Estudo de modelo alternativo para estimação de componentes de (co)variância e predição de valores genéticos de características de crescimento em bovinos da raça Nelore

Alternative model to estimate (co)variance components and to predict breeding values for growth traits in Nelore cattle

Foram obtidas estimativas de parâmetros genéticos e preditas DEP’s (diferença esperada na progênie) para pesos não-padronizados aos 120 dias de idade (PR120), à desmama (PR240), ao ano de idade (PR365), aos 15 meses (PR455) e ao sobreano (PR550), de 29.769 animais Nelore, adotando-se o método REML, sob modelo animal. Para características PR120, PR240, PR365 e PR455, o modelo completo incluiu efeitos aleatórios de animal, aditivo materno, de ambiente permanente da vaca e de resíduo, efeitos fixos de grupo de contemporâneos (GC) aos 120 dias de idade, ou à desmama, classe de idade da vaca ao parto (CIVP), e como covariável a idade do animal à época da pesagem. Para características pós-desmama (PR365, PR455 e PR550), consideraram-se dois modelos de análise: um sem efeito permanente da vaca, com efeitos aleatórios de animal, aditivo materno e de resíduo, efeitos fixos de GC ao ano de idade, aos 15 meses ou ao sobreano e CIVP, e como covariável a idade do animal à época da pesagem, e outro com efeitos aleatórios de animal e de resíduo, efeitos fixos de GC ao ano de idade, aos 15 meses ou ao sobreano e CIVP, e como covariável a idade do animal à época da pesagem. As médias observadas±desvios-padrão foram 127+25kg (PR120); 191±34kg (PR240); 225±42kg (PR365); 266±51kg (PR455) e 310±56kg (PR550). Resultantes das análises de característica única sob modelo completo, as estimativas de herdabilidade direta e materna para PR120, PR240, PR365 e PR455 foram 0,23 e 0,08; 0,19 e 0,10; 0,24 e 0,04; 0,30 e 0,04, respectivamente. As estimativas de herdabilidade direta foram 0,39; 0,44 e 0,43, respectivamente, para PR365, PR455 e PR550. A partir do modelo sem efeito de ambiente permanente, as estimativas de herdabilidade direta e materna foram, respectivamente para PR365, PR455 e PR550, 0,25 e 0,08; 0,32 e 0,07; 0,38 e 0,03. Quando comparadas às estimativas de herdabilidade das características padronizadas, houve pouca diferença em magnitude entre elas. Importante mudança de posto ocorreu entre a característica padronizada e a não padronizada, principalmente para DEP materna.

Bovino; Nelore; parâmetros genéticos; (co)variância; correlação entre classificações; características de crescimento


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br