Caso para diagnóstico

Sheila Viana Castelo Branco Gonçalves Neusa Yuriko Sakai Valente José Vitor de Oliveira Junior Daniele Loureiro Mangueira Paiva Sobre os autores

A poroceratose é uma desordem primária de queratinização, de etiologia desconhecida. Apresenta-se com lesões eritemato-acastanhadas com crista periférica e centro normal ou atrófico, e está associada ao achado anatomopatológico de lamela cornoide. O envolvimento genital nessa doença é extremamente raro. Não mais que trinta casos têm sido descritos na literatura, sendo um desses casos de poroceratose linear localizado na área genital. Descrevemos um caso de poroceratose linear genital tratado com crioterapia. Durante dois anos de seguimento, houve melhora do aspecto das lesões, sem recorrência ou sinais de transformação maligna. Entretanto, um acompanhamento a longo prazo se faz necessário.

crioterapia; genitália; genitália masculina; poroceratose


Sociedade Brasileira de Dermatologia Av. Rio Branco, 39 18. and., 20090-003 Rio de Janeiro RJ, Tel./Fax: +55 21 2253-6747 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revista@sbd.org.br