Ampliando a participação dos genes responsivos a T3 e cAMP na regulação da termogênese gerada pelas vias de oxidação biológica

OBJETIVO: Identificar enzimas das vias da glicólise, glicogenólise, lipólise, ciclo de Krebs, cadeia respiratória e fosforilação oxidativa possivelmente reguladas por T3 e cAMP. MATERIAIS E MÉTODOS: Analisamos 56 genes metabólicos in silico mediante a identificação dos elementos cis de regulação gênica responsivos ao T3 e cAMP (TREs, thyroid response elements e CREs, cAMP response elements), utilizando como referência o promotor da UCP1, SERCA2 e gliceraldeído 3-fosfato desidrogenase. Selecionamos somente os promotores com estudo funcional prévio in vitro. RESULTADOS: 29/56 enzimas apresentaram TREs em suas regiões regulatórias, parte com escore > 0,80 (melhor valor preditivo 1): citrato sintase, fosfoglucose isomerase, succinato desidrogenase A/C, UCP3, UCP2, UCP4, UCP5, fosfoglicerato mutase, gliceraldeído 3-P desidrogenase, glucoquinase, malato desidrogenase, acil-CoA transferase (tiolase), citocromo a3, e lactato desidrogenase; parte desconhecida como regulada por T3. CONCLUSÃO: Os resultados do presente estudo apontam para novos genes regulados por T3 e cAMP e, por conseguinte, sua contribuição na regulação da termogênese.

Termogênese; T3R; CREB; regulação gênica; oxidação biológica


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br