Desafio clínico e histológico no diagnóstico diferencial de alopecia difusa: alopecia androgenética, eflúvio telógeno e alopecia areata - parte I

Alopecia androgenética difusa (alopecia de padrão feminino), eflúvio telógeno e alopecia areata difusa podem ter apresentações clínicas similares. Detalhes sutis no exame físico e na dermatoscopia do couro cabeludo podem ser úteis no diagnóstico diferencial e interferir na conduta e resultados terapêuticos. Os autores apresentam uma discussão prática de como abordar a paciente com alopecia difusa considerando dados da história clínica, exame físico e dermatoscópico. Quando a dúvida persistir após uma análise cuidadosa dos aspectos clínicos, uma biópsia de couro cabeludo pode permitir a distinção entre as três doenças. Nesta primeira parte, a alopecia androgenética de padrão feminino é abordada em maior detalhe e se faz uma revisão objetiva das principais alterações microscópicas observadas.

Alopecia; Alopecia em áreas; Biópsia; Dermoscopia


Sociedade Brasileira de Dermatologia Av. Rio Branco, 39 18. and., 20090-003 Rio de Janeiro RJ, Tel./Fax: +55 21 2253-6747 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revista@sbd.org.br