Hiperinsulinismo endógeno: revisão e seguimento de 24 casos

Endogenous hyperinsulinism: review and follow-up of 24 cases

Em decorrência do hiperinsulinismo endógeno (HHE), a hipoglicemia é diagnosticada em um indivíduo sintomático com níveis baixos de glicose plasmática, concomitante a valores elevados de insulina plasmática e peptídeo-C. Entre as causas de HHE, estão as doenças das células-b das ilhotas pancreáticas, o uso de secretagogos e a hipoglicemia autoimune. Neste artigo de revisão, estudamos 24 pacientes com hipoglicemia decorrente de hiperinsulinismo endógeno com a finalidade de descrever os aspectos de diagnóstico e tratamento. Nosso estudo mostrou que, após a realização do teste de jejum de 12h (minijejum) em três dias diferentes, todos os pacientes preencheram os critérios diagnósticos de HHE. Adicionalmente, encontramos que 11 dos 12 pacientes (91,7%) que realizaram o teste do glucagon apresentaram níveis de glicose no tempo 120 minutos menores que 50 mg/dL e inferiores ao valor basal. O teste do minijejum (3 amostras) e o teste do glucagon poderiam ser úteis para evitar a realização do jejum prolongado no diagnóstico do hiperinsulinismo endógeno.

Hiperinsulinismo; insulinoma; hipoglicemia; pâncreas


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br