Accessibility / Report Error

Reavaliação da dosagem sérica do fator de crescimento insulina-símile-1 (IGF-1) para o diagnóstico da deficiência isolada e combinada de hormônio de crescimento no período de transição

OBJETIVO: Avaliar a acurácia da dosagem sérica de IGF-1 no diagnóstico da deficiência de hormônio de crescimento isolada (DGHI) ou combinada (DGHC) na fase de transição. SUJEITOS E MÉTODOS: Quarenta e nove pacientes com DGH na infância [16 DGHI (10 homens) e 33 DGHC (24 homens); idade 23,2 ± 3,5 anos] realizaram teste de tolerância à insulina (TTI), com pico de GH < 5 µg/L considerado diagnóstico de DGH na transição. Função hipofisária e níveis de IGF-1 foram determinados na amostra basal do TTI e os pacientes foram reclassificados em GH suficientes (SGH; n = 12), DGHI (n = 7) ou DGHC (n = 30). RESULTADOS: Cinco (31%) pacientes com DGHI e 32 (97%) com DGHC na infância persistiram com DGH no reteste. Um paciente com DGHI foi reclassificado como DGHC e três com DGHC como DGHI. Os picos médios de GH foram 0,2 ± 0,3 µg/L (DGHC), 1,3 ± 1,5 µg/L (DGHI) e 18,1 ± 13,1 µg/L (SGH). O nível médio de IGF-1 foi maior no grupo SGH (272 ± 107 ng/mL) comparado com DGHI (100,2 ± 110) e DGHC (48,7 ± 32,8) (p < 0,01). IGF-1 baixo foi observado em todos os pacientes reclassificados como DGHC, 86% dos DGHI e 8,3% dos SGH, resultando em sensibilidade de 97,3% e especificidade de 91,6% para detecção de DGH na transição; valor de corte de 110 ng/mL mostrou 94,5% sensibilidade e 100% especificidade. O nível médio de IGF-1 foi similar nos pacientes com DGHI ou DGHC com uma, duas, três ou quatro deficiências hipofisárias associadas. CONCLUSÃO: A dosagem sérica de IGF-1 mostrou-se acurada para substituir o TTI na detecção tanto de DGHI como DGHC na transição.

Hormônio do crescimento; somatotropina; deficiência de hormônio do crescimento; transição para a vida adulta; fator de crescimento insulina-símile I; somatomedina C; hipopituitarismo


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br