Concomitância de linfoma MALT de tireoide e carcinoma papilífero de tireoide

O objetivo deste trabalho foi descrever um raro linfoma MALT primário de tireoide concomitante com carcinoma papilífero em paciente masculino submetido à tireoidectomia total. O tratamento e o seguimento são discutidos no texto. Paciente masculino com rápido aumento da tireoide sem linfonodomegalias com exames normais. A tireoidectomia total foi indicada e realizada sem complicações. O anatomopatológico mostrou carcinoma papilífero multicêntrico concomitante com linfoma MALT e tireoidite de Hashimoto. A imuno-histoquímica foi positiva para CD 20, CD 43, CD 79, AE1/AE3. O estadiamento clínico não demonstrou evidência de metástases de ambos, Ann Harbor estádio IE, sem sintomas B. Realizado RIT sem radioterapia ou quimioterapia. Atualmente se encontra com tireoglobulina indetectável, sem recidivas ao seguimento de dois anos. Concluiu-se que o linfoma MALT primário de tireoide é raro e o carcinoma papilífero é o mais frequente com boa evolução. A concomitância de ambos é muito rara e o tratamento deve priorizar a neoplasia que apresenta o pior prognóstico no momento da descoberta.


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Rua Botucatu, 572 - conjunto 83, 04023-062 São Paulo, SP, Tel./Fax: (011) 5575-0311 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: abem-editoria@endocrino.org.br