Accessibility / Report Error

Investigação de Salmonella spp. em Psittaciformes exóticos e nativos mantidos em cativeiro na região central do Rio Grande do Sul

Investigation of Salmonella spp. in exotic and native Psittaciformes kept in captivity in the central region of Rio Grande do Sul

RESUMO

As doenças infecciosas são reconhecidamente causadoras de declínios populacionais de animais silvestres e algumas delas podem representar ameaça à saúde pública. O presente estudo objetivou investigar a ocorrência de Salmonella spp. em Psittaciformes exóticos e nativos mantidos em cativeiro na região central do Rio Grande do Sul, além de comparar os resultados obtidos por meio do método bacteriológico convencional e da reação em cadeia da polimerase (PCR), mediante a utilização de material fecal do ambiente, evitando-se o estresse da contenção. Durante os meses de agosto/2016 e setembro/2016 foram coletadas amostras de fezes frescas de 90 gaiolas em dois criatórios, representando 180 aves. Com as duas técnicas empregadas nas análises, as amostras foram negativas para Salmonella spp., contudo foram detectadas bactérias da família Enterobacteriaceae: Escherichia coli, Cedecea sp. e Citrobacter freundii. Considera-se importante a continuidade do monitoramento dos criatórios, já que o patógeno investigado pode estar em aves portadoras e se manifestar em situações de estresse, representando riscos enquanto zoonose e prejuízos à saúde das aves.

Palavras-chave:
aves silvestres; psitacídeos; patógenos intestinais; Enterobacteriaceae; zoonoses

Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@gmail.com