Tumor epitelial de células fusiformes com diferenciação thymus-like da tireoide (SETTLE): relato de caso e revisão da literatura

O tumor epitelial de células fusiformes com elemento thymus-like é uma rara neoplasia maligna da tireoide, ocorrendo predominantemente em crianças, adolescentes e adultos jovens. Habitualmente, esse tumor se apresenta como massa tireoideana, sem metástases ao diagnóstico. Acredita-se derivar de arco branquial ou tecido remanescente tímico, apresentando diferenciação tímica primitiva. Este artigo descreve os aspectos clínicos, citológicos, histológicos e imuno-histoquímicos de um caso de SETTLE diagnosticado em uma menina de 3 anos de idade. O aspecto microscópico encontrado no tumor foi de uma lesão nodular, hipercelular, disposta em aspecto bifásico clássico, com componente de células fusiformes, e de tecido glandular acompanhado por epitélio mucinoso e respiratório. O estudo imuno-histoquímico foi positivo para pan-CK, vimentina e actina de músculo liso. Esse caso é o primeiro relato de SETTLE no Brasil. A paciente descrita permanece sem evidência de doença em atividade cinco anos após o tratamento cirúrgico.


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br