[Mudanças nutricionais e de qualidade no concentrado de leitão afetadas pela mistura]

A. Cella J.V. Ludke A. Coldebella M.C.M.M. Ludke G.M. Araújo J.M. Oliveira Jr V. Peripolli I. Bianchi Sobre os autores

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar as razões do desvio de qualidade de um concentrado de um padrão predefinido. Foram estabelecidos cinco tratamentos: T1 - controle, concentrado com formulação padrão (CFP); T2 - PXMais5, CFP com 5% a mais de vitaminas e minerais da pré-mistura (PVM); T3 - PXMenos5, CFP com 5% a menos de PVM. Todos esses três tratamentos utilizaram lotes de 400kg em um misturador INTECNIAL; T4 - FeedMixer, CFP usando um lote de 4.000kg em um misturador IMOTO; T5 - PremixMixer, CFP usando um lote de 1.200kg em um misturador MUYANG. Para cada tratamento, sacos de 20kg foram armazenados em três ambientes distintos por quatro meses. A atividade de água do concentrado foi afetada pela temperatura e umidade relativa do ar em diferentes locais de armazenamento. Em relação ao tipo de misturador, a maior variação na concentração de proteína bruta, resíduo mineral, cobre, zinco e selênio foi devido ao PremixMixer. Ajustes são imperativos nos procedimentos de manuseio e uso desse tipo de misturador para atender aos requisitos de qualidade exigidos na produção de concentrado. Ao se analisar o efeito do nível da pré-mistura de vitaminas e minerais, nenhuma diferença pôde ser definida com os parâmetros avaliados.

Palavras-chave:
alimentação para suínos; homogeneidade; misturadores

Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br