exames complementares pode ser útil na dúvida diagnóstica. OBJETIVO: Avaliar as principais alterações de exames laboratoriais em pacientes com apendicite aguda, assim como sua relação com a fase evolutiva da doença. MÉTODOS: Avaliação prospectiva de pacientes com diagnóstico de apendicite aguda submetidos ao tratamento cirúrgico. RESULTADOS: Cento e setenta e nove pacientes participaram deste estudo, a maioria do sexo masculino. A idade média foi de 26 anos. Em relação à contagem de leucócitos, 46,9% apresentavam valores <15.000 mm3. A porcentagem média dos polimorfonucleares foi de 81,7%, de bastões 1,2%, de eosinófilos 1%, de linfócitos 12,8% e de monócitos 2,9%. A proteína C reativa foi solicitada para 54 pacientes. Ela foi <10 mg/dl em 19, entre 10 e 50 mg/dl em 24 e maior ou igual a 50 mg/dl em 11. Com relação à fase evolutiva 64% pacientes apresentaram estágio inicial (fases 1 e 2), 16,2% fase 3 e 35 fase 4. 57% dos pacientes com contagem de leucócitos totais maior ou igual a 20.000/mm3 apresentaram perfuração apendicular (p<0,05). A porcentagem de leucócitos polimorfonucleados de pacientes com fases iniciais foi menor em relação às avançadas (79,8% e 85,1%, respectivamente), com valor de p<0,05. Pacientes com fases avançadas de apendicite aguda a quantidade de linfócitos foi menor em relação às iniciais (9,3% e 14,8%, respectivamente), com valor de p<0,05. Noventa e quatro porcento dos pacientes com valores de proteína C reativa <10 mg/dl apresentaram fases iniciais de inflamação apendicular (p<0,05). CONCLUSÃO: Houve associações significativas entre contagem total e diferencial de leucócitos, valores de proteína C reativa e fase evolutiva de inflamação apendicular.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Acute appendicitis is the most common surgical abdominal disease in the emergency room. Although the diagnosis is clinical the complementary tests may be useful in doubt. AIM: To evaluate the main laboratory tests in patients with acute appendicitis, as well as its relationship with the evolutionary stage of the disease. METHODS: Prospective evaluation of patients with acute appendicitis who underwent surgical treatment. RESULTS: A total of 179 patients participated in this study, most were male. The mean age was 26 years. For leukocyte count 46.9% had values <15.000mm3. The mean percentage of polymorphonuclear cells was 81,7%, 1,2% of sticks, 1% eosinophils, lymphocytes 12,8% and 2,9% monocytes. C-reactive protein was required for 54 patients. It was <10 mg/dl in 19, between 10 and 50 mg/dl in 24 and greater than or equal to 50 mg/dl in 11. Regarding the evolutionary phase 64% patients had early stage (stages 1 and 2), 16,2% stage 3 and 35 stage 4. A total of 57% of patients with white blood cell count greater than or equal to 20.000/mm3 had appendicular perforation (p<0,05). The percentage of polymorphonuclear leukocytes from patients with early stages was lower than the later stages (79,8% and 85,1%, respectively), with p<0,05. Patients with advanced stages of acute appendicitis, the number of lymphocytes was lower than the initial stages (9,3% and 14,8%, respectively), with p<0,05. 94% of patients with C-reactive protein values <10 mg/dl showed early stages of appendicular inflammation (p<0,05). CONCLUSION: A significant association among total and differential leukocyte count, C-reactive protein values and evolutionary phase of appendiceal inflammation was found in this prospective analysis.
  • Pharyngoesophageal diverticulum surgical therapy using linear stapling device Artigo Original

    Aquino, José Luis Braga de; Said, Marcelo Manzano; Chagas, José Francisco Salles; Leandro-Merhi, Vânia Aparecida; Gallo-Junior, Eusébio José; Cecchino, Gustavo Nardini; Assunção, Mayra Todeschini

    Abstract in Portuguese:

    RACIONAL: O divertículo faringoesofágico apresenta-se como distúrbio pouco frequente e é provável que este fato seja responsável pela dificuldade encontrada na escolha do método terapêutico mais eficaz. O tratamento cirúrgico ainda é a principal opção terapêutica. No entanto, há controvérsias quanto à técnica cirúrgica que garante melhores resultados. OBJETIVO - Avaliar a eficácia da diverticulectomia com miotomia do músculo cricofaríngeo pela sutura mecânica linear no tratamento cirúrgico do divertículo faringoesofágico em uma série de pacientes no tocante às suas complicações locais e sistêmicas. MÉTODO: Foram atendidos 19 pacientes com divertículo de Zenker. Todos apresentavam as condições clínicas necessárias e preenchiam os critérios de elegibilidade para realização do procedimento cirúrgico. Após a diverticulectomia com sutura mecânica todos foram submetidos a avaliação pós-operatória no sentido de identificar a manifestação de qualquer tipo de complicação. Os pacientes foram estudados retrospectivamente através da análise de prontuários e descrição da internação hospitalar realizada no momento da operação e da evolução ambulatorial. RESULTADOS: A totalidade apresentou resultados satisfatórios, sem evidência de fístula ao nível da sutura da faringe no período pós-operatório precoce. Somente dois indivíduos perderam seguimento na avaliação tardia e um desenvolveu estenose faríngea revertida com dilatação endoscópica. Todos referiram estar satisfeitos com o procedimento empregado e relataram melhora na qualidade de vida ao final do seguimento, proporcionada pelo retorno da deglutição. CONCLUSÃO: A diverticulectomia com a miotomia do músculo cricofaríngeo e posterior fechamento da faringe com sutura mecânica linear mostrou-se técnica eficaz, com poucas complicações pós-operatórias e melhora significativa na qualidade de vida.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Pharyngoesophageal diverticulum presents itself as an uncommon disorder. Thus, choosing the most effective treatment method may be challenging. Surgical treatment remains as the main option. However, establishing the best surgical technique is still controversial. AIM: To evaluate the results of diverticulecomy with chricopharyngeal miotomy and linear stapler closure of the pharynx in a patient sample with Zenker`s diverticulum regarding local and systemic complications. METHODS: Nineteen patients with pharyngoesophageal diverticulum were admitted. All of them presented the clinical conditions required to indicate the surgical procedure. Patients were evaluated with regard to any post-operative complications. This study was conducted retrospectively with patients' data analysis. RESULTS - Patients showed satisfactory results, with no evidence of fistula at the level of the pharyngeal suture. Two out of 19 lost post-operative follow-up and one of them had pharyngeal stenosis reverted with endoscopic dilation. The entire sample reported being satisfied with the procedure emphasizing improvement of the quality of life mainly due to the return of physiological deglutition. CONCLUSION: The diverticulectomy with myotomy and posterior pharyngeal closure with linear surgical stapler proved to be an effective technique, offering a lower risk of post-operative complications and improving the overall quality of life.
  • Factors associated with chronic gastritis in patients with presence and absence of Helicobacter pylori Artigo Original

    Ddine, Lissa Chamse; Ddine, Charif Chamse; Rodrigues, Cíntia Corte Real; Kirsten, Vanessa Ramos; Colpo, Elisângela

    Abstract in Portuguese:

    RACIONAL - A gastrite crônica é inflamação da mucosa do estômago, que tem como principal fator etiológico o Helicobacter pylori. OBJETIVO - Verificar fatores associados com a gastrite crônica em pacientes com presença e ausência do H. pylori, visando obter maior conhecimento sobre os fatores etiológicos, manifestações clínicas, hábitos alimentares e de vida nesses pacientes. MÉTODOS - Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo com dados de prontuário de pacientes com gastrite crônica atendidos em ambulatório. A pesquisa foi realizada por meio de um questionário que investigava fatores etiológicos da gastrite crônica, bem como as manifestações clínicas das doenças, os hábitos alimentares e de vida, entre outros. Endoscopia digestiva e pesquisa do H. pylori foi a forma de diagnóstico da gastrite crônica. Para análise estatística foi utilizado o teste qui-quadrado. RESULTADOS - Dos 94 pacientes avaliados a maioria era sintomático, apresentando pirose, eructações, dor epigástrica, plenitude gástrica e náuseas. Em 56,6% (n=54) dos individuos foi detectada a presença da bactéria e em 43,6% (n=40) não foi achado fator etiológico específico. Os resultados que se mostraram significativos foram em relação à distensão abdominal e refluxo gastroesofágico, observando-se aumento desses fatores em pacientes que tinham a bactéria. Além disso, tornou-se evidente que além do H. pylori outros fatores estão relacionados com a gastrite crônica como: utilização de medicamentos, tabaco, álcool e pacientes que apresentavam hábitos alimentares com alimentação inadequada, realização de refeições rápidas, e dialogar durante as refeições. Também foram verificados estarem relacionados ansiedade, estresse e doenças associadas que pudessem aumentar a secreção ácida. CONCLUSÃO - Vários fatores etiológicos oriundos de hábitos alimentares e estilo de vida, como tabagismo, alcoolismo, ansiedade, estresse, doenças associadas e nutrição inadequada, interagem para o início das manifestações clínicas, e a presença ou ausência de H. pylori não mostrou diferenças significativas no estado clínico dos pacientes.

    Abstract in English:

    BACKGROUND - Chronic gastritis is an inflammation of the stomach mucosa, which is considered its main etiological factor the Helicobacter pylori. AIM - To observe the differences in patients with chronic gastritis as well as the presence and absence of H. pylori, to obtain a better understanding of the etiological factors, clinical, dietary and lifestyle habits and associated diseases. METHODS - This was a descriptive study, retrospective medical records of patients with chronic gastritis treated as outpatients. Endoscopy and research of H. pylori was used in the diagnosis of chronic gastritis. The survey was conducted through a questionnaire to ascertain the risk factors for chronic gastritis and the clinical manifestations of disease, dietary and lifestyle habits, family history of the disease, weight changes and medications. For statistical analysis was used Spearman coefficient. Data were considered statistically significant p<0.05. RESULTS - Of the 94 patients evaluated were symptomatic with heartburn, belching, epigastric pain, fullness and nausea. In 56.6% (n = 54) of individuals was detected the presence of bacteria and in 43.6% (n = 40) was not found any specific etiologic factor. Was performed chi-square statistical test of clinical manifestations and factors such as stress and anxiety, leading to positive correlation. It became evident that the risk factors for disease are diverse, including the use of drugs, alcoholism, eating quickly, talking during meals, with significant relation to abdominal distension and reflux. The patients with the bacteria, had a higher risk of experiencing these symptoms. CONCLUSION - Various etiological factors in eating habits and lifestyle, as smoking, alcoholism, anxiety, stress, associated diseases and inadequate nutrition, interact to the onset of clinical manifestations, and the presence and absence of H. pylori did not show significant changes in patient clinical status.
  • Surgical treatment of pancreatic insulinomas Artigo Original

    Bonato, Flávia Thaiana; Coelho, Júlio Cezar Uili; Petruzzielo, Andrea; Matias, Jorge Eduardo Fouto; Ferreira, Gustavo Arantes

    Abstract in Portuguese:

    RACIONAL - O insulinoma do pâncreas é neoplasia neuroendócrina proveniente das células beta das ilhotas pancreáticas. Apesar de rara, é a neoplasia endócrina pancreática mais comum, com cerca de quatro casos por milhão de pessoas. O tratamento preferencial dos insulinomas é cirúrgico. OBJETIVO - Analisar as características clínicas, epidemiológicas, cirúrgicas e anatomopatológicas dos pacientes tratados na última década em dois serviços. MÉTODOS - Foram revisados retrospectivamente os prontuários dos pacientes submetidos à cirurgia para tratamento de insulinoma no período de 1999 a 2011. Dados demográficos, tipo e duração dos sintomas, associação ou não à síndrome endócrina e exames diagnósticos foram obtidos dos registros de prontuários. Analisaram-se, também, o método cirúrgico, achados intra-operatórios e complicações imediatas e tardias. RESULTADOS - Dezesseis pacientes com diagnóstico de insulinoma foram submetidos ao tratamento cirúrgico. Foram excluídos dois por falta de registros completos no prontuário. Do total, 68,7% eram mulheres. A idade variou de 20 a 60 anos, com média de 39 anos. Apenas um caso era associado à síndrome de neoplasia endócrina múltipla tipo 1. Sintomas neuropsiquiátricos, principalmente a síncope, foram os mais comuns. A duração média das manifestações clínicas até o diagnóstico foi de um ano e meio. Exames de imagem foram utilizados em todos os pacientes com 68,7% de localização pré-operatória do tumor. Todas as operações foram realizadas de forma convencional (aberta), sem uso da laparoscopia. As lesões foram identificadas em todas as porções do pâncreas sendo a maioria na cabeça pancreática. O alívio dos sintomas só não foi obtido em um paciente. Não houve óbito entre os pacientes analisados. CONCLUSÃO - O diagnóstico de insulinoma é frequentemente estabelecido após vários meses do início das manifestações clínicas e o tratamento cirúrgico é curativo na quase totalidade dos pacientes.

    Abstract in English:

    BACKGROUND - Insulinoma is a pancreatic neuroendocrine tumor originated from pancreatic islet beta cells. Although rare, is the most common pancreatic endocrine tumor, with about four cases per million people. The preferential treatment of insulinoma is surgical. AIM - To analyze the epidemiological, pathological, clinical and surgical patients treated in the last decade in two surgical services. METHODS - Were retrospectively reviewed the medical records of patients undergoing surgical treatment of insulinoma in the period of 1999 to 2011. Demographic data, type and duration of symptoms, associated or not with endocrine syndrome and diagnostic tests were obtained from medical records. Were analyzed the method of surgery, intraoperative findings and immediate and late complications. RESULTS - Sixteen patients with insulinoma underwent surgical treatment, 68,7% were women. The age ranged from 20 to 60 years, with a mean age of 39 years. Only one case was associated with multiple endocrine neoplasia type 1. Neuropsychiatric manifestations, mainly syncope , were the most prevalent. The average duration of clinical manifestations until the diagnosis was one year and a half. Imaging tests were used in all patients with 68.7% of preoperative tumor localization. All operations were performed in a conventional (open) manner, without use of laparoscopy. The lesions were identified in all portions of the pancreas with the majority in the pancreatic head. Relief of symptoms was not obtained only in one patient. There were no deaths among the patients. CONCLUSION - The diagnosis of insulinoma is often established after several months of the onset of clinical manifestations and surgical treatment is curative in almost all patients.
  • Ischemia/reperfusion injury after continuous or intermittent hepatic pedicle clamping in rabbits Artigo Original

    Seabra, André Luis Ramires; Savassi-Rocha, Paulo Roberto; Vasconcelos, Anilton César; Lima, Agnaldo Soares; Rodrigues, Kelly Cristine Lacerda; Almeida, Herbert Motta de

    Abstract in Portuguese:

    RACIONAL: O controle do sangramento na hepatectomia é um desafio para os cirurgiões. A clampagem do pedículo hepático é manobra cirúrgica que pode promover redução do sangramento, mas provoca isquemia hepatocelular. Isso, junto com a reperfusão depois que a clampagem termina, leva à lesão de isquemia e reperfusão. OBJETIVO: Examinar os efeitos da lesão de isquemia e reperfusão no fígado após clampagem contínua e intermitente do pedículo hepático, usando a quantificação de apoptose como ferramenta. MÉTODO: Vinte coelhos New Zealand foram divididos em grupos 1 (controle), 2 (60 minutos de isquemia contínua) e 3 (60 minutos de isquemia intermitente alternando 12 minutos de isquemia e três minutos de reperfusão). Biópsias hepáticas foram colhidas antes e ao fim da isquemia e após seis horas de reperfusão, quando os animais eram sacrificados. Os fragmentos obtidos foram submetidos à análise histológica e histoquímica (reação de Tunel). Campos microscópicos foram analisados para caracterização e quantificação de apoptose. RESULTADOS: A isquemia levou à elevação do índice apoptótico em ambos os grupos experimentais em relação aos controles, mas similar entre eles. Depois da reperfusão os índices voltaram aos valores iniciais. CONCLUSÃO: A clampagem do pedículo hepático, tanto contínua quanto intermitente, induz a apoptose em células hepáticas de modo igual.

    Abstract in English:

    BACKGROUND : The control of bleeding in hepatectomy is a challenge for surgeons. The hepatic pedicle clamping is a surgical maneuver that can provide reduction in bleeding, but it provokes a hepatocellular suffering. This, along with reperfusion after the clamping finishes, leads to an injury known as ischemia/reperfusion injury. AIM: To examine the effects of the ischemia/reperfusion injury on the liver after continuous and intermittent hepatic pedicle clamping in an animal model, using the quantification of apoptosis for evaluation. METHOD: Twenty New Zealand rabbits were assigned to groups 1 (control), 2 (60 minutes of continuous ischemia) and 3 (60 minutes of intermittent ischemia alternating 12 minutes of ischemia and three minutes of reperfusion). Liver biopsies were collected before ischemia, at its end and after six hours of reperfusion, when the animals were killed. The liver fragments were subjected to histological analysis (paraffinization and hematoxilin-eosin staining) and histochemical (Tunel reaction). Microscope fields of view were scanned for characterization and quantification of apoptosis. RESULTS : Ischemia led to an increased apoptotic index in both experimental groups in comparison to controls, but similarly between them. After the reperfusion, the indexes returned to baseline values. CONCLUSION: Clamping of the hepatic pedicle, either continuous or intermittent, induces apoptosis in liver cells in a similar way.
  • Análise da mortalidade na lista de espera de fígado no Paraná, Brasil: o que devemos fazer para enfrentar a escassez de órgãos? Artigo Original

    Silveira, Fábio; Silveira, Fábio Porto; Macri, Matheus Martin; Nicoluzzi, João Eduardo Leal

    Abstract in Portuguese:

    RACIONAL: O transplante hepático é a melhor modalidade terapêutica para pacientes em estágio final de doença hepática. Minimização de morte, enquanto se espera o procedimento, envolve priorização de acordo com o estado clínico e a alocação adequada de fígados de doadores. OBJETIVO: Análise da mortalidade na lista de espera de fígado no estado do Paraná, PR, Brasil. MÉTODOS: Foram analisados os dados sobre todos os pacientes (n = 65) que foram registrados na lista de espera de fígado durante um período de 32 meses. RESULTADOS: A morte em lista de espera foi de 41,5% (n = 27). Nenhuma diferença estatística foi observada em relação aos MELD / MELD-Na entre o grupo que faleceu (19,88 / 21,6) e não morreu (17,28 / 19,47). MELD-Na previu maior mortalidade, especialmente no subgrupo de pacientes com gravidade intermediária da doença (classe B) previsto pelo escore de CTP. CONCLUSÃO: É crítica a escassez de doadores de órgãos nessa região e a taxa de mortalidade em lista de espera excede em muito o risco inerente de um transplante de fígado, especialmente entre pacientes com MELD mais baixos. É desejável a utilização de um protocolo agressivo de doadores com critérios expandidos, split liver e transplante de doador vivo.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Orthotopic liver transplantation is the best therapeutic modality for patients with end stage of liver disease. Minimization of death, while waiting for the procedure, involves accurate priorization according to clinical status and appropriate allocation of donor livers. AIM: The mortality analysis in the liver waiting list in Paraná state, PR, Brazil. METHODS: Were analyzed the data on all patients (n=65) who were registered on the liver waiting list during a 32 months period in the state of Paraná, southern Brazil. RESULTS: The death rated in waiting list was 41,5% (n=27). No statistic difference was observed regarding the MELD/MELD-Na scores between the group who died (19,88/21,6) and not died (17,28/19,47). MELD-Na predicted a higher mortality, especially in the subgroup of patients with intermediate severity of disease (class B) predicted by the CTP score. CONCLUSION: It´s critical the shortage of donor organs in our region, waiting list mortality rate far exceeds the inherent risk of a liver transplant, especially among patients with lower MELD scores. It´s desirable to use an aggressive protocol of expanded criteria donors, split liver and living donor transplant.
  • Correlação da infiltração das células Natural Killer (NK) CD 57+ no prognóstico do adenocarcinoma gástrico Artigo Original

    Rosso, Déborah; Rigueiro, Moacyr P.; Kassab, Paulo; Ilias, Elias Jirjoss; Castro, Osvaldo A. P.; Novo, Neil Ferreira; Lourenço, Laércio G.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a concentração da célula Natural Killer (NK) no adenocarcinoma gástrico operado, e sua correlação com fatores prognósticos e sobrevida MÉTODOS: Foram estudados 72 doentes portadores de adenocarcinoma gástrico e que foram submetidos à gastrectomia com linfadenectomia D2. A concentração de célula NK foi avaliada por técnica de imunoistoquímica pelo reagente CD57. Os doentes foram divididos em dois grupos: alta concentração de células (n=32) (>15 células /10 campos de grande aumento) e baixa concentração (≤ 15 células/10 campos de grande aumento). Esses dois grupos foram comparados com seguintes fatores prognósticos: gênero, idade, localização do tumor, grau de diferenciação celular, classificação de Lauren, estádio, disseminação linfática, metástases e sobrevida. A curva de Kaplan-Meier foi empregada para avaliação de sobrevida e a análise multivariada para avaliação dos fatores prognósticos. RESULTADOS: Não houve relação das células NK com as diversas variáveis estudadas, a não ser com o estádio, onde houve significância (p<0,02), quando houve alta concentração nos estádios mais avançados. A sobrevida foi maior (p=0,0025) no grupo de Alta concentração de NK. Na análise de sobrevida no estádio tardio, o grupo de alta concentração obteve sobrevivência maior (p<0.0001). E na análise multivariada a concentração de células NK foi um fator prognóstico independente (p=0,0027, hazard ratio = 0.343). CONCLUSÕES: A concentração de células NK não difere entre as variáveis prognósticas, com exceção do estadiamento. Doentes com alta concentração de células NK apresentaram maior sobrevida quando comparados aos de baixa concentração, principalmente no estádio tardio.

    Abstract in English:

    AIM: To evaluate the concentration of Natural Killer cells (NK) cells in adenocarcinoma of the stomach, and its correlation with prognostic factors and survival. METHODS: Seventy-two patients with gastric adenocarcinoma who underwent gastric resection surgery and D2 lymphadenectomy in the period 1997-2007 were analyzed. The concentration of NK cells was evaluated by immunohistochemistry technique with the reagent CD57. Patients were divided into two groups: high concentration (n = 32) (more than 15 cells per 10 high power field) and low concentration (less or equal than 15 cells per 10 high power field). These two groups were compared with several prognostic factors such as: gender, age, tumor location, tumor differentiation, Lauren classification, stage, lymph nodes involvement, distant metastases and survival. The Kaplan-Meier curve was applied to evaluate survival and multivariate analysis of prognostic factors for evaluation. RESULTS: There was no relationship of NK cells with the several variables studied, except to the tumor stage (p<0.02) with high concentration in more advanced stages. Survival was better (p = 0.0025) in the group of high concentration of NK. The survival analysis in advanced stage shown that the group with high concentration had higher survival (p<0.0001). In multivariate analysis, the concentration of NK cells was an independent prognostic factor (p = 0.0027, Hazard Ratio = 0343). CONCLUSIONS: The concentration of NK cells did not differ among the prognostic variables, with the exception of the staging. Patients with high concentration of NK cells showed a higher survival rate when compared to the low concentration, especially in the advanced stage.
  • Estresse em procedimentos cirúrgicos Artigo de Revisão

    Daian, Márcia Rodrigues; Petroianu, Andy; Alberti, Luiz Ronaldo; Jeunon, Ester Eliane

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Este artigo tem como objetivo rever estudos sobre o estresse psicológico no perioperatório de pacientes adultos submetidos a operações de médio e grande porte, sob anestesia geral. MÉTODOS: Foram estudados trabalhos publicados e catalogados nas bases de dados Medline interface Pubmed, Lilacs e Biblioteca Virtual de Saúde - BVS desde 1984, cruzando-se os descritores estresse, cirurgia, anestesia geral, psicologia Encontraram-se mais de 800 artigos relacionados a estresse e cirurgia, que foram analisados em função de sua pertinência com o tema proposto. Desses, 18 abordaram o estresse psíquico. Os resultados levantados confirmaram a existência do estresse, tanto físico quanto psicológico, no período perioperatório e a relação entre estresse e evolução clínica de pacientes. Após a análise dos estudos observou-se a lacuna existente na literatura consultada, sobre a ação do estresse psíquico nesse período. CONCLUSÃO: O conhecimento mais aprofundado das implicações psicológicas do estresse pode beneficiar pacientes e profissionais de saúde no tratamento cirúrgico.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The purpose of this article was to provide the literature regarding the psychological stress in the peri-operative period of adult patients undergoing operations under general anesthesia. METHODS: The articles were obtained by surveying the papers published and catalogued in the Medline Pubmed interface database, Lilacs and the Biblioteca Virtual de Saúde (BVS) since 1984, crossing the headings stress, surgery, general anesthesia, psychology. Over 800 articles related to stress and surgery were analyzed with regards to their relevance to the considered subject. Eighteen articles were related to psychological stress. Their results confirmed the presence of psychological and physical stress, during the peri-operative period as well as relation between stress and de clinical post-operative recovery. There is a gap regarding in the peri-operative period. CONCLUSION: More studies on psychological influence on stress may benefit patients and help professionals during the surgical treatment.
  • A estimulação russa no fortalecimento da musculatura abdominal Artigo de Revisão

    Lima, Evelyne Patrícia Fernandes; Rodrigues, Geruza Baima de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO - A flacidez muscular surge com maior frequência nas mulheres, o que causa fator ruim para a estética corporal. OBJETIVO - Analisar os resultados da corrente russa no fortalecimento da musculatura abdominal. MÉTODOS - Revisão bibliográfica com base nas publicações acessíveis pelas seguintes bases de dados: Medline/Pubmed, Scielo, Lilacs com cruzamento dos descritores corrente russa, flacidez, abdômen. O uso da eletroestimulação age tanto sobre as fibras brancas, que respondem pela velocidade, como também sobre as fibras vermelhas dado à sua sustentação, e ainda sobre as fibras intermediárias. CONCLUSÃO - Os dados publicados mostram a satisfação e êxito do tratamento, enfatizando que a corrente russa favorece o aumento da hipertrofia e força muscular.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION - Muscle weakness appears most often in women, the factor that causes bad esthetics. OBJECTIVE - To analyze the results of the Russian current strengthening the abdominal muscles. METHODS - Literature review based on publications available in the following databases: Medline / Pubmed, Scielo, Lilacs with crossing headings Russian current, sagging, abdomen. The use of electrical stimulation acts both on the white fibers, which account for the speed, but also on the red fibers given their support, and on intermediate fibers. CONCLUSION - The data published show the satisfaction and success of treatment, emphasizing that the Russian current promotes increase of muscle strength and hypertrophy.
  • Procedimento de Rives/Stoppa modificado robô-assistido para correção de hernias ventrais da linha média Técnica

    Abdalla, Ricardo Zugaib; Garcia, Rodrigo Biscuola; Costa, Rafael Izar Domingues da; Luca, Claudio Renato Penteado de; Abdalla, Beatrice Martinez Zugaib

    Abstract in Portuguese:

    RACIONAL: Os defeitos da linha média podem ser congênitos ou adquiridos. Os procedimentos convencionais para correção desse defeito geralmente envolvem grandes incisões, com grandes descolamentos de pele e tecido celular subcutâneo. O uso da videocirurgia para a correção desses defeitos, ainda é controverso. OBJETIVOS: Realizar descrição inédita na literatura, mostrando a experiência inicial do uso da robótica nas reconstruções de linha média, associando a cirurgia minimamente invasiva à técnicas consagradas como Rives/Stoppa e separação de componentes. MÉTODOS: Foram operados cinco pacientes no mesmo hospital, pela mesma equipe, usando o sistema robótico da Vinci S. RESULTADOS: Foram três mulheres e dois homens, sem mortalidade na amostra. Duas pacientes foram reoperadas com hérnia pelo tunel entre os músculos retos do abdomen e aponeurose posterior, com fechamento dos mesmos na reoperação. CONCLUSÕES: O procedimento robótico para reconstrução da linha média mostrou-se factível e esteticamente aceitável. Tem a vantagem de seguir os princípios tradicionais aventados para a parede abdominal através de via minimamente invasiva.

    Abstract in English:

    BACKGROUND:The weakness of the linea alba can be caused by congenital and aquired factors. The conventional procedure to correct these imperfections generally involve large incisions with big detachments of the skin and subcutaneous tissue. The use of videosurgery for the repair of these weaknesses is still controversy. AIM: To describe a new procedure using robotics in the repair of the linea alba, associating minimally invasive tecniques by Rives/Stoppa and component separation tecniques. METHODS: Five patients undergone surgery in the same hospital, the same operating team and using the Da Vinci S. robotics equipment. RESULTS: Three women and two men undergone surgery, with no mortality. Two of these patients were re-operated due a recurrent hernia between muscle and posterior sheath that was closed in the re-access. CONCLUSIONS: The robotic procedure in the reconstruction of the linea alba showed itself feasible and aesthetically acceptable. Also, in advantage, the procedure follows the traditional principals reputable by experts of the abdominal wall trough minimally invasive surgery.
  • Cisto de colédoco como achado incidental ultrassonográfico: relato de caso e revisão da literatura Cartas ao Editor

    Guerra, Solon Cavalcanti; Teixeira, Uirá Fernandes
  • Tricobezoar gigante: relato de caso e revisão da literatura Cartas ao Editor

    Silveira, Henrique José Virgili; Coelho-Junior, José Antônio; Gestic, Martinho Antônio; Chaim, Elinton Adami; Andreollo, Nelson Adami
  • Cisto mesentérico: relato de caso e revisão de literatura Cartas ao Editor

    Magno-Junior, Carlos; Batista, Carlos Augusto Marques; Leite, Gerson França; Lima, Hélio Alves de; Paula, Joaquim Ferreira de; Kim, Monika P.; Mendes, Wilker Benedetti
Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 278 - 6° - Salas 10 e 11, 01318-901 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (11) 3288-8174/3289-0741 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistaabcd@gmail.com