Exigências em proteína bruta para codornas de corte EV1 em crescimento

Crude protein requirements for EV1 meat type quail during the growing period

G.S.S. Corrêa M.A. Silva A.B. Corrêa D.O. Fontes G.G. Santos R.A. Torres N.J.L. Dionello L.S. Freitas A.B. Fridrich Sobre os autores

Estudou-se a exigência de proteína bruta para a linha EV1 de codornas de corte na fase de crescimento utilizando-se 288 aves, de ambos os sexos, em delineamento experimental inteiramente ao acaso, cujos tratamentos foram dietas com seis níveis proteína bruta, 23, 25, 27, 29, 31 e 33%, e quatro repetições de 12 codornas por unidade experimental. Nos períodos de estudo - inicial (do nascimento ao 21º dia) e total (do nascimento ao 42º dia de idade) - foram registrados o peso corporal (g), o ganho de peso (g), o consumo de ração (g) e a conversão alimentar (g de ração/g de peso). No período inicial houve efeito quadrático do nível de proteína da dieta sobre peso corporal, ganho de peso e consumo alimentar, com máximo desempenho nos níveis de 30,2; 30,1; e 30,8%, respectivamente. Efeito quadrático significativo foi observado no peso no 42º dia de idade, com pico máximo em 30,2% de proteína bruta. Do nascimento ao 42º dia de idade, observou-se efeito quadrático do nível de proteína bruta sobre o ganho de peso e o consumo alimentar, com ponto de máximo para ganho de peso em 29,5 e maior consumo em 32,6% de PB. Houve efeito linear significativo do nível protéico sobre a conversão alimentar. A exigência de proteína bruta para o máximo ganho de peso de codornas de corte em crescimento do nascimento ao 21º dia de idade foi estimada em 30,1% e do nascimento ao 42º dia, em 29,4% da dieta.

codorna; exigência nutricional; ganho de peso; consumo alimentar; conversão alimentar; proteína bruta


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br