Tuberculose tireoidiana primária: rara etiologia de hipotireoidismo e massa cervical anterior mimetizando carcinoma

OBJETIVO: A tuberculose tiroidiana ocorre raramente. O hipotireoidismo decorrente da destruição tiroidiana é um relato raríssimo. Nosso objetivo foi descrever o caso de paciente com tuberculose tiroidiana primária e ressaltar a raridade e a importância da doença. RELATO DO CASO: Mulher, 62 anos, apresentando massa cervical extensa há quatro meses, associada à inapetência, à perda de peso, à disfonia e à disfagia. A investigação laboratorial mostrou hipotireoidismo primário. Ultrassonografia: lesão expansiva em lobo esquerdo, envolvendo musculatura subjacente. Tomografia computadorizada: massa heterogênea com centro necrótico, 13 cm de diâmetro. Biópsia por agulha fina: material serossanguinolento. Cirurgia: tireoidectomia, dissecção radical à esquerda e traqueostomia protetora. Exame anatomopatológico: processo inflamatório crônico granulomatoso com áreas de necrose caseosa e comprometimento linfonodal. Baciloscopia tiroidiana positiva. Ausência de comprometimento pulmonar. A paciente foi tratada com drogas antituberculosas. CONCLUSÕES: Tuberculose tireoidiana não é frequente, mas deve ser considerada como diagnóstico diferencial de hipotireoidismo e massa cervical anterior.

Tuberculose tireoidiana; hipotireoidismo; tumoração cervical; tiroidectomia


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br