Intervenções não farmacológicas para manejo do ganho de peso em pacientes com esquizofrenia em uso de antipsicóticos

Non-pharmacological interventions for weight gain in patients with schizophrenia taking antipsychotics

INTRODUÇÃO: Pacientes com esquizofrenia têm maior prevalência de obesidade em comparação à população geral. Esse fato está relacionado a uma alimentação inadequada, ao sedentarismo e ao uso de antipsicóticos. O aumento da obesidade associa-se a diversos distúrbios metabólicos, como o diabetes melito. As intervenções para prevenção e controle do ganho de peso são necessárias nessa população, em especial as intervenções não farmacológicas. OBJETIVO: Revisar os estudos sobre intervenções não farmacológicas para prevenção e controle do ganho de peso em pacientes com esquizofrenia. MÉTODOS: Foram encontrados oito estudos controlados e quatro não controlados sobre intervenções não farmacológicas. Foi feita uma revisãosobre a metodologia e os fatores positivos e limitações dos estudos. CONCLUSÕES: As intervenções não farmacológicas parecem ter um efeito importante em termos de prevenção e controle do ganho de peso e, portanto, devem ser incentivadas e adaptadas à realidade dos pacientes e serviços de saúde.

Ganho de peso; esquizofrenia; antipsicóticos; atividade física; nutrição


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br