Níveis de cloro da ração sobre parâmetros sanguíneos e ósseos de codornas italianas destinadas à produção de carne

Chlorine levels of diet on blood parameters and bone in meat production of Italian quail

Avaliaram-se diferentes níveis de cloro da ração sobre os parâmetros sanguíneos e o desenvolvimento ósseo de codornas destinadas à produção de carne. Foram utilizadas 384 codornas italianas de um a 49 dias de idade, distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso, com seis tratamentos e oito repetições de oito aves. Os tratamentos consistiram de rações isonutrientes, exceto para o nível de cloro, que foram: 0,07; 0,12; 0,17; 0,22; 0,27 e 0,32%. Aos 49 dias, foram selecionadas duas aves por parcela para as coletas do sangue e das tíbias. Foram avaliados o pH e as concentrações de Na, Cl e K no sangue, bem como o comprimento, o diâmetro, o peso, o teor de matéria seca e cinzas, o índice de Seedor e a resistência à quebra e deformidade da tíbia. Os níveis de cloro da ração não influenciaram significativamente o pH, as concentrações de Na, Cl, K no sangue, assim como o comprimento, o diâmetro, o peso, o índice de Seedor, o teor de matéria seca e cinzas e a resistência à quebra e deformidade da tíbia. Conforme os resultados, o nível de cloro pode variar de 0,07 até 0,32%, sem alterar o pH e as concentrações de Na, Cl e K no sangue e sem prejuízos na qualidade óssea.

desenvolvimento ósseo; equilíbrio ácido-base; índice de Seedor


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br