Osteomalácia induzida por tumor: relato de caso

Osteomalácia induzida por tumor (OIT) é uma síndrome paraneoplásica rara, causada por hiperprodução do agente fosfatúrico, levando a hipofosfatemia e hiperfosfatúria crônicas, associadas a níveis reduzidos ou inapropriadamente normais de 1,25-dihidroxivitamina D. O diagnóstico dessa doença é, geralmente, desafiador. O relato de caso aqui apresentado descreveu um homem de meia-idade, com quadro inicial de dor óssea, fraqueza muscular extrema e hipofosfatemia, com diagnóstico tardio de OIT. O tumor responsável pelos sintomas foi localizado em membro inferior, e sua exérese resultou em normalização das alterações bioquímicas e dos sintomas. O exame microscópico da lesão revelou tumor mesenquimal fosfatúrico, tecido conectivo misto. Os autores reforçam a importância do reconhecimento dessa entidade, uma vez que a remoção do tumor responsável pelos sintomas pode evitar sérias complicações ou mesmo a morte.

Osteomalácia; fatores de crescimento de fibroblastos; distúrbios do metabolismo do fósforo; hipofosfatemia; raquitismo hipofosfatêmico


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br