Importância da orientação nutricional e do teor de fibras da dieta no controle glicêmico de pacientes diabéticos tipo 2 sob intervenção educacional intensiva

Importance of nutritional counseling and dietary fiber content on glycemic control in type 2 diabetic patients under intensive educational intervention

OBJETIVO: Avaliar a orientação nutricional dentro de um conjunto de intervenções multidisciplinares. SUJEITOS E MÉTODOS: Quarenta e sete pacientes diabéticos tipo 2, hiperglicêmicos, tratados de forma convencional (n = 19) ou intensiva (n = 28) e avaliados pela glicemia média semanal (GMS) no início e após 6 semanas. RESULTADOS: GI reduziu o consumo de calorias (p = 0,001), carboidratos (p = 0,004), lipídios (p = 0,001) e aumentou o de fibras, enquanto o GC reduziu o consumo de fibras (p = 0,018). Controle glicêmico (GMS < 150 mg/dL) ocorreu em 75% do GI e, em 31,6% do GC (p = 0,003), houve correlação negativa entre as variações do consumo de fibras e a GMS (r =-0,309; p = 0,035). Os resultados mantiveram-se por 12 semanas. CONCLUSÃO: A intervenção educacional intensiva de curto prazo mostrou-se mais eficaz que o tratamento convencional para a obtenção do controle glicêmico. Nossos resultados ainda indicam que um consumo mais adequado de fibras na alimentação contribui para a obtenção de um melhor controle da glicemia.

Orientação nutricional; diabetes tipo 2; controle glicêmico; glicemia média semanal


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br