Ultra-sonografia transcraniana em cães com distúrbios neurológicos de origem central

Transcranial ultrasonography in dogs with central neurologycal disorders

C.F. Carvalho J.P. Andrade Neto C.D. Jimenez S.A. Diniz G.G. Cerri M.C. Chammas Sobre os autores

Avaliaram-se 55 cães com distúrbios neurológicos e verificou-se a ocorrência de afecções neurológicas de origem central, detectadas pela ultra-sonografia transcraniana (USTC). Vinte e nove (52,9%) animais apresentaram diagnóstico compatível com hidrocefalia, e destes, 16 (55,1%) eram fêmeas e 15 (51,7%) tinham menos de dois anos. Quinze (27,3%) cães apresentaram lesões focais, quatro (7,2%), alterações difusas e quatro (7,2%) apresentavam imagens sugestivas de lissencefalia; em três (5,4%) não foram detectadas alterações pela USTC. A hidrocefalia foi o distúrbio neurológico de origem central mais freqüente e a USTC é uma alternativa viável para auxiliar na rotina clínica veterinária como ferramenta diagnóstica na detecção de alterações morfológicas e estruturais do cérebro no cão.

cão; ultra-sonografia; cérebro


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br