Accessibility / Report Error

Associação entre carboidratos da dieta habitual e diabetes mellitus tipo 2: evidências epidemiológicas

Association between dietary carbohydrates and type 2 diabetes mellitus: epidemiological evidences

A prevalência do diabetes tem se elevado vertiginosamente e a dieta habitual é um dos principais fatores determinantes passíveis de modificação na prevenção de doenças crônicas não-transmissíveis (DCNT). Evidências sobre o papel da qualidade dos carboidratos da dieta no risco para o diabetes tipo 2 têm sido consideradas inconsistentes. O presente estudo de revisão da literatura analisa evidências epidemiológicas da associação entre a qualidade dos carboidratos da dieta habitual e risco de diabetes em adultos. Embora alguns estudos indiquem um efeito de risco de dietas com elevados teores de índice glicêmico e pobre em fibras para o diabetes, os resultados são controversos e há indícios de um efeito mediado pelo magnésio contido na casca dos grãos, enfatizando-se a relevância da analise d consumo de alimentos em detrimento de nutrientes isoladamente em investigações sobre dieta e risco para DCNT. As evidências sugerem que uma dieta rica em cereais integrais e vegetais, em detrimento do consumo de cereais refinados, sacarose e frutose, possa exercer um papel protetor para o diabetes. Entretanto, um maior número de ensaios clínicos aleatorizados são necessários para o estabelecimento das hipóteses causais e plausabilidade biológica.

Consumo alimentar; Carboidratos; Índice glicêmico; Fibra dietética; Epidemiologia do diabetes


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br