Efeitos da administração de metformina sobre a pressão arterial e o metabolismo glicídico de ratos espontaneamente hipertensos tornados obesos pela injeção neonatal de glutamato monossódico

Metformin effects upon blood pressure and glucose metabolism of monossodium glutamate induced-obese spontaneously hypertensive rats

Carolina B. N. D. Ferreira Mário Luís R. Cesaretti Milton Ginoza Osvaldo Kohlmann Jr Sobre os autores

OBJETIVOS: Produzir um modelo experimental de síndrome metabólica (SM) e analisar efeitos da metformina sobre pressão arterial (PA), peso corporal (PC), metabolismo glicídico e conteúdo de gordura epididimal (GE). MÉTODO: Os machos SHR receberam 2 mg/kg/dia de glutamato monossódico (MSG) até o 11º dia de vida. Os controles receberam salina. Após 12 semanas, foram separados em dois grupos e tratados com 500 mg/kg/dia de metformina ou veículo. Foram acompanhados a PA e o PC dos dois grupos. Ao final do seguimento, realizou-se o teste de tolerância à glicose oral (TTGO) e mediu-se o índice de sensibilidade à insulina. Após sacrifício dos animais, a GE foi pesada. RESULTADOS: A administração de MSG intensificou a resistência insulínica e aumentou o conteúdo de GE, sem, no entanto, alterar a PA. O tratamento com metformina promoveu melhora da sensibilidade insulínica e redução da GE e PA. CONCLUSÕES: Observou-se importante papel da resistência hepática à insulina na SM e efeitos cardiovasculares benéficos da melhora na sensibilidade insulínica.

Resistência à insulina; hipertensão arterial; obesidade


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br