Caso para diagnóstico

Paciente de 80 anos, branco, sexo masculino, encaminhado para avaliação de nódulo eritematoso de 2 cm, assintomático, de crescimento rápido, localizado na região malar esquerda, com quatro meses de evolução. À dermatoscopia visualizou-se fundo homogêneo róseo com telangiectasias polimorfas. O exame anatomopatológico revelou massas tumorais atingindo a derme profunda e o subcutâneo, compostas por células arredondadas, de citoplasma escasso. A imunohistoquímica foi positiva para CK20, confirmando o diagnóstico de carcinoma de células de Merkel.

carcinoma de célula de Merkel; carcinoma neuroendócrino; dermatoscopia; imunohistoquímica


Sociedade Brasileira de Dermatologia Av. Rio Branco, 39 18. and., 20090-003 Rio de Janeiro RJ, Tel./Fax: +55 21 2253-6747 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revista@sbd.org.br