Sistema de monitorização contínua de glicose: calibração da madrugada não interfere na acurácia do método

Gustavo A. Augusto André G. P. Sousa Marcela N. A. Perazo Maria L. C. Correa-Giannella Marcia Nery Karla F. S. de Melo Sobre os autores

INTRODUÇÃO: O CGMS (sigla do inglês continuous glucose monitoring system) é um instrumento valioso no controle glicêmico e utiliza uma calibração por meio de 3 ou 4 medidas de glicemia capilar inseridas pelo paciente em cada dia do exame. OBJETIVO: Avaliar a interferência da calibração durante a madrugada na acurácia do sistema. MÉTODOS: Os dados das monitorizações foram divididos retrospectivamente em dois grupos: com (Grupo A) ou sem (Grupo B) a calibração da madrugada (entre 1:00 e 5:00 AM). A acurácia do método foi mostrada pela diferença relativa absoluta (DRA%). RESULTADOS: Trinta e quarto dados de monitorização foram avaliados em um total de 112 noites. Um total de 289 leituras pareadas foi analisado - 195 no Grupo A e 94 no Grupo B. Não foi encontrada diferença em DRA% em nenhum período do dia quando adicionada a calibração durante a madrugada. CONCLUSÕES: Esses dados sugerem que a calibração da madrugada não altera a acurácia do método.

Diabetes melito; controle glicêmico; hipoglicemia; monitorização contínua


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br