Accessibility / Report Error

Eritema multiforme associado ao Octreotide- LAR em uma paciente acromegálica: relato de caso

Análogos da somatostatina de longa duração são freqüentemente usados no tratamento da acromegalia, como adjuvante à cirurgia ou à radioterapia ou, mais recentemente, como opção terapêutica primária. Essas drogas parecem ser razoavelmente seguras, mas podem ocorrer feitos colaterais ainda não descritos com o uso das relativamente novas formulações de ação prolongada. Neste relato de caso, descrevemos uma reação cutânea grave (eritema multiforme) em uma paciente tratada com octreotide de liberação prolongada (LAR) e discutimos a necessidade de submeter os pacientes previamente a um "teste" com a formulação subcutânea do octreotide de ação rápida.

Octreotide; Eritema multiforme; Acromegalia; Somatostatina


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br