Relação da ginecomastia puberal com o índice de massa corporal em amostra de adolescentes atendidos em Unidade de Pacientes Externos de Hospital Universitário

The relation between pubertal gynecomastia and body mass index in a sample of adolescents attended at the Outpatient Health Unit of a University Hospital

Nádia F. Rivera Evelyn Eisenstein Cláudia B. M. A. Cardoso Sobre os autores

OBJETIVO: Avaliar a associação entre a ginecomastia puberal e o índice de massa corporal (IMC) por idade. MÉTODOS: Uma amostra de 109 casos de indivíduos com idades de 11 a 19 anos foi selecionada na unidade ambulatorial de adolescentes do Hospital Universitário Pedro Ernesto, no período de 2003 a 2006. Os dados antropométricos coletados foram: peso, altura, diâmetro mamário e estágio de maturação sexual. A análise do IMC por idade foi baseada no NHANES I e nos pontos de corte de Cole para sobrepeso e obesidade. O nível de significância foi de p < 0,005. RESULTADOS: A porcentagem de adolescentes com sobrepeso e obesidade foi de 50,4%. O diâmetro mamário aumentou de 1,5 ± 1,0 a 4,86 ± 2,20 cm, mostrando correlação significante com os percentis do IMC por idade (Pearson = 0,59). CONCLUSÕES: O estudo confirmou a correlação significante do diâmetro mamário com os percentis de IMC, demonstrando a associação entre a ginecomastia puberal e IMC mais altos.

Adolescência; antropometria; ginecomastia; obesidade; índice de massa corporal


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br
Accessibility / Report Error