Frequência de neoplasia de diversos tipos em um grupo de pacientes acromegálicos

OBJETIVO: Determinar a frequência de câncer de cólon, hiperparatireoidismo primário, tumores de tireoide e pele em todos os acromegálicos em seguimento no Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu de 2005 a 2011. SUJEITOS E MÉTODOS: Esses pacientes foram avaliados retrospectivamente quanto a presença de câncer de cólon, hiperparatiroidismo primário, tumores da tiroide e pele. RESULTADOS: Dos 29 pacientes incluídos no início do estudo, dois foram excluídos. Dentre os 19 pacientes submetidos à colonoscopia, um apresentou adenocarcinoma de cólon (5%). Nódulos de tireoide estiveram presentes em 65% dos pacientes e carcinoma papilífero, em dois deles (7,7%). Quatro pacientes apresentaram hiperparatireoidismo primário (15%). A maioria das lesões de pele foram: espessamento (100%), acrochordons (64%), cistos epidérmicos (50%), pseudoacantose nigricans (50%) e apenas um paciente apresentou carcinoma basocelular. CONCLUSÃO: O tamanho da amostra é pequeno, mas nossos achados confirmam a alta frequência da neoplasia da tireoide e hiperparatireroidismo neste grupo de pacientes.

Acromegalia; câncer de tireoide; câncer de cólon; hiperparatireoidismo primário


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br